Oficina de Formação: EU E OS OUTROS Gestão de Conflitos e Prevenção da Violência nas Escolas

Março 22, 2016 às 6:20 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

conflitos

Oficina de Formação: EU E OS OUTROS
Gestão de Conflitos e Prevenção da Violência nas Escolas

Parceria entre o Centro de Formação Rui Grácio e a DGESTE-DSRAL, Ministério da Educação.

Formadoras: Rita Ribeiro e Maria Esteves.

Actividade no âmbito da Educação para a Paz, uma das prioridades da ASPnet – UNESCO.

15 horas de formação / Início: 6 de Abril 2016 / 17.00h-20.00h

Inscrições online até 31 de Março no link:
http://goo.gl/forms/BKBMVgDJB5

 

Teenagers, Their Rights and the Law – A Toolkit for Facilitators

Dezembro 27, 2015 às 1:00 pm | Publicado em Recursos educativos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

teen

descarregar o documento no link:

http://www.clearproject.eu/wp-content/uploads/2014/12/CLEAR-Toolkit-for-facilitators.pdf

This Toolkit is designed for facilitators. It provides a range of ‘tools’ to enable teenagers to interact with and understand the rights they have in society. It is written in a way that we hope supports both professionals who work with teenagers and the young people who want to be peer educators. Whilst we have tried to present the relationship between rights and laws as simply as possible, the concepts remain complex. With a little adaptation, the activities in this Toolkit are suitable for teenagers between the ages of 12 and 18.

mais documentos no link:

http://www.clearproject.eu/

SEMINÁRIO: “Por uma Cultura de Não-violência: velhos e novos Desafios” em Odemira

Novembro 21, 2015 às 3:50 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

12247108_435702293306531_8757881945396867228_n

Inscrições até 23/11, inclusivé

mais informações:

https://www.facebook.com/CPCJdeOdemira/

http://www.cm-odemira.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=27775&noticiaId=98287&pastaNoticiasReqId=27692

O direito à participação das crianças é dos mais difíceis de conseguir – entrevista de Dulce Rocha ao Boletim da Ordem dos Advogados

Agosto 18, 2015 às 1:00 pm | Publicado em O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Entrevista da Drª Dulce Rocha, Vice-Presidente do Instituto de Apoio à Criança, ao Boletim da Ordem dos Advogados,  N.º 127, Junho 2015, pág. 36-41.

descarregar o boletim no link:

https://www.oa.pt/upl/%7B860010e2-242a-4e1f-a53f-d8a9e956c231%7D.PDF

boletim ordem advogados

Dulce Rocha, vice-presidente do Instituto de Apoio à Criança, participou na cerimónia do dia 1 de junho e, no passado dia 17, foi a oradora convidada na conferência promovida pelo IAPI – Instituto de Advogados em Prática Individual, a propósito das alterações recentes do processo tutelar educativo, abordando a questão dos maus-tratos e violência sobre as crianças. Nesta entrevista fala-nos precisamente da importância dos programas de prevenção que afastem as crianças de cenários de violência e da prática de comportamentos desviantes. Defende que as crianças devem ser escutadas e as suas opiniões valorizadas e que referência da criança é por excelência a mãe.

Há postais do Dia da Mãe que não vai querer receber. Este é um deles – Vídeo

Abril 1, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

texto do site http://www.respectzone.org

L’Initiative de Prévention de la Haine, association sans but lucratif créatrice du label Respect Zone, lance le clip vidéo « La Carte », une minute de silence en images contre la cyberviolence et proposant l’usage du label Respect Zone.

Ce film, dont la date de sortie coïncide avec celle de la Journée de l’Internet Sans Crainte le 10 février 2015, porte la triple ambition de sensibiliser les parents à la violence des échanges de leurs pré-ados et ados sur les réseaux sociaux tout en faisant prendre conscience aux enfants que l’expression sur ces mêmes réseaux sociaux peut heurter et en proposant une solution simple, pratique et ouverte à tous.

Ce projet a pu voir le jour grâce à la mobilisation conjointe de Control Films (production du film), de plusieurs entités du groupe WPP dont l’agence de communication JWT qui a offert le clip et Hill+Knowlton Strategies (promotion auprès des médias et de la sphère digitale) avec l’aide de Kantar Media.

Aujourd’hui, les insultes et la violence verbale sont monnaie courante sur le Net dès l’entrée en classe de 6ème. JWT a choisi un angle créatif et original pour débanaliser cette violence. Le clip « La Carte » a été développé pour sensibiliser les parents sur l’urgence pour eux à aborder, avec leurs adolescents, la portée de leur comportement en ligne. La campagne vidéo interpelle les parents sur le fait que leur enfant agit en harceleur potentiel dès l’entrée au Collège. Avec cette campagne, on s’intéresse – à l’opposé de ce qui est fait habituellement – à la prévention du geste de harcèlement. L’originalité de ce clip est de provoquer une prise de conscience des parents qui craignent naturellement que leur enfant soit harcelé, mais pas qu’il soit dans la position de harceleur.

