As dicas do Ministério da Educação para tornar as mochilas mais leves

Agosto 2, 2019 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Notícia da TSF de 18 de julho de 2019.

Por Lusa

O Ministério da Educação dá conselhos aos pais, alunos e professores, numa campanha para diminuir a sobrecarga das mochilas escolares.

O Ministério da Educação lançou uma campanha para sensibilizar pais, alunos, professores e diretores escolares a adotar medidas que reduzam o peso excessivo das mochilas, como o uso partilhado dos manuais de forma rotativa.

“Mochila leve – sugestões para levar às costas” é o ‘slogan’ da campanha criada pelo ministério que acredita que “mudanças de hábitos simples, rotinas facilmente alteráveis e atenção aos pormenores podem fazer a diferença”.

Uso partilhado de manuais de forma rotativa

“Promover o uso partilhado dos manuais de forma rotativa, alternando o dia em que diferentes alunos levam os livros para a aula” é uma das nove recomendações do Ministério da Educação para os professores e diretores escolares.

Recorrer aos cacifos

Incentivar o uso dos cacifos, garantir que os livros ficam na escola sempre que possível assim como “distribuir preferencialmente a mesma sala a cada turma, para que os materiais possam ser deixados na sala nos intervalos”, são outras das sugestões dirigidas a quem está diariamente nas escolas.

Planeamento das aulas

Aos professores é ainda proposto que planifiquem as aulas prevendo se os manuais serão utilizados, para evitar que os alunos os carreguem desnecessariamente.

Mas também há recomendações para pais e alunos. No total, a campanha “Mochila Leve” apresenta 22 medidas de planificação, gestão do material escolar e iniciativas que envolvem os encarregados de educação e quem trabalha nas escolas.

A forma correta de usar a mochila

Aos pais e alunos é recordado como usar a mochila para reduzir o impacto do peso na coluna – “usar a mochila carregada à altura do dorso” e com as duas alças sempre colocadas -, além da importância de distribuir adequadamente o material dentro da mochila, colocando o mais pesado junto às costas.

Mochilas “de rodinhas”

Na hora de comprar o material escolar, optar por mochilas com rodas ou ergonomicamente adequadas, comprar material escolar leve e dossiês que permitam que se utilize um caderno único ou separadores são outras das dicas.

Às associações de pais o ministério sugere que promovam ações de sensibilização.

Em comunicado enviado para as redações, a tutela recorda algumas medidas já implementadas que contribuem para a redução do preso das mochilas: “Os livros são hoje mais leves e estão divididos em volumes; já são disponibilizadas licenças digitais gratuitas associadas aos manuais, abrindo caminho à sua progressiva desmaterialização; e o uso de cacifos é uma prática cada vez mais frequente nas escolas”.

mais informações no link:

https://manuaisescolares.pt/mochilaleve

20% das mortes dos 15 – 24 anos devem-se ao consumo de álcool

Junho 25, 2019 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Mais informações no link:

http://www.sicad.pt/pt/Paginas/detalhe.aspx?itemId=297&lista=SICAD_NOVIDADES&bkUrl=/BK

Zero violence against Children by 2030

Junho 21, 2019 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

mais informações no link:

Violência Zero no Desporto

Junho 5, 2019 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

mais informações nos links:

https://www.facebook.com/violenciazero.gov/

https://www.instagram.com/violenciazeropt/?utm_source=ig_profile_share&igshid=7390k9cnzp5o

https://www.violenciazero.gov.pt/pt

“Estou Aqui”. PSP disponibiliza pulseiras para crianças a partir de sábado

Maio 31, 2019 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

O Programa “Estou aqui” 2019 da PSP, que tem como parceiros o Instituto de Apoio à Criança, Missing Children Europe, SGMAI, Altice, MEO, Rádio Comercial está ativo a partir de 1 de junho.

As pulseiras podem ser pedidas no site:

https://estouaqui.mai.gov.pt/Pages/Home.htm

Notícia da Rádio Renascença de 31 de maio de 2019.

