Filme sobre Prevenção das Intoxicações – Um segundo pode durar para sempre – Intoxicações

Dezembro 4, 2017 às 8:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Anúncios

Veja como é fácil um estranho falar com o seu filho através de um brinquedo com bluetooth ou wi-fi

Dezembro 1, 2017 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Notícia da http://visao.sapo.pt/ de 14 de novembro de 2017.

Estão, inevitavelmente, entre os preferidos, mas os brinquedos interativos com ligações bluetooth ou wi-fi são vulneráveis a nível de segurança, tornando possível que estranhos falem diretamente com as crianças, alerta uma organização britânica

O aviso da associação britânica de defesa do consumidor Which?, a pouco mais de um mês do Natal, ameaça estragar os planos a pais, crianças e fabricantes de brinquedos conectáveis: robôs e outros produtos que se ligam aos telemóveis através da internet ou de bluetooth têm “vulnerabilidades preocupantes” que podem permitir a estranhos falar com as crianças.

“Veja como é fácil para praticamente qualquer pessoa aceder aos brinquedos conectáveis do seu filho”, propõe a Which?, que disponibiliza um vídeo com um exemplo alarmante.

“Os brinquedos conectáveis são cada vez mais populares, mas, como mostra a nossa investigação, qualquer pessoa que pense comprar um deve ter cuidado”, avisa Alex Neill, um dos diretores da empresa.

Ao longo de 12 meses, a Which?, em colaboração com outras organizações de defesa dos consumidores e especialistas em segurança, analisou os brinquedos com ligação bluetooth ou wi-fi mais procurados nas grandes lojas britânicas e concluiu que “é demasiado fácil” alguém usá-los para falar com as crianças.

No vídeo, vê-se que bastou a um homem estabelecer a ligação bluetooth com o robô de brincar para o fazer “falar” e incentivar o menino a abrir a porta de casa. Não precisou de qualquer password ou código para o fazer.

O limite desta forma de ligação é normalmente de cerca de 10 metros, mas já é possível aumentar esse alcance de forma a poder, por exemplo, a partir de um carro, fazer uma pesquisa por brinquedos não seguros.

A Hasbro, que fabrica os Furby, um dos produtos testados, respondeu, em comunicado, que tanto o brinquedo como a respetiva aplicação foram concebidos de forma a permitir que a brincadeira decorra em segurança. Já a Vivid Imagination, que produz o robô I-Que, diz que vai investigar as alegações da Which?, mas sublinha que nunca recebeu qualquer relato que aponte para uma utilização maliciosa da conectividade dos seus brinquedos.

 

Conversas Pais & Filhos | Segurança e Saúde – 23 novembro no Oceanário de Lisboa

Novembro 19, 2017 às 5:27 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

mais informações no link:

http://eventos.globalmediagroup.pt/eventos/conversas-pais-filhos-saude-seguranca/

 

Falhas de segurança encontradas em smartwatches para crianças

Novembro 7, 2017 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Notícia do site http://kids.pplware.sapo.pt/ de 24 de outubro de 2017.

Criado por Célia Simões

A Organização Europeia do Consumidor (BEUC) alerta para o facto dos smartwatches para crianças terem alguns problemas no que diz respeito a segurança e privacidade.

Smartwatches, para que os pais saibam por onde andam os filhos

Os smartwatches apareceram e rapidamente ganharam adeptos de todas as idades. Chegaram também às crianças que, por imitação, adoram usar tudo o que os adultos têm.

Os pais, querem cada vez mais, saber por onde andam e o que fazem os filhos. Tudo o que possa ser uma ajuda para contactar rapidamente o filho ou localiza-lo, torna-se um objeto fundamental.

Mas, apesar de todas estas facilidades, há que ter em atenção os riscos de exposição ao mundo. O relatório publicado pela BEUC alerta sobre a exposição excessiva a que as crianças estão sujeitas quando usam um smartwatch destinado para elas.

Falhas de segurança foram encontradas

A maioria dos smartwatchs com GPS incorporado, indicados para crianças, têm muitas falhas de segurança. Essas falhas podem levar a que “alguém” controle o dispositivo e veja as conversas da criança e até ative a câmara inteligente e filme ou tire fotografias.

