Unidades de saúde detectaram 5518 casos de maus tratos a menores em 2011

Novembro 16, 2012 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social, Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Notícia do Público de 9 de Novembro de 2012.

Por Mariana Oliveira

As unidades de saúde detectaram no ano passado 5518 casos de maus tratos em menores, a maioria dos quais relacionados com negligência no tratamento das crianças. O número é do relatório anual da comissão que acompanha os 287 Núcleos de Apoio a Crianças e Jovens em Risco que existiam nas unidades do Serviço Nacional de Saúde no final do ano passado. O documento foi divulgado nesta quinta-feira pela Direcção-Geral da Saúde

Em 2010, o número de casos de maus tratos detectados foi substancialmente inferior, num total de 3551. Contudo, o relatório insiste que não pode ser feita uma análise simplista dos números, porque a criação desta rede de cuidados ainda não está concluída. Desde 2008 que começaram a ser criados estes núcleos nas unidades de cuidados de saúde primários e nos hospitais com atendimento pediátrico, mas a sua instalação ainda não está terminada.

“De facto, seguindo o padrão anteriormente verificado, apurou-se que a negligência continuou a ser o tipo de problema com maior expressão numérica nas diferentes regiões de saúde (68% dos casos, à semelhança do ano anterior), seguida dos maus tratos psicológicos (13%), dos maus tratos físicos (9%), do abuso sexual (7%)”, lê-se no relatório.

No final do ano passado, a maior parte do território continental encontrava-se já coberta pela rede. Isto acontecia na quase totalidade das Administrações Regionais de Saúde do Norte, Centro, Alentejo e Algarve, subsistindo na de Lisboa e Vale do Tejo lacunas em alguns agrupamentos de centros de saúde.

 


Entries e comentários feeds.