2º Aniversário da Rádio Miúdos – – 20 Prémios para oferecer

Novembro 17, 2017 às 6:00 am | Publicado em O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

No mês em que celebra o seu 2º Aniversário, a Rádio Miúdos vai oferecer prémios todas as semanas!

O dia 20 de Novembro é o dia do Aniversário, por isso, vamos oferecer 20 prémios!

Para ganhar, basta seguir as emissões em direto, das 15h às 18h, de segunda a sexta, e seguir as instruções!

Na primeira semana, vamos oferecer 5 Discos do Mês de Novembro – “História de Portugal” de Maria de Vasconcelos. Não percam!

 

RÁDIO MIÚDOS COMPLETA 2 ANOS

Dois anos de serviço de rádio em português para miúdos em todo o mundo, através da internet e que chega já a 174 países e territórios, com milhares de cliques diários e um auditório global que participa activamente nasemissões.

Completamos neste 20 de Novembro (que quisemos simbolicamente, coincidisse com a publicação da Carta dos Direitos da Criança), um ciclo de dois anos de emissões ininterruptas, com música e programas em português para miúdos de todas as idades e de todas as falas do “português” que, quis o destino, a história nos juntasse pela língua.

Estamos em todo o mundo… Ouvidos do Brasil a Timor, da Cidade do Cabo a Anchorage, da Europa à Ásia,com famílias que nos ouvem enquanto velejam no mar das Caraíbas, ou no sertão brasileiro e que nos contam em directo como são as suas vidas.

É essa a razão que nos move – unir através da rádio, um mundo de falantes de português, para criar um sentimento de auto-estima pela língua e pelas culturas lusófonas.

A Rádio Miúdos é a primeira rádio em português para miúdos e é cada vez mais feita por eles. Vamos inaugurar os novos estúdios, situados na vila do Bombarral. A 75 quilómetros de Lisboa, foi possível construir uma equipa de 24 miúdos, entre os 7 e os 16 anos que desenvolve um trabalho de aprendizagem no meio rádio e realiza e produz uma emissão de 24 horas, com 3 horas diárias de directos.

Para além da emissão de rádio, o nosso trabalho nas escolas tem aberto caminho para a criação de rádios nas escolas e , com oficinas de rádio e emissões ao vivo, como são exemplo o concurso “Põe a tua terra nos píncaros”, para as escolas do centro do país que teve a participação de 80 projectos de 60 escolas. Uma missão que, acreditamos, pode ajudar a combater o insucesso escolar e incentivar a participação activa dos mais pequenos nas coisas do mundo.

Dois anos de um projecto pioneiro que trilhamos com paixão, seguros da ideia que nos move, a de oferecer um serviço de rádio global em português para um público infanto-juvenil, produzido para e por miúdos.

Um bem haja especial à equipa de colaboradores da Rádio Miúdos que continua a aumentar e conta com profissionais em várias áreas, desde a literatura à psicologia, passando pelos contadores de histórias à meditação para miúdos, num universo de temas universais e positivos, que estamos em crer, contribuem para a aprendizagem da cidadania e participação activa na sociedade.

Neste segundo aniversário não queremos deixar de agradecer especialmente a todos os que acreditaram no projecto desde o início, nomeadamente à a Susana Freitas Lopes, em Alesund, Noruega, à Mariana Sanchez em Barcelona e à Margarida Fonseca Santos.

Agradecemos também à Fundação Calouste Gulbenkian e ao IAC-Instituto de Apoio à Criança, na pessoa do Dr. Manuel Coutinho, a todos os colaboradores que todos os dias contribuem com as suas ideias e programas.

Não podemos esquecer os pais, avós, tias e famílias que em Portugal e em todo o universo lusófono nos vão ouvindo participando.

E um obrigado muito especial a eles, os miúdos da equipa da Rádio Miúdos, que todos os dias experimentam “aquela coisa diferente”.

Na Rádio Miúdos acreditamos que quanto mais cedo os miúdos forem chamados a participar, mais probabilidade terão de ser ouvidos e aprender a mudar o rumo deste mundo que não augura muito de bom, mas que ainda vamos a tempo, com eles, de arrepiar caminho e faze-lo mais sustentável.

