Curso “Necessidades Educativas Especiais”

Abril 30, 2010 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

O ISPA e a APEI vão organizar o Curso “Necessidades Educativas Especiais” nos dias 8, 15 e 22 de Maio de 2010. Mais informações Aqui

Acção de Formação “Bem Estar das Crianças e Intervenção contra a Pobreza Infantil”

Abril 30, 2010 às 1:26 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Inscrições até 30 de Abril de 2010. Mais Informações Aqui

Sou Criança, sou um ser Humano, tenho Direitos!

Abril 30, 2010 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

No âmbito da parceria com a Plataforma dos 50 anos da Declaração dos Direitos da Criança e dos 20 anos da Convenção sobre os Direitos da Criança, a Amnistia Internacional – Portugal  irá organizar uma tertúlia sobre os direitos da criança no dia 10 de Maio de 2010 no Liceu Camões em Lisboa pelas 18.00 horas. Começará pelo visionamento de um episódio da “Terra dos Homens” que se chama “Coroa do Imperador” (tem cerca de 25 minutos) e seguir-se-ão os comentários da Prof.ª Tatiana Moura do NEP/CES da Universidade de Coimbra e o debate livre entre todos os interessados.

Lançamento do livro “Matilde Rosa Araújo : Um olhar de menina”.

Abril 30, 2010 às 6:00 am | Publicado em Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

Matilde Rosa Araújo, sócia fundadora do Instituto de Apoio à Criança e Directora do Boletim do IAC, nasceu em Lisboa em 1921. Licenciou-se em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa. Foi professora do Ensino Técnico Profissional e do primeiro Curso de Literatura para a Infância, que teve lugar na Escola do Magistério Primário de Lisboa. Autora de livros de contos e poesia para o mundo adulto e de mais de duas dezenas de livros de contos e poesia para crianças, a sua temática centra-se em torno de três grandes eixos de orientação: a infância dourada, a infância agredida e a infância como projecto.  Tem-se dedicado, ao longo da sua vida, aos problemas da criança e à defesa dos seus direitos. Foi galardoada com os seguintes prémios de Literatura para a Infância:

Grande Prémio de Literatura para Criança da Fundação Calouste Gulbenkian ex-aequo com Ricardo Alberty, em 1980; Prémio atribuído pela primeira vez, para o melhor livro estrangeiro (novela O Palhaço Verde), pela associação Paulista de Críticos de Arte de São Paulo, Brasil, em 1991;  Prémio para o melhor livro para a Infância publicado no biénio 1994-1995, pelo livro de poemas Fadas Verdes, atribuído pela Fundação Calouste Gulbenkian, em 1996.

O lançamento do livro “Matilde Rosa Araújo : um olhar de menina” será feito na livraria Papa-Livros  no Porto no dia 1 de Maio de 2010 às 17.00 horas. Mais informações Aqui



Congresso Internacional “Violência nas Relações de Intimidade: (O)Usar Caminhos em Saúde”

Abril 29, 2010 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Objectivos:
– Sensibilizar para o fenómeno da violência nas relações de intimidade como um problema de saúde;
– Conhecer a dimensão do fenómeno da violência em função do género;
– Reflectir sobre os custos da violência doméstica na saúde das mulheres, das crianças da família e da comunidade em geral;
– Tornar visível a violência doméstica como foco de intervenção em enfermagem;
– Conhecer boas práticas de intervenção no domínio da violência nas relações de intimidade;
– Abrir espaços de intercâmbio entre investigadores, clínicos e outros profissionais, de forma as facilitar acções comuns relevantes na promoção de uma cultura de não-violência e de equidade de género.

Mais Informações Aqui

Apresentação do livro Direito das Crianças e dos Jovens

Abril 29, 2010 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas:

A Biblioteca Municipal do Peso da Régua irá apresentar no dia 29 de Abril de 2010 o livro “Direito das Crianças e dos Jovens” às 21.30 horas.

III Encontro de GAAF – Escola com Todos e para Todos

Abril 29, 2010 às 6:00 am | Publicado em Divulgação, Forum Construir Juntos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

O Projecto do IAC – Fórum Construir Juntos, vai organizar o “III Encontro de GAAF – Escola com Todos e para Todos” no dia 26 de Maio na Casa Municipal da Cultura em Coimbra. irá contar com a presença do Dr. Manuel Coutinho (Secretário-Geral do IAC e Coordenador do Projecto do IAC – SOS Criança) e da Drª Paula Duarte (Coordenadora do Projecto do IAC – Fórum Construir Juntos)

Colóquio Escola Pública – Olhar-se ao Espelho : Reflexividade – Avaliação – Decisão

Abril 28, 2010 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Mais Informações Aqui

“Um pequeno livro com um grande coração” sobre o autismo

Abril 28, 2010 às 1:00 pm | Publicado em Livros | Deixe um comentário
Etiquetas:

Querido Gabriel é uma memória comovente que um pai dedica ao seu filho autista. Dá conta das suas conversas, aventuras, lutas e conquistas.