Nova edição do programa “Estou Aqui!” é dirigida a crianças entre os dois e os dez anos.

A PSP lança uma nova edição do programa “Estou Aqui!”. Começa no sábado,1 de junho, e é dirigido a crianças entre os dois e os dez anos.

Através deste programa, os pais podem solicitar uma pulseira com um código alfanumérico que permite, no caso da criança se perder, chegar ao contacto com os pais, educadores ou tutores de uma criança.

As pulseiras são pessoais, intransmissíveis e gratuitas. Podem ser pedidas através da internet e ficam disponíveis em poucos dias na esquadra da PSP selecionada. Os dados são geridos única e exclusivamente pela Polícia de Segurança Pública.

O lançamento oficial do programa é esta sexta-feira, em Belas, e contará com a presença de 150 crianças.

Na edição anterior, que termina esta sexta-feira, o programa permitiu abranger mais de 68.000 menores.

 

Agora pode ajudar o Instituto de Apoio à Criança num passo simples quando for ao Multibanco

Abril 22, 2019 às 10:33 am | Publicado em Campanhas em Defesa dos Direitos da Criabnça | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

 

Saiba mais.

Instituto de Apoio à Criança tem nova campanha – A nossa missão é ouvir as vozes das crianças. E agir.

Abril 17, 2019 às 5:45 pm | Publicado em Campanhas em Defesa dos Direitos da Criabnça | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

 

Saiba mais.

Campanha #NamorarMemeASério pela eliminação da violência no namoro

Março 3, 2019 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

mais informações no link:

https://www.cig.gov.pt/2019/02/campanha-pela-eliminacao-da-violencia-no-namoro-namorarmemeaserio/

 

Campanha Start to Talk, promovida pelo Conselho da Europa, 18 novembro Dia Europeu para a Proteção das Crianças contra a Exploração Sexual e o Abuso Sexual

Novembro 18, 2018 às 6:00 am | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

mais informações no link:

https://www.coe.int/pt/web/human-rights-channel/stop-child-sexual-abuse-in-sport

 

O país onde são assassinadas, pelo menos, três crianças por dia

Agosto 1, 2018 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Notícia da Visão de 20 de julho de 2018.

Pelo menos três crianças são assassinadas todos os dias no México, país que fechou o ano passado com o número mais elevado de homicídios das últimas duas décadas

“Temos assistido com tristeza e assombro à morte de crianças, de bebés, que acontecem não só quando são noticiados, mas todos os dias”, declarou o chefe do Sistema Nacional de Proteção Integral de Crianças e Adolescentes (SIPINNA) do México, Ricardo Bucio.

“Há pelo menos três homicídios de crianças neste país todos os dias e embora o índice tenha melhorado – em 2010 chegámos aos quatro homicídios diários -, isto não pode ser aceite”, acrescentou.Na quinta-feira, a organização não-governamental Save the Children lançou no país a campanha #SinNiñezNoHayFuturo (Sem crianças não há futuro), que pretende sensibilizar sobre o impacto que os altos níveis de violência têm na infância e na adolescência.

De acordo com a agência espanhola Efe, duas meninas foram assassinadas esta semana nos estados de Tamaulipas e Nuevo León.

Na segunda-feira, Aleida Estrella, de 7 anos, morreu na sequência de 20 facadas, uma delas no pescoço, na cidade de Altamira, no estado de Tamaulipas. Dois dias depois, Ana Lizbeth Polina Ramírez, de 8 anos, foi encontrada morta num terreno abandonado em Ciudad Benito Juárez, em Nuevo León.

De janeiro a novembro de 2017 foram cometidos 23.101 assassinatos no México, avançou no final do ano passado a agência France-Presse.

A criminalidade no país centro-americano começou a aumentar em 2006, quando o Governo liderado pelo ex-Presidente Filipe Calderon declarou guerra aos poderosos cartéis da droga no país.

O novo Presidente mexicano eleito, Andres Obrador, tem como um dos principais objetivos travar a violência no país.

 

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.