Para além disso, através do GPS, a criança pode, não só ser localizada por quem não deve como ainda, essa pessoa pode alterar as coordenadas do smartwatch da criança, enviando coordenadas falsas aos pais.

O botão existente em alguns desses dispositivos, que é um botão de SOS para a criança acionar quando se sentir em perigo, não é confiável e pode também ser adulterado. Os hackers conseguem substituir o número de telefone de emergência pelo seu próprio número.

A intensão dos pais, ao comprar estes relógios, é proteger os filhos dos perigos atuais, alguns deles, que surgiram com o avanço da tecnologia. Mas há que ter muita atenção e informar-se devidamente pois, ao adquirir alguns destes aparelhos estão a expor ainda mais os seus filhos às formas modernas de ataque.

É preciso estar bem informado

“A UE precisa urgentemente regular os padrões de segurança obrigatórios para os produtos conectados. Os produtores devem corrigir imediatamente essas falhas ou devem encontrar os produtos retirados do mercado” disse Monique Goyens, diretor geral do BEUC, em comunicado de imprensa.

Existe um relatório, elaborado pelo Conselho Norueguês de Consumidor (NCC), que está disponível para fazer download e contém auditorias de segurança a smartwatchs para criança.

Gator 2, Tinitell, Viksfjord e Xplora, são alguns dos exemplos em que foram encontradas vulnerabilidades de segurança. O Tinitell, ao que tudo indica, ficou fora dessa lista, mas também tem menos recursos quando comparado com os concorrentes.

O FBI também emitiu um anúncio semelhante, alertando sobre a exposição dos consumidores à exploração cibernética, sobre vários dispositivos da Internet das Coisas.

Para além de smartwatchs, existem equipamentos de escritório, dispositivos médicos, eletrodomésticos inteligentes, entre tantos outros. Há que ter alguns cuidados para fazer as escolhas mais acertadas.

Mais informações na notícia da BEUC:

WatchOut: Alarming security flaws in smartwatches for children

 

 

Crianças mais seguras : Conferência 25 Anos APSI – com a presença da Presidente do IAC Dulce Rocha, 12 outubro em Lisboa

Outubro 9, 2017 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Participação da Drª Dulce Rocha, Presidente do Instituto de Apoio à Criança, na mesa redonda “Segurança: um direito e uma necessidade” pelas 10.00 horas.

mais informações no link:

http://apsi.org.pt/index.php/pt/noticias/172-criancas-mais-seguras-conferencia-25-anos-apsi

Programa Escola Segura – Conselhos da PSP

Setembro 20, 2017 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

https://www.facebook.com/policiasegurancapublica/

APSI lança Guia de Segurança de Produtos para Crianças

Setembro 18, 2017 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

visualizar o guia no link:

http://www.apsi.org.pt/guiaprodutoscriancas/index.php?page=guia

 

 

Truque para nunca perder a sua criança numa multidão

Setembro 18, 2017 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Notícia do site http://www.e-konomista.pt/ de 19 de junho de 2017

Júlia de Sousa

Basta um segundo a olhar para o lado para de repente se perder uma criança na multidão. Mas… o que fazer para a encontrar? Saiba aqui.

Encontrar uma criança numa multidão pode ser tão difícil como – já diz o ditado popular – encontrar uma “agulha num palheiro”.

E ainda que todo o ano seja propício a este tipo de preocupações, o verão traz muitas enchentes e com elas também muitos perigos. Seja na praia, num centro comercial, num parque público ou num evento, bastam alguns segundos para perder uma criança de vista. E se todos sabem como é fácil, em poucos segundos, perder uma criança de vista, também é bem sabido que este é, dúvida alguma, o maior receio de todos os pais.

A pensar nisso, e de forma a proteger as crianças, o Departamento da Polícia de Clovis, na Califórnia (Estados Unidos da América) partilhou, nas redes sociais, um truque muitos simples mas eficaz, que pode ajudar todos os pais em desespero neste tipo de situações. E a solução é (espante-se!) muito simples: pensos rápidos líquidos. Uma dica de segurança muito prática que todos os pais vão querer conhecer.

Por Portugal tem à sua disposição e dos seus filhos o programa “Estou Aqui!” da Polícia de Segurança Pública (PSP).