Apoios/Agradecimentos: Fundação Calouste Gulbenkian, Portugal Inovação Social, POISE, Portugal 2020, Representação da Comissão Europeia em Portugal, Accenture Portugal, Paixão Seguros, SIC, FGP, Caixa de Crédito Agrícola, Frederico Santos, Câmara Municipal do Bombarral, Rede de Bibliotecas Escolares, Santiago Salazar.

Mais informações:

http://www.radiomiudos.pt/index.php?id=794&cont=1&page=1

Anúncios

Põe a tua terra nos píncaros! – Concurso para Escolas e Municípios da zona Centro – Candidaturas Abertas

Agosto 6, 2017 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

mais informações:

http://www.radiomiudos.pt/index.php?id=638&cont=1&page=1

“Só Para Curiosos” Estreia na Rádio Miúdos a 3 de abril

Março 31, 2017 às 10:35 am | Publicado em A criança na comunicação social, Site ou blogue recomendado | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Andas de lupa na mão e caderno na outra?  ​​​​​​​Gostas de bichos e bicharocos e adoras histórias sobre dinossauros? Fazes muitas perguntas à mãe e ao pai sobre as coisas que te rodeiam?  Gostas das histórias sobre príncipes e princesas, Reis e Rainhas e impressionas-te com os Castelos construídos no alto dos montes? Então, o Só Para Curiosos é mesmo para ti!

Em parceria com a Rádio Miúdos, o projecto Entre Memórias – Educação Patrimonial Itinerante dá a conhecer e explica muitas curiosidades sobre o património que nos rodeia, num novo programa de rádio, a ESTREAR no DIA 3 DE ABRIL.

O projeto Entre Memórias – Educação Patrimonial Itinerante promove a memória coletiva sem esquecer aquelas que são mais pessoais, que constituem, igualmente, um património único a ser salvaguardado. Por isso gostam de contar histórias ligadas às tradições e às memórias do nosso país, dançam na memória dos bailes e das festas das aldeias, contam lengalengas que moram na nossa infância, e procuram, ainda, saber onde moram as memórias para cada um de nós.

A Rádio Miúdos é a primeira rádio em português para crianças, pais e professores. Com emissão online e ouvintes em 150 países, nasceu em Novembro de 2015 e pretende chegar a toda a diáspora e lusofonia. A equipa da Rádio Miúdos inclui profissionais da comunicação e da educação, conta com colaboradores de várias áreas (Literatura, Psicologia, Pediatria, Filosofia para Crianças, Música, Ciência, entre outros), e conta com vários miúdos como locutores e correspondentes em vários pontos do país e até no estrangeiro.

O Instituto de Apoio à Criança é uma das instituições que apoia a Rádio Miúdos

 

 

Rádio Miúdos põe crianças a ouvir português no mundo todo

Fevereiro 10, 2017 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Reportagem da http://www.tvi24.iol.pt/de 29 de janeiro de 2017.

miudos

Visualizar a reportagem no link:

http://www.tvi24.iol.pt/videos/sociedade/radio-miudos-poe-criancas-a-ouvir-portugues-no-mundo-todo/588d349b0cf2fb4149171b7f

É uma rádio online para crianças, pais e educadores. Nasceu em 2015 e é ouvida em quase 90 países. Tem quatro radialistas “miúdos” e foi distinguida este mês pela Comissão Europeia em Portugal

A Rádio Miúdos (RM) é o projeto distinguido pela Representação da Comissão Europeia em Portugal com o primeiro prémio, no valor de três mil euros, do concurso de empreendedorismo “Canvas – Projetos Que Marcam”

http://www.radiomiudos.pt/

Rádio Miúdos. Para pôr crianças a ouvir português no mundo todo

Agosto 11, 2016 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas:

Notícia do http://observador.pt/ de 26 de julho de 2016.

obsertvador

Gonçalo Correia

É uma rádio online para crianças, pais e educadores. Nasceu em 2015 e é ouvida em quase 90 países. Tem quatro radialistas “miúdos” e foi distinguida este mês pela Comissão Europeia em Portugal.

