Depressão na idade adulta pode estar relacionada com bullying

Junho 4, 2015 às 12:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Notícia do site http://lifestyle.sapo.pt  de 3 de junho de 2015.

O estudo citado na notícia é o seguinte:

Peer victimisation during adolescence and its impact on depression in early adulthood: prospective cohort study in the United Kingdom

Investigadores publicaram dados na revista BMJ segundo os quais os adolescentes vítimas de práticas de agressão ou intimidação reiterada pelos pares tendem muitas vezes a sofrer mais tarde.

Os peritos analisaram as conclusões de um grande projeto em Bristol, Inglaterra, que se debruçou sobre a saúde de 14.500 residentes desde os primeiros anos da década de 90.

Numa fase do projeto, cerca de 4.000 participantes preencheram um questionário aos 13 anos e foram rastreados novamente cinco anos mais tarde para sintomas de depressão.

Em 683 pessoas que reportaram ter sofrido “bullying” pelo menos uma vez por semana aos 13 anos, cerca de 15 por cento estavam deprimidas aos 18 anos.

Isto foi quase o triplo da taxa para os adolescentes que não se incluíram neste parâmetro.

 

Bullying entre irmãos aumenta riscos de saúde

Setembro 19, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

Notícia da Pais & Filhos de 9 de setembro de 2014.

o estudo mencionado na notícia é o seguinte:

Sibling Bullying and Risk of Depression, Anxiety, and Self-Harm: A Prospective Cohort Study

pais & filhos

As crianças até aos 12 anos que são vítimas de “bullying” por parte de irmãos estão mais sujeitas a apresentarem problemas de saúde mental no início da idade adulta, defende um estudo britânico publicado na última edição da revista “Pediatrics”.

Os investigadores das universidades de Oxford, Warwick, Bristol e Londres estudaram 6900 casos de “bullying” na esfera familiar no início da adolescência e voltaram a analisar a saúde mental das vítimas aos 18 anos, comparando-a com uma amostra de jovens adultos sem historial de vitimização. E chegaram à conclusão de que aqueles apresentam o dobro das possibilidades de sofrerem de depressão, ansiedade e até episódios de auto-mutilação.

No artigo, os cientistas – que se dividem entre os campos da Política Social, Psicologia, Saúde Mental, investigação sobre suicídio e Neurologia – defendem a adoção precoce de medidas de deteção de “bullying” entre irmãos e de apoