Mais e novas “Histórias do Lucas” Segunda série já chegou à RTP

Fevereiro 5, 2016 às 2:30 pm | Publicado em O IAC na comunicação social, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

lucas

mais informações no comunicado de imprensa da Go To em baixo:

PR_Segunda Série Histórias do Lucas_04022016

O LUCAS NO ZIG ZAG DA RTP – Vídeo

Março 24, 2015 às 3:37 pm | Publicado em O IAC na comunicação social, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

2ªf. a 6ªf, às 8h00 e às 17h00, a série televisiva Histórias do Lucas a emitir pela RTP 2, inserida no programa Zig Zag.

Esta série de animação é fruto de uma parceria entre o Instituto de Apoio à Criança, a Fundação Lapa do Lobo, a GO TO e a RTP 2.

.

Histórias do Lucas estão a chegar à RTP2

Março 16, 2015 às 12:30 pm | Publicado em O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Notícia do Destak de 16 de março de 2015.

destak

 

 

PRESS RELEASE Conferência de Imprensa Lançamento da série animada Histórias do Lucas Auditório Novo da Assembleia da República 18 Março / 18H45

Março 13, 2015 às 2:55 pm | Publicado em Divulgação, O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Capturar 

 PRESS  RELEASE

 Conferência de Imprensa

 Lançamento da série animada Histórias do Lucas

 

Auditório Novo da Assembleia da República

 18 Março / 18H45

 

O Instituto de Apoio à Criança em parceria com a Fundação Lapa do Lobo, a GO TO e a RTP 2, vai realizar uma Conferência de Imprensa no próximo dia 18 de Março, pelas 18H45 para apresentar a série televisiva Histórias do Lucas a emitir pela RTP 2, a partir do próximo dia 23 de Março.

Histórias do Lucas é uma série animada que aborda os Direitos da Criança de forma lúdica e pedagógica, pretendendo contribuir para a descoberta de outros temas de interesse social, cultural e educacional.

O recurso à animação tem por objetivo criar uma relação de identificação e de familiaridade das crianças com os personagens, procurando cativar atenção para os conteúdos das mensagens, promover a aprendizagem e criar laços familiares e afetivos.  

A série Histórias do Lucas é dirigido às crianças, aos pais, aos educadores e a toda a comunidade em geral e pretende responder de forma simples e afetiva às questões do quotidiano.

Esta série televisa Histórias do Lucas será apresentada pelo Professor Doutor Sampaio da Nóvoa, Professor Catedrático da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, antigo reitor da Universidade de Lisboa. O Professor Doutor Sampaio da Nóvoa é um especialista na área da educação, a nível nacional e internacional e irá sublinhar a vertente pedagógica e educativa deste projeto.

A Presidente do Instituto, Dra. Manuela Eanes abordará a importância da série animada Histórias do Lucas como um meio fundamental para a transmissão e preservação de valores, tais como a dignidade, solidariedade, respeito e afeto, entre outros.

O Dr. Carlos Torres, Presidente do Conselho de Administração da Fundação Lapa do Lobo e a Dra. Teresa Paixão, Diretora de Conteúdos da RTP 2 irão salientar o interesse da parceria estabelecida entre as várias entidades.

                                                                    A Direção

 

 

                                                                                  Pela Defesa dos Direitos da Criança

 

 

Largo da Memória, 14

1349-045 LISBOA

Tel: (+351) 213 617 880

Fax: (+351) 213 617 889

iac-sede@iacrianca.pt

 

O projeto da História do Lucas (pdf)

VisioKids: aventuras com Ciência

Fevereiro 6, 2014 às 6:00 am | Publicado em Recursos educativos, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Notícia do site Educare de 27 de Janeiro de 2014.

kids

Atómico, Vita, Bit, Cassiopeia e Cósmico são cinco personagens que contam histórias sobre Ciência na série televisiva de animação VisioKids.