Quando, em 2011, Verónica Milagres pensou em fazer uma rádio online para crianças, pais e educadores, onde até os “miúdos” pudessem ser radialistas, o projeto não avançou. “Demorou alguns anos a conseguir pôr em prática”, conta ao Observador. Mas não desistiu. “Tudo o que tenho feito na vida vai quase sempre dar às crianças. E na altura pensei: não há por aí nenhuma rádio para crianças em português. E faz falta”, diz.

Licenciada em ensino básico, cantora profissional do coro da Gulbenkian há 20 anos e com dois filhos, Verónica Milagre queria juntar três grandes paixões: a música, a língua portuguesa e as crianças. Acabou por juntá-las na Rádio Miúdos, uma webrádio que hoje dirige e que começou a emitir regularmente em janeiro deste ano. Volvidos sete meses, o projeto conta com ouvintes de quase 90 países (do Brasil ao Irão, da Austrália ao Botsuana) e com quatro crianças na equipa (porque a ideia, explica, também passa por pôr crianças a fazer rádio). Este mês, a Rádio Miúdos foi premiada pela representação da Comissão Europeia em Portugal, na categoria “Canvas – Projetos Que Marcam”.

“O prémio da Comissão Europeia foi fantástico, não só pelo dinheiro [3.000 euros], mas também pela divulgação, pela força que dá ao projeto. É uma honra termos sido premiados e é mais um reconhecimento, mais uma validação, depois das validações dos profissionais e pais que nos escrevem e enviam mensagens”, diz.”

A ideia surgiu a partir de uma “conversa informal”, em 2011. Mas Verónica conta que ficou na gaveta. Mais tarde, falou dela ao jornalista e radialista João Pedro Costa (que já passou pela RFM e Euronews, por exemplo). Ele “gostou imenso” e começaram, juntos, “a delinear e a construir esta rádio”. No processo, concorreram ao prémio Faz Ideias de Origem Portuguesa 2015, da Fundação Calouste Gulbenkian. Acabaram em terceiro lugar e com 10.000 euros no bolso, que usaram para montar um estúdio, no Bombarral (distrito de Leiria).

A Rádio Miúdos começou a ganhar vida. E cresceu até estar 24 horas online, sete dias por semana, com duas horas de direto diárias (das 14h às 16h), de segunda-feira à sexta-feira. Como agora. Sempre com um objetivo em mente: o de não se ficar apenas por ser uma “rádio divertida”.

“Nunca quisemos fazer uma rádio para crianças só de entretenimento, mas uma rádio normal, com todos os programas que uma rádio tem, mas adaptada às crianças, com assuntos que lhes interessam a elas, com músicas que não passam numa rádio normal — música infantil, por exemplo. Uma rádio cultural e educativa”, resume.”

Pôr o português nos ouvidos dos lusodescendentes

Outra das preocupações da Rádio Miúdos passa pela relação dos lusodescendentes com a língua portuguesa. Foi uma das motivações para terem avançado com o projeto. Porque “há muita emigração jovem com miúdos que vão muito pequenos para fora. Os miúdos obviamente aprendem muito rapidamente a língua do país para onde vão, o que é muito bom. Mas às vezes os pais sentem também que há uma tendência para perderem o português, mesmo falando em casa”, explica Verónica.

“Porque o português que falam em casa é limitado, o léxico é o discurso normal de uma casa. A Rádio Miúdos tem essa preocupação. Daí que tenhamos programas de conversa, com duas pessoas a fazerem a emissão, para que se possam utilizar as palavras todas. Além disso, não temos um discurso infantilizado. Temos é a preocupação de, quando dizemos uma palavra mais difícil, explicar o que é a palavra, desmontá-la. E muitas vezes nem é preciso, eles percebem pelo contexto”, diz.”

No que toca à música, a Rádio Miúdos não passa apenas música infantil, esclarece a diretora. “Passamos música de muitos géneros em português. De música pop, rock e rap a tradicional e fado. Obviamente que, se passamos um rap, temos de ter o cuidado de ver se não há nenhuma asneira. Se passamos um fado, não vamos pôr um tema de chorar as pedras da calçada”, explica.

