Ter uma irmã é isto: as ilustrações de uma artista coreana

Novembro 10, 2017 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

Paper Fly, uma artista sul-coreana, pôs em desenhos as melhores recordações que tem junto da irmã. Das histórias de terror aos passeios no jardim. E partilha-as com o mundo.

No Bored Panda, num artigo que escreve na primeira pessoa, Paper Fly diz que “o laço entre duas irmãs é algo especial. É uma amizade pura cheia de amor e risos”. E é isso mesmo que está retratado nas obras da artista coreana.

 

Veja mais ilustrações AQUI.

Artigo de Marta Leite Ferreira para o Observador em 29/10/2017.

Um irmão ou um cão? estudo

Março 6, 2017 às 12:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Notícia da Sábado de 15 de fevereiro de 2017.

Mais informações sobre o estudo citado na notícia, no comunicado da University of Cambridge:

Pets are a child’s best friend, not their siblings

capturar

 

Ter irmãos faz bem à saúde

Junho 24, 2016 às 6:00 am | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Notícia da http://www.paisefilhos.pt/ de 13 de junho de 2016.

O estudo citado na notícia é o seguinte:

Self-regulation as a mediator between sibling relationship quality and early adolescents’ positive and negative outcomes

pais filhos

Os laços entre irmãos promovem uma boa saúde mental e comportamentos de entreajuda, confirma um estudo norte-americano. A investigadora Laura Padilla-Walker, da Universidade Brigham Young, autora principal do estudo, afirma que a presença de um irmão ou de uma irmã tem mais influência no desenvolvimento da personalidade e da atitude mental do que a presença dos pais.

A investigação acompanhou 395 famílias com mais do que um filho, sendo que um dos filhos teria idades entre os 10 e os 14 anos. Durante um ano, os investigadores recolheram diversos dados sobre a dinâmica das famílias e sobre cada um dos seus elementos.

O estudo revelou que ter um irmão afetuoso, seja rapaz ou rapariga, promove comportamentos positivos de entreajuda, como tomar conta dos mais novos ou colaborar com vizinhos. A análise dos dados recolhidos, publicada na revista Journal of Family Psychology, mostrou também que a presença de uma irmã, independentemente da sua idade, ajuda a proteger os adolescentes de sentimentos de solidão, medo, culpa e insegurança.

A investigação desmistifica ainda as zangas entre irmãos. Laura Padilla-Walker reconhece que, normalmente, elas “dão às crianças a oportunidade de aprenderem a controlar as suas emoções. A ausência de afeto revelou ser mais problemática do que níveis elevados de conflito”. E concluiu: “A mensagem que deixamos aos pais é que promovam a afetividade entre os seus filhos, pois terá um papel muito importante no futuro”.

 

 

Oito estratégias para promover o amor entre irmãos

Fevereiro 16, 2016 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

texto da Pais & Filhos de 27 de janeiro de 2016.

manos

Num mundo perfeito e de fantasia, a relação entre irmãos é isenta de percalços, mal-entendidos, agressões e desamor. No entanto, é sabido que nem sempre as coisas se passam assim. A boa notícia é que os adultos de referência – com destaque para mãe e pai – têm todas as oportunidades para nutrir as relações fraternais e promover um tipo de amor que é íntimo e para sempre. Seguem-se algumas estratégias:

1 – Ensine a dividir e a respeitar os outros

De acordo com a psicóloga e psicoterapeuta brasileira Karen Scavacini, o relacionamento entre irmãos serve para aprender a estabelecer relacionamentos sociais durante toda a vida e fora do âmbito familiar. Juntos, os irmãos podem aprender sobre fraternidade, companheirismo, amizade, amor, respeito, limites e, principalmente, diferenças.

2 –  Elogie os seus filhos por igual

Incentive a admiração mútua, elogiando os seus filhos de forma idêntica. Repita as vezes que quiser o orgulho que tem deles e como fazem parte da sua felicidade.

3 –  Crie situações para que os irmãos se aproximem

Programas em família ajudam a unir pais e filhos. Um piquenique, passeio de bicicleta e até um dia a cozinhar todos juntos podem aproximar os irmãos de formas surpreendentes.

4 – Não denegrir um junto do outro

Não caia na tentação de reclamar do irmão mais velho junto dos restantes. E vice-versa. Ao fazê-lo, os pais estimulam um hábito negativo entre os filhos. Evite também colocar um filho para controlar o outro ou outros.

5 – Evite comparações

Comparar faz os filhos criarem um espírito de competição. Se um tirou uma nota alta na escola, merece elogios, mas se o outro nem por isso, evite as críticas e frise que tem de se esforçar um pouco mais. Jamais repita frases como “Por que é que não és mais como o seu irmão?”

6 – Faça a mediação de conflitos

As autoras do livro “Irmãos Felizes e Amigos”, Jan Parker e Jan Stimpson, afirmam que irmãos que estão sempre envolvidos em rixas e a dizer mal um do outro devem ser chamados à atenção. As crianças lá de casa estão a discutir? Pare tudo o que está a fazer e tente ouvi-los para perceber o que se passa. Oiça os dois lados mas não faça juízos de valor. Explique que eles precisam conversar e entenderem-se.

7 – Evite as injustiças

Não escolha um filho para ser o seu protegido. O outro ou outros podem nunca conseguir gerir a situação e os “privilegiados na vida adulta não têm ferramenta para lidar com a frustração. Pode ter mais ou menos afinidade, mas isso não significa preferências.

8 – Dê o exemplo de harmonia

Os pais que têm irmãos e se dão bem com eles influenciam de forma determinante a relação entre os seus próprios filhos. As crianças crescem ao observar o comportamento dos adultos e esta não é uma exceção.

 

 

 

 

Ter irmãos faz bem à saúde

Novembro 21, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

texto do Sol de 11 de novembro de 2014.

Notícia da Time citada na notícia do Sol:

Why Your Sibling Is Good for Your Health

Shutterstock

Às vezes fazem-nos a vida negra, mas noutras alturas são os nossos melhores amigos. Por muito difícil que seja aturá-los, ainda bem que os temos! Isto porque novos estudos, citados pela Time, revelam que ter irmãos faz bem à saúde.

Aqui ficam alguns benefícios de ter ‘um pestinha’ em casa, a roubar as nossas melhores roupas e a invadir o nosso quarto a torto e a direito.

  1.  Ter um irmão torna-nos mais altruístas: Novos estudos sugerem que ter um irmão ajuda a desenvolver a simpatia. Os investigadores analisaram a relação entre irmãos de mais de 300 famílias e descobriram que ter uma boa relação que o nosso irmão ou irmã promove o altruísmo na altura da adolescência – principalmente nos rapazes.
  2.  Irmãos ajudam a melhorar a saúde mental uns dos outros: Investigadores da Brigham Young University descobriram que (principalmente) as irmãs ajudam a estimular a actividade cerebral. Resultados estatísticos recolhidos a partir da análise de 400 famílias mostram que , independentemente da diferença de idade, ter uma irmã  ajuda os adolescentes a não se sentirem sozinhos, culpados por algo  e ansiosos. De acordo com o mesmo estudo, até as lutas entre irmãos ajudam a melhorar a mente – ambos acabam por aprender a controlar melhor as suas emoções.
  3.   Fazem-nos felizes: Este ponto não deve ser novidade para a grande maioria das pessoas. Para comprovar esta premissa , um novo estudo mostra que as pessoas mais velhas que ainda têm irmãos são mais felizes e um maior sentido de ética.  Assim sendo, ter irmão não nos deixa mais felizes quando somos novos – também traz benefícios para a posterioridade.
  4.  Os irmãos mantêm-nos em forma: Os irmãos  – e a família em geral – ajudam-nos a mantermo-nos activos. Um estudo divulgado pela Time mostra que 43% dos inquiridos afirmam que são os seus familiares e amigos que os ajudam a ter um estilo de vida saudável.
  5.  Ajudam-nos a ter uma vida mais longa: Um estudo publicado no jornal PLoS Medicine mostra que aqueles que não têm hábitos sociais morrem 7.5 anos mais cedo do que aqueles que mantêm laços fortes com os amigos e a família.

 


Entries e comentários feeds.