Ler todo o texto no link:

http://www.respectzone.org/fr/blog/actualites/view/20

 

Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância

Março 30, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

mes

mais informações:

http://www.cm-lisboa.pt/viver/intervencao-social/familias/prevencao-de-maus-tratos-na-infância

http://lisboasolidaria.cm-lisboa.pt/

http://www.cnpcjr.pt/#2

http://www.amcv.org.pt/pt/amcv-mulheres

Global status report on violence prevention 2014

Março 11, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

violence

descarregar o relatório no link:

http://www.who.int/violence_injury_prevention/violence/status_report/2014/en/

The Global status report on violence prevention 2014, which reflects data from 133 countries, is the first report of its kind to assess national efforts to address interpersonal violence, namely child maltreatment, youth violence, intimate partner and sexual violence, and elder abuse.

Jointly published by WHO, the United Nations Development Programme, and the United Nations Office on Drugs and Crime, the report reviews the current status of violence prevention efforts in countries, and calls for a scaling up of violence prevention programmes; stronger legislation and enforcement of laws relevant for violence prevention; and enhanced services for victims of violence.

 

The Global status report on violence prevention 2014

Dezembro 30, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

global

descarregar o relatório:

http://www.undp.org/content/undp/en/home/librarypage/crisis-prevention-and-recovery/global-status-report-on-violence-prevention-2014.HTML

The Global status report on violence prevention 2014, which reflects data from 133 countries, is the first report of its kind to assess national efforts to address interpersonal violence, namely child maltreatment, youth violence, intimate partner and sexual violence, and elder abuse.

Jointly published by WHO, the United Nations Development Programme, and the United Nations Office on Drugs and Crime, the report reviews the current status of violence prevention efforts in countries, and calls for a scaling up of violence prevention programmes; stronger legislation and enforcement of laws relevant for violence prevention; and enhanced services for victims of violence.

 

Violência de Género na Escola – Infografia

Dezembro 10, 2014 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

UNESCO_SRGBV_INFOGRAPHIC_FINAL_V2

mais informações:

http://www.ungei.org/infobycountry/index_5903.html

UA desenvolve protótipo de jogo online para prevenir violência no namoro

Dezembro 8, 2014 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

texto do site http://uaonline.ua.pt/  de 25 de novembro de 2014.

joua_i_3016_full

Projeto coordenado por Margarida Almeida, professora do Departamento de Comunicação e Arte

Sensibilizar adolescentes e jovens para o tema da violência no namoro é o principal objetivo do UnLove. Trata-se de um jogo online de acesso gratuito em que os participantes, através de diferentes ‘avatars’, podem vivenciar e aprender a gerir situações de conflito, abuso ou violência física e psicológica entre os elementos do casal. Desenvolvido por estudantes do Departamento de Comunicação e Arte (DeCA) da Universidade de Aveiro (UA) o protótipo do jogo é apresentado hoje na academia de Aveiro como forma de assinalar o “Dia Internacional da Erradicação da Violência sobre as Mulheres”, uma iniciativa do MDM – Movimento Democrático das Mulheres.

O UnLove permite que os participantes, depois de escolherem entre uma relação hetero ou homossexual, personificarem a personagem com a qual pretendem jogar e entrem num jogo de base narrativa ao longo da qual poderão experimentar e testemunhar diferentes situações de violência no namoro.

“Trata-se de um paradigma que parte do pressuposto de que existem diferentes cenários, visões e dimensões no fenómeno”, aponta Margarida Almeida, professora do DeCA. A coordenadora do projeto, um desafio lançado pelo Movimento Democrático de Mulheres, diz que “o jogo UnLove pretende constituir-se como uma ferramenta de educação e promoção para a saúde e de apoio à intervenção social e educativa na área da prevenção e sensibilização para a Violência no Namoro”.

Assim, considerando as potencialidades e a atratividade que os jogos digitais apresentam junto dos jovens, Margarida Almeida diz que com o UNLOVE se “pretende que os jovens adquiram conhecimentos acerca do fenómeno, aprendam a reconhecer situações íntimas abusivas e desenvolvam competências que lhes permitam gerir uma situação de violência”.

A finalidade principal do jogo é, pois, contribuir para a produção de mudanças nas crenças socioculturais que sustentam esse tipo de violência e sensibilizar os jovens para a importância de viverem relações íntimas equilibradas e relacionamentos interpessoais saudáveis.

“Sabemos que a prevenção e sensibilização para a Violência no Namoro deve ser, preferencialmente, operacionalizada em medidas de prevenção primária, direcionadas diretamente para os adolescentes e jovens em contexto escolar. As escolas e as universidades são, portanto, espaços de intervenção privilegiados, já que nos permitirão chegar junto desse público”, aponta Margarida Almeida.

Ainda em fase experimental, e considerando os resultados alcançados com o protótipo do jogo produzido pelos estudantes Sara Ramos, Luís Almeida, Luís Monteiro e Daniela Santos, da Licenciatura em Novas Tecnologias da Comunicação, foi apresentado, em Junho, um pedido de financiamento à “call for Research and Development Projects for the UT Austin | Portugal Program”.

A preparação desta candidatura contou com a colaboração, para além de colegas da Universidade de Austin-Texas, de uma equipa multidisciplinar da UA, com investigadores dos departamentos de Comunicação e Arte, Educação e Línguas e Culturas. “O que desejamos é dar continuidade ao protótipo desenvolvido, produzindo uma versão final do jogo que possa ser validada junto do público-alvo a que se destina e que se possa constituir como uma efetiva ferramenta de apoio à intervenção social e educativa na área da prevenção e sensibilização para a Violência no Namoro”, aponta Margarida Ameida.

 

 

« Página anteriorPágina seguinte »


Entries e comentários feeds.