Quando eu morrer e for para o céu, podemos continuar a trocar miminhos? Em momentos abençoados como este, supera-se tudo, compreende-se tudo. Tudo é um milagre. Tu és o Gabriel e o mundo é a tua arca do tesouro. Dorme bem, meu filho. Amanhã continuaremos a viver.”

Com muito amor e uma admiração profunda, Halfdan W. Freihow descreve a complexa relação com o filho mais novo, Gabriel, a quem foi diagnosticado autismo aos três anos.

Uma relação tocada por vezes pela frustração e pela incompreensão, mas feita de muita dedicação e de amor incondicional.

O livro é um testemunho doce e sincero sobre o poder do amor e dos laços familiares que descreve, de modo emotivo, o receio que um pai pode ter perante um filho autista e de como essa incerteza pode resultar numa relação suprema de amor, de compreensão e de respeito pela complexidade de Gabriel.

A obra foi nomeada para o Brage Prize, o prémio literário de maior prestígio da Noruega, e está disponível em mais de 12 países – Alemanha, Austrália, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América, Formosa, Holanda, Islândia, Itália, Polónia, Suécia e Rússia.

Cultura Online

Este livro foi editado em Portugal em 2009, pela Editora Objectiva. Aceda AQUI a uma entrevista ao escritor-pai Halfdan W. Freihow.

Esteja atent@ aos sinais de bullying

Abril 28, 2010 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

Se o seu filho anda ansioso e deprimido e não tem vontade de ir às aulas, pode estar a ser vítima de abusos dos colegas. Alunos, pais e escolas devem estar atentos aos sinais.

Quando alguém mais vulnerável, física ou psicologicamente, sofre intimidação intencional e frequente, sem provocar, fala-se de bullying. Insultos, agressão física, isolamento ou o recente ciberbullying, que recorre ao telemóvel e à Net, são comportamentos que o caracterizam.

Uma educação superprotectora ou rígida está, muitas vezes, na base do perfil das vítimas. São jovens inseguros e com dificuldade em fazer amigos, mas nem sempre passivos. Quando contra-atacam ou tentam resistir à agressão, raramente conseguem melhor do que levar à escalada da violência.

Já os agressores aprendem em casa que a força e a humilhação são formas de lidar com os problemas e resistem mal à frustração. Provêm, com frequência, de famílias desestruturadas, com ambiente autoritário. Têm baixa auto-estima e fraca supervisão dos pais.

O grupo tem um papel decisivo. Alguns colegas encorajam o agressor e colaboram nas ameaças. Outros podem proteger a vítima ou afastam-se sem se comprometerem. Por vezes, passam a adoptar também comportamentos agressivos se perceberem que não são sancionados.

Se o seu filho revela ansiedade, nervosismo ou estados de depressão e não tem vontade de ir à escola, pode estar a ser intimidado.

Fale com o professor e esteja atento aos sinais. Náuseas ou vómitos antes de sair de casa podem ser significativos. Por vezes, surgem lesões injustificadas, baixa auto-estima, choro e pesadelos frequentes. A roupa e os livros podem aparecer estragados e a criança justificar-se com a “perda” de objectos e dinheiro. Alterações nos hábitos alimentares, como a diminuição de apetite, devem ainda ser levados em conta.

O agressor também precisa de ajuda. No caso de ser pai de um jovem com comportamento anti-social, não parta para a ameaça. Imponha limites e dê orientações para expressar a insatisfação sem magoar os outros. Encoraje um pedido de desculpas ao colega agredido, pessoalmente ou por escrito.

As políticas de tolerância zero e castigo seguidas por muitas escolas adiam o problema e podem provocar retaliações.

Na maioria das situações, não há uma estratégia de prevenção que articule alunos, professores, funcionários e pais. Só há uma intervenção quando o caso é denunciado ou face a marcas de agressão física.

O envolvimento de todos em debates, campanhas ou até peças de teatro é a melhor forma de redobrar a vigilância.

Diário de Notícias em 25 de Abril 2010

Página seguinte »

site na WordPress.com.
Entries e comentários feeds.