“Só Para Curiosos” Estreia na Rádio Miúdos a 3 de abril

Março 31, 2017 às 10:35 am | Publicado em A criança na comunicação social, Site ou blogue recomendado | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Andas de lupa na mão e caderno na outra?  ​​​​​​​Gostas de bichos e bicharocos e adoras histórias sobre dinossauros? Fazes muitas perguntas à mãe e ao pai sobre as coisas que te rodeiam?  Gostas das histórias sobre príncipes e princesas, Reis e Rainhas e impressionas-te com os Castelos construídos no alto dos montes? Então, o Só Para Curiosos é mesmo para ti!

Em parceria com a Rádio Miúdos, o projecto Entre Memórias – Educação Patrimonial Itinerante dá a conhecer e explica muitas curiosidades sobre o património que nos rodeia, num novo programa de rádio, a ESTREAR no DIA 3 DE ABRIL.

O projeto Entre Memórias – Educação Patrimonial Itinerante promove a memória coletiva sem esquecer aquelas que são mais pessoais, que constituem, igualmente, um património único a ser salvaguardado. Por isso gostam de contar histórias ligadas às tradições e às memórias do nosso país, dançam na memória dos bailes e das festas das aldeias, contam lengalengas que moram na nossa infância, e procuram, ainda, saber onde moram as memórias para cada um de nós.

A Rádio Miúdos é a primeira rádio em português para crianças, pais e professores. Com emissão online e ouvintes em 150 países, nasceu em Novembro de 2015 e pretende chegar a toda a diáspora e lusofonia. A equipa da Rádio Miúdos inclui profissionais da comunicação e da educação, conta com colaboradores de várias áreas (Literatura, Psicologia, Pediatria, Filosofia para Crianças, Música, Ciência, entre outros), e conta com vários miúdos como locutores e correspondentes em vários pontos do país e até no estrangeiro.

O Instituto de Apoio à Criança é uma das instituições que apoia a Rádio Miúdos

 

 

Rádio Miúdos põe crianças a ouvir português no mundo todo

Fevereiro 10, 2017 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Reportagem da http://www.tvi24.iol.pt/de 29 de janeiro de 2017.

miudos

Visualizar a reportagem no link:

http://www.tvi24.iol.pt/videos/sociedade/radio-miudos-poe-criancas-a-ouvir-portugues-no-mundo-todo/588d349b0cf2fb4149171b7f

É uma rádio online para crianças, pais e educadores. Nasceu em 2015 e é ouvida em quase 90 países. Tem quatro radialistas “miúdos” e foi distinguida este mês pela Comissão Europeia em Portugal

A Rádio Miúdos (RM) é o projeto distinguido pela Representação da Comissão Europeia em Portugal com o primeiro prémio, no valor de três mil euros, do concurso de empreendedorismo “Canvas – Projetos Que Marcam”

http://www.radiomiudos.pt/

Dois técnicos do IAC foram à UALMedia Rádio falar sobre abuso sexual na infância

Maio 3, 2016 às 2:05 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

PSICOLOGIA_PARA_TODOS_38

 

Quais as consequências do abuso sexual na infância? Existe um perfil do abusador? Manuel Coutinho, psicólogo, e Ana Perdigão, jurista, respondem a estas e outras questões sobre o “abuso sexual na infância”, na UALMedia Rádio.
Ambos os convidados trabalham no Instituto de Apoio à Criança (IAC). Em caso de dúvida ou denúncia deve sempre ligar para o SOS Criança: 116000.

Oiça AQUI.

Rádio Miúdos

Novembro 27, 2015 às 11:27 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

radio

Para quem não conseguiu ouvir a nossa 1ª EMISSÃO EXPERIMENTAL, poderá ainda ouvir durante esta semana em

www.radiomiudos.pt

Estará no ar nos seguintes horários:

24 de Novembro (hoje) – 19h00
25 de Novembro (4ª feira) – 1h00 e 8h00
26 de Novembro (5ª feira) – 15h00
27 de Novembro (6ª feira) – 5h00 e 20h00

Horas de Portugal Continental.

Participam nesta emissão a Engenheira Luísa Vale da Fundação Calouste Gulbenkian e o Dr. Manuel Coutinho do Instituto de Apoio à Criança.

Até já!

A Rádio Miúdos é uma rádio em português para crianças dos 0 aos 12 anos. A transmissão é feita pela internet e pretende chegar a toda a Diáspora

https://www.facebook.com/radiomiudos/timeline

 

A alimentação a partir dos seis meses

Agosto 16, 2014 às 4:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Programa TSF Pais e Filhos de 14 de agosto de 2014.

ng3408779

ouvir o programa aqui

É a partir dos seis meses que o bebé começa a variar a alimentação, para além do leite materno. Com o crescimento, a nutricionista Helena Canário diz aos pais que não devem exagerar no consumo de carne…

 

 

Entrevista de Dulce Rocha à TSF

Março 14, 2013 às 3:00 pm | Publicado em O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Entrevista à Drª Dulce Rocha, Vice-Presidente do Instituto de Apoio à Criança na TSF no dia 14 de Março de 2013.

tsfOuvir a entrevista Aqui

Crianças cada vez mais preocupadas com a crise

A vice-presidente do Instituto de Apoio à Criança (IAC), Dulce Rocha, revela que muitas crianças ligam para a Linha SOS Criança «dizendo que têm muito medo (…) porque os pais discutem muito» e relacionam essa situação com o desemprego.

Só em 2012, a Linha do IAC recebeu 311 telefonemas de crianças preocupadas também por se verem privadas de bens que antes tinham. Dulce Rocha diz que as crianças têm receio de falar com os pais, temendo agravar as discussões e por isso, recorrem à linha telefónica.

Na maioria, são menores com idade entre os 10 e 12 anos e que ainda se queixam de ficarem sozinhos, trancados em casa, enquanto os pais vão trabalhar.

Crianças em risco: o que acontece fora da ficção? Entrevista de Manuel Coutinho à Rádio Renascença

Fevereiro 28, 2013 às 5:15 pm | Publicado em A criança na comunicação social, O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

O Dr. Manuel Coutinho (Secretário–Geral do Instituto de Apoio à Criança e Coordenador do  Sector SOS-Criança do Instituto de Apoio à Criança) deu uma entrevista à Rádio Renascença no dia 28 de Fevereiro de 2013.

Ouvir a entrevista Aqui

quarta

Quarta Divisão” é um filme Renascença que estreia nos cinemas a 28 de Fevereiro. A história central foca uma realidade que, infelizmente, existe em Portugal: Uma investigação policial à volta do desaparecimento de uma criança, que acaba por revelar um enorme drama familiar.

A Renascença convidou o psicólogo Manuel Coutinho, da direcção do Instituto de Apoio  à Criança, para ver o filme “Quarta Divisão” e falar daquilo que acontece sempre que uma criança se encontra em situação de risco… e não é ficção.

Para Manuel Coutinho “a violência entre os pais parte as crianças ao meio. Quando forem ver este filme vão perceber o que é o sofrimento de uma criança porque não aguenta ver um pai, ver uma mãe num conflito permanente. Isto é altamente desestruturante.”
Para o psicólogo “é na infância que a criança estrutura a sua vida e a sua personalidade e este menino deste filme é um sofredor. E pior ainda, os pais utilizam as crianças para fazer delas um joguete.”

No meio de um conflito entre os pais não há dúvida que são as crianças que mais sofrem. São pequenos peões num jogo de adultos e frequentemente não têm voz. Foi com o propósito de proteger e defender os direitos das crianças que surgiu o Instituto de Apoio à Criança – IAC (1983).
Em 1988, o Instituto de Apoio à Criança criou ainda o SOS-Criança, um serviço anónimo e confidencial de apoio às crianças e jovens, promovendo e defendendo os seus direitos.

“Este serviço tem como objectivo dar apoio à Criança em Portugal, principalmente à Criança em risco, maltratada e/ou abusada sexualmente, desaparecida, desintegrada na escola, com conflitos com os pais, que se sente rejeitada ou tem ideação suicida, procurando encontrar soluções para estas situações-problema.
O SOS-Criança é acima de tudo um serviço de prevenção que pretende actuar antes que a situação de risco se concretize.”

Instituto de Apoio à Criança:
http://www.iacrianca.pt/
Atendimento telefónico:
Linha SOS-Criança: disponível através do número 217 931 617, e do número gratuito 116 111
Linha SOS-Criança Desaparecida: acessível através do número de telefone gratuito 116 000.
E-mail: iac-soscrianca@iacrianca.pt

 

2ª edição do Prémio “Os Direitos da Criança em Notícia”

Janeiro 21, 2013 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

premio

O Fórum sobre os Direitos das Crianças e dos Jovens e o Montepio convocam os profissionais da comunicação social portuguesa para a 2.ª edição do Prémio Os Direitos da Criança em Notícia. O Prémio Os Direitos da Criança em Notícia destina-se a reconhecer as abordagens jornalísticas que, em crónicas, reportagens ou entrevistas nas áreas da Imprensa, Rádio e Televisão, tenham em conta a promoção e divulgação dos direitos da criança, numa perspetiva crítica, pluralista e inclusiva, sem comportar riscos para as crianças nem no presente, nem no futuro.

Convite

Contextualização e Critérios de Avaliação

Regulamento

Crianças chegam ao hospital doentes por terem fome

Dezembro 4, 2012 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Notícia da Antena 1 de 30 de Novembro de 2012.

Jorge Correia

Há crianças que chegam doentes ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, por terem fome. Os seus pais estão desempregados e não têm dinheiro para comida, nem para medicamentos.

As assistentes sociais da unidade hospitalar estão responder a pedidos de ajuda de pais desempregados que têm os seus filhos internados. A revelação é feita numa entrevista à Antena1 pela diretora do Serviço Social do Hospital de Santa Maria, Conceição Patrício.

(com Sandra Henriques)

(Entrevista completa aqui)

Entrevista a Bruto da Costa na Antena 1

Agosto 20, 2012 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

Entrevista a Alfredo Bruto da Costa na Antena 1 no dia 16 de Julho de 2012.

Alfredo Bruto da Costa, sociólogo com larga experiência em investigação sobre a pobreza em Portugal, analisa os casos que a Antena1 apresentou esta manhã de pessoas que se viram recentemente obrigadas a recorrer às cantinas sociais para terem uma refeição.

Bruto da Costa observa que falta uma rede de segurança mínima para pessoas pobres e alerta que há vários tipos de pobres. Há pobres empregados, há pobres reformados, e há pobres que são pessoas inativas, como as domésticas. O sociólogo explica que idosos e crianças são os grupos mais vulneráveis.

Nesta entrevista conduzida pelo jornalista Nuno Rodrigues, Bruto da Costa defende que o sistema de ensino é fulcral para quebrar o ciclo vicioso de pobreza entre gerações, sublinhando que o sistema português não está preparado para apoiar crianças de famílias pobres. Bruto da Costa avalia ainda negativamente a atuação do governo em relação à pobreza, criticando a visão assistencialista do executivo, a qual é demonstrada pela forma como tem agido em relação ao Rendimento Social de Inserção.

Ouça aqui a reportagem sobre as cantinas sociais, que é comentada por Bruto da Costa no início desta entrevista.

 

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.