The Challenges of Climate Change: Children on the front line – Novo Relatório da Unicef

Agosto 1, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

children

descarregar o relatório aqui

Children and young people represent 30 per cent of the world’s population. Not only do they represent the largest group of people currently affected by climate change, but they are also more vulnerable than adults to its harmful effects. Children and young people also constitute the generation that will be required to deal with the future impacts of climate change and that will have to deliver the very deep cuts in greenhouse gas emissions that will be essential in the coming decades. This book is an attempt to redress the balance. It brings together the knowledge and opinions of 40 contributors – scientists, development workers, and experts in health, nutrition and children’s rights – in an attempt to build up a clear picture of what climate change means for the children of today and tomorrow.

According to some measurements, climate disasters affect 175 million children a year, and in Africa and South Asia alone, an estimated 250,000 children die each year due to climate change. Children’s right to a sustainable future has been internationally recognized in the CRC, and with this report we’re bringing attention to the crisis of climate change.

Crianças serão principais vítimas de mudança climáticas, previstas 250 mil mortes/ano

Agosto 1, 2014 às 7:30 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Notícia do http://diariodigital.sapo.pt de 1 de agosto de 2014.

O documento citado na notícia é o seguinte:

The Challenges of Climate Change: Children on the front line

 As crianças constituem o grupo mais afectado pelas mudanças climáticas, mas continuam a ser «ignoradas» durante as negociações de alto nível sobre o tema, afirma a UNICEF, o Fundo da ONU para a Infância, num relatório inédito onde discute os direitos das crianças nas políticas sobre o clima. Na próxima década, os desastres naturais podem causar a morte de 250 mil menores por ano.

Na próxima década, 175 milhões de crianças do sul da Ásia e de África serão afetadas por desastres relacionados com o clima, o que poderá levar à morte de 250 mil menores todos os anos, afirma o director da UNICEF, sublinhando que os efeitos das mudanças climáticas estão cada vez mais visíveis e extremos e a afectar as vidas de crianças e adolescentes em todo o mundo.

Anthony Lake sublinha que 80% das mortes atribuídas a eventos do clima têm como vítimas os menores e a maioria das fatalidades ocorre nos países em desenvolvimento.

O relatório inclui artigos de 40 especialistas em saúde, nutrição, direitos das crianças e cientistas. O documento descreve as ameaças e a urgência em melhorar esforços de adaptação às mudanças climáticas, desde que as crianças sejam incluídas nas acções.

As mortes relacionadas com o clima podem ocorrer devido a desastres naturais ou doenças causadas pela insegurança alimentar, falta de acesso à água limpa e saneamento.

Para o director da UNICEF, o desafio imposto pelas mudanças climáticas é imenso e requer uma resposta urgente de todas as gerações. Lake lembra que serão as crianças a herdar o planeta e, por isso, deveriam de ser as últimas a serem excluídas das negociações.

 

Vídeo Debate sobre Subnutrição Infantil

Agosto 18, 2013 às 1:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

Millions of children still malnourished? In our studio we bring together more than a century of expertise, and ask: ‘why, & what are the solutions’. In this Debate: Dr David Nabarro, Professor Lawrence Haddad, Professor Andrew Tomkins, Dr Purnima Menon, and Dr Anna Lartey.

Vídeo produzido pelo Unicef Office Of Research

The Structural Determinants of Child Well-being

Fevereiro 1, 2013 às 6:00 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

unicef

Descarregar a publicação Aqui

This paper describes the outcomes of an expert consultation on The  Structural Determinants of Child Well-being hosted by the UNICEF Office  of Research. The two-day meeting brought together twelve participants to discuss the underlying causes of child well-being and develop an  initial framework to consider the impact of structural factors on  children’s lives and the inequalities that too often shape (and limit)  their futures.
There is a large and still to be exploited  potential for structural interventions to improve the lives of children  in low and middle-income countries. Some sectors, notably health, have  moved ahead in defining a structural determinants approach to  programming and have a growing evidence base to draw upon. Other sectors have begun to follow but still have to make their case with the policy
community. Until now, there has been very little work that brings  together insights from analysing structural determinants of child
wellbeing across all its dimensions in a consistent and rigorous way.
Measurement challenges also need to be overcome to build a strong data base for action.


Entries e comentários feeds.