Andreia Lobo

Cassiopeia sabe tudo sobre piolhos, mas jura que não os tem na cabeça. Bit é capaz de achar mais piada à fotografia de um cato pondo-lhe um cachecol e um chapéu com um programa de desenho. O Cósmico prefere desenhar fatos espaciais resistentes às radiações. O Atómico prefere ensinar os amigos a fazer pão. Vita gosta de falar sobre o sistema de circulação do sangue.
Cada personagem é especialista numa área do conhecimento. Atómico é o perito em matéria e energia. A paixão da Vita é o corpo humano. Quem percebe de informática e novas tecnologias é o Bit. Cassiopeia é amante da terra e da natureza. O interesse do Cósmico é o Univedarso e a astronomia.

“O conceito da série passa pela desmistificação da ciência, através da criação de situações e diálogos em torno de assuntos científicos e tecnológicos relacionados com o quotidiano familiar”, resume Carla Barros, responsável pelo Marketing e Comunicação do Visionarium.

De dentro para fora do ecrã, há correspondência dos personagens com as cinco áreas fulcrais da ciência – a saber Terra, Vida, Matéria, Universo e Informação – que são também as áreas temáticas da exposição permanente do Centro de Ciência do Europarque, localizado em Santa Maria da Feira.

As aventuras decorrem em cenários como o laboratório, como o jardim ou o sótão e “em cada episódio é apresentada uma solução para um problema real através da Ciência”, concretiza Jorge Ribeiro, responsável pela realização dos VisioKids. Os argumentos das histórias mostram como o conhecimento científico pode ser útil no dia a dia, com diálogos carregados de humor e boa disposição. Uma tónica que não negligencia o rigor concedido aos conteúdos revistos e validados cientificamente pela Universidade do Porto.

Ao todo são 65 episódios, com duração de um minuto e meio exibidos no espaço de programação infantil ZIG-ZAG, da RPT2.

Apesar de ser a primeira produção televisiva da Insizium, uma empresa de tecnologias interativas baseadas na realidade virtual, João Vieira, administrador da Insizium e produtor da série, garante que não será a última. “Neste momento faz todo o sentido, depois de termos criado esta equipa, continuar a trabalhar nesta área.”

Os moldes em que se fará essa continuação ainda estão a ser discutidos entre produtor e realizador, mas João Vieira arrisca que tanto poderão ser novos episódios dos VisioKids, como outras produções. Para já a aposta faz-se na internacionalização do que está feito: “Apresentámos a série nos EUA e foi muito bem acolhida.”

A edição dos episódios já exibidos em DVD “poderá ser outro meio de divulgação da série a considerar”, adianta Jorge Ribeiro. Sobretudo porque a reação do público aos VisioKids “tem sido bastante positiva”, ainda que “não haja muito a consciência de que se consegue fazer um produto com tanta qualidade em Portugal”, confidencia.

ver os vídeos dos VisioKids no link:

http://www.rtp.pt/wportal/zigzag/ciencia.php

 

Participação de Dulce Rocha, Presidente Executiva do IAC no programa Sociedade Civil – RTP 2

Janeiro 13, 2011 às 10:00 am | Publicado em O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

A Drª Dulce Rocha, Presidente Executiva do Instituto de Apoio à Criança, vai participar no dia 14 de Janeiro de 2011 entre as 14.00 e as 15.00 horas, no programa Sociedade Civil na RTP 2. Este programa é dedicado ao tema“Hospitais pediátricos: ainda se justificam?” e é moderado por Fernanda Freitas. O IAC é parceiro do programa Sociedade Civil e tem participado num já considerável número de emissões, na generalidade trata-se de um conjunto de programas em que os temas se relacionam com os direitos das crianças, sendo matérias de verdadeiro interesse público.

Sinopse – “Hospitais pediátricos: ainda se justificam?”

“O Hospital da Estefânia – o maior hospital pediátrico do país – pode ser encerrado e as suas valências transportadas para um departamento de pediatria no futuro Hospital Geral de Todos os Santos. O objectivo do Ministério da Saúde é passar a concentrar todos os serviços pediátricos num só espaço. Esta unificação tem vantagens para o utente? Estando no mesmo espaço, não há risco de duplicar serviços ou valências? Poderá a investigação e o conhecimento beneficiar da centralização no mesmo edifício? Além da polémica sobre o fecho do Hosp. da Estefânea, queremos avaliar o quadro da saúde infantil em Portugal.”

 


Entries e comentários feeds.