Outra vontade passa por continuar a ter crianças a experimentar fazer rádio. “Qualquer criança, esteja onde estiver, no mundo inteiro, pode participar e fazer emissões connosco, mesmo em direto. Já fazemos isto às sextas-feiras, com miúdos lá de fora, miúdos portugueses, lusodescendentes”, explica Verónica. Mas também adultos: foi por Skype, por exemplo, que falaram, recentemente e em direto, com “uma professora de português e com uma turma inteira dela, no Qatar”, conta.

Além de poder ser ouvida no site, a Rádio Miúdos também já pode ser ouvida através de uma app gratuita, que pode ser descarregada, por exemplo, na App Store. A aposta na app é feita porque “o digital é o presente e o futuro. Quisemos ir ao encontro do que as crianças e jovens mais usam e mais gostam”, explica a responsável, que sublinha, contudo, não querer que as crianças “fiquem presas a estes meios”.

Quanto às receitas e à possível introdução de publicidade na rádio, Verónica Milagres diz que estão “abertos”, mas que, “sendo uma rádio para crianças, há publicidade e publicidade”, pelo que não faria sentido um anúncio de uma marca de cerveja passar na Rádio Miúdos, exemplifica.

Texto editado por Ana Pimentel

 

Rádio Miúdos quer todos a falar bom português

Maio 18, 2016 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas:

1045157

 

Os luso-descendentes espalhados pelo mundo conhecem poucas palavras portuguesas. Escutam-nas em casa e quase sempre na forma imperativa: “Levanta a mesa”; “faz os trabalhos de casa”. A Rádio Miúdos quer ampliar o vocabulário das crianças falantes de português e dar-lhes música. Lá fora e cá dentro.

Uma emissora nacional online para miúdos dos zero aos 12 anos nasceu em Novembro do ano passado e já foi escutada em 60 países de todos os continentes. A Rádio Miúdos funciona 24 horas por dia e, para já, emite em directo apenas das 14h às 16h e de segunda a sexta-feira. Mas o objectivo é alargar o mais possível o horário das transmissões em directo e com cada vez mais miúdos do lado de lá do microfone.

“Queremos responsabilizá-los e torná-los donos da rádio”, diz João Pedro Costa, um dos fundadores da estação e profissional de rádio há mais de 30 anos. Passou pela RFM, RádioGeste, Rádio Macau, Euronews, entre outras emissoras. “O nosso maior sonho é que, com o passar do tempo, tenhamos sempre um locutor adulto e um locutor miúdo todos os dias, 24 horas por dia. Sempre na conversa, para praticar a oralidade”, diz, mas sublinha que a ideia foi “da visionária” Verónica Milagres.

“Há 20 anos que trabalho com crianças e sempre senti que fazia falta uma rádio para os mais novos”, contou ao PÚBLICO a professora de Música e cantora lírica, numa conversa telefónica que antecedeu a visita ao pequeno estúdio no Bombarral. “É um estúdio portátil”, diz João Pedro Costa, já no meio do equipamento, que junta material do seu espólio e outro que o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian permitiu adquirir.

Essa “portabilidade” tem-lhes permitido acompanhar iniciativas como o 2.º Encontro de Literatura Infantil da Lusofonia da Fundação O Século, que decorreu em Fevereiro. Instalaram uma espécie de tenda com todo o equipamento e aproveitaram para entrevistar escritores nacionais e dos países de expressão portuguesa que participavam no congresso. Fizeram alguns directos e muitas gravações.

Foi também na Fundação O Século que angariaram mais colaboradores para a Rádio Miúdos, como a escritora Margarida Fonseca Santos, que já tem dois programas: Histórias em 77 Palavras e Conversas de Carvão (este com a colaboração de Mariana Ramirez Sanchez, a partir de Barcelona). Os autores José Fanha e António Torrado também foram convocados e já estão a preparar rubricas que hão-de ir para o ar brevemente.

“Todos nos acolheram muito bem, deram-nos uma série de ideias e disponibilizaram-se para colaborar”, diz o radialista, muito entusiasmado com os projectos já em desenvolvimento de teatro radiofónico. “Vamos recuperar um formato que é muito divertido de realizar e também de se ouvir.”

A próxima deslocação da Rádio Miúdos será ao Festival Literário Livros a Oeste, na Lourinhã, de 3 a 7 de Maio. “Vamos instalar o estúdio na rua. Queremos estar onde estão as crianças, bem no meio da confusão. É esta a nossa natureza.”

1045156

 

Crianças ao leme

Leonor Tapadas e Pedro Gonçalves, ela com dez anos e ele com nove, amigos e cúmplices, eram os dois locutores-mirins presentes na Rádio Miúdos no dia da visita do PÚBLICO, no final de Março. Era dia de workshop e os miúdos acabariam por entrevistar as “entrevistadoras”. Quiseram saber se gostavam da profissão que escolheram, pediram que se lhes explicasse o que era um blogue e o que fazia uma jornalista multimédia. Tudo muito profissional, com os miúdos a testar o som, a ajustar os auscultadores e os microfones, a gerir os silêncios e a repetir as frases que saíam meio gaguejadas… Sempre com supervisão e aconselhamento de João Pedro Costa (“sejam curiosos, perguntem o que não percebem”, “olhem para as entrevistadas”, “agradeçam no final”), numa relação bem-disposta e em atmosfera descontraída.

Antes de Pedro chegar, Leonor, filha da directora Verónica Milagres, tinha explicado que o seu colega de escola e amigo, depois de escutar algumas emissões da rádio, lhe pedira para participar: “Eu também gostava de fazer alguma coisa na Rádio Miúdos.” Depois de obtida a autorização dos pais, fizeram um directo com o rapaz nas férias de Carnaval. “Revelou ter muito jeito e adorou”, completa Verónica.

Leonor, que diz gostar de “dar notícias”, prossegue, embora timidamente e com várias hesitações: “Estamos os dois a gravar um programa sobre instrumentos musicais. Eu sou uma harpa e ele é um violoncelo.” Quem escolheu o tema? “Fomos nós. Gostamos de música. Eu toco flauta transversal e o Pedro quer ir aprender trombone”, justifica. Para dizer depois, entre risos: “Mas o trombone é maior que ele!”

Verónica Milagres já tinha informado que dois miúdos estavam a preparar um programa só deles: “Ali não se vai escutar a voz de adultos. São eles que estão a escolher o tema, que o estão a preparar e que o vão gravar. Quando tiverem tudo oleado e já conseguirem funcionar bem sozinhos, então experimentamos directos apenas com eles.” Ambos já participam em emissões em directo, mas sempre com os adultos na retaguarda.

A directora da Rádio sublinha: “Quando estamos a planear entrevistas ou outros programas, surgem dos miúdos perguntas e ideias que à partida não nos ocorreriam. É mesmo isso que queremos, que eles se identifiquem com os projectos. Porque os miúdos fazem parte da rádio.”

O jovem Pedro diz mesmo que “a Rádio Miúdos é uma ideia genial”. Vê-se que está feliz “no meio das máquinas e botões”. Tem um ar doce e calmo e anota no papel o texto que vai dizer quando se der início à gravação.

 

Continue a ler AQUI.

Rita Pimenta (Texto) e Vera Moutinho (Fotografia e vídeo) para o Público em 24 de abril de 2016

Rádio Miúdos

Novembro 27, 2015 às 11:27 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

radio

Para quem não conseguiu ouvir a nossa 1ª EMISSÃO EXPERIMENTAL, poderá ainda ouvir durante esta semana em

www.radiomiudos.pt

Estará no ar nos seguintes horários:

24 de Novembro (hoje) – 19h00
25 de Novembro (4ª feira) – 1h00 e 8h00
26 de Novembro (5ª feira) – 15h00
27 de Novembro (6ª feira) – 5h00 e 20h00

Horas de Portugal Continental.

Participam nesta emissão a Engenheira Luísa Vale da Fundação Calouste Gulbenkian e o Dr. Manuel Coutinho do Instituto de Apoio à Criança.

Até já!

A Rádio Miúdos é uma rádio em português para crianças dos 0 aos 12 anos. A transmissão é feita pela internet e pretende chegar a toda a Diáspora

https://www.facebook.com/radiomiudos/timeline

 


Entries e comentários feeds.