Encontrar uma criança na multidão com o programa “Estou Aqui!”

Destinado a crianças com idades compreendidas entre os 2 e os 10 anos de idade, o programa da PSP “Estou Aqui!” consiste de uma pulseira com uma medalha onde está gravado um número de série e o número de emergência europeu 112.

A quem encontrar a criança perdida é pedido que entre em contacto de imediato com o 112 e forneça o número gravado na medalha da pulseira, de forma a que o responsável pela criança, cujo número está na base de dados da PSP, seja contactado de imediato.

Este programa decorre entre o dia 01 de junho de 2017 e o dia 31 de maio de 2018. É válido em Portugal e na Europa, uma vez que o número de emergência é o mesmo – 112 – e a PSP está em contacto constante com as suas congéneres europeias, podendo o programa “Estou Aqui!” ser ativado em caso de necessidade.

Se está interessado em adquirir a pulseira da PSP para os seus filhos, basta que preencha o formulário online no site dedicado ao programa, escolha a esquadra da PSP onde pretende levantar a pulseira e dirigir-se ao mesmo na data indicada.

É também importante salientar que a PSP alargou o programa “Estou Aqui!” a adultos, tendo um site dedicado.

Encontrar uma criança numa multidão é possível… graças a um penso rápido líquido

Não, não vai ser o penso rápido líquido que vai guiar as crianças perdidas de volta até aos pais, mas pode muito bem ser a solução para ajudar a encontrar uma criança numa multidão.

Segundo um post divulgado na página de Facebook da Polícia de Clovis, naquilo a que eles chamam de “tip-of-the-day” (dica do dia, em português), pode é usar este tipo de penso rápido para gravar os seus dados de contacto na própria criança.

Basta para isso que escreva o seu número de telefone no pulso da sua criança e passe o penso rápido líquido por cima dessas informações. O que vai acontecer é que, graças às propriedades deste tipo de pensos rápidos, a informação vai ficar selada. Mesmo que se tente lavar, a informação escrita não sai. Veja o post abaixo:

As dicas da Polícia de Clovis continuam a ser partilhadas e esta em particular conta já com mais de 26 mil partilhas no Facebook.

Outra das dicas deste departamento da polícia californiana para os pais é que, antes de sair de casa para locais muito populados, tirem uma fotografia dos seus filhos, de forma a possuírem sempre uma foto atualizada. Nestas situações todas as informações são essenciais.

Detalhes como o penteado ou as roupas exatas que a criança tinha vestidas podem ser fulcrais para encontrar uma criança perdida numa multidão.

É claro que nunca ninguém quer pensar no pior cenário e nunca se espera perder uma criança numa multidão, mas não há como negar que, tal como diz, novamente, o ditado, “mais vale prevenir do que remediar”.

O programa “Estou aqui” 2017 da PSP, tem como parceiros o Instituto de Apoio à Criança e a Missing Children Europe.

Já está disponível para download o InfoCEDI n.º 71 Segurança Infantil em Meio Aquático

Agosto 24, 2017 às 12:00 pm | Publicado em CEDI | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Já está disponível para consulta e download o nosso InfoCEDI n.º 71. Esta é uma compilação abrangente e atualizada de dissertações, estudos, citações e endereços de sites sobre Segurança Infantil em Meio Aquático.

Todos os documentos apresentados estão disponíveis on-line. Pode aceder a esta publicação AQUI.

Looking forward to your upcoming family holiday? Dicas da Missing Children Europe para umas férias em segurança

Agosto 8, 2017 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Texto da Missing Children Europe

Looking forward to your upcoming family holiday?

It’s summer time, the kids are on holiday and it’s finally time to pack your bags for a well deserved break with the family. But holidays with children, especially in a foreign country can quickly become a stressful situation amid the chaos of holidaygoers and your kids chanelling Dora-the-Explorer. Luckily, we have some simple steps you can take to make sure your holidays are less stressful for both yourselves and the kids. About 1,000 children get lost at the Belgian seaside alone, every year. Most of these children are found within a matter of hours but the panic before they are found is something no one wants to experience. Have a look at some of our tips below and have a great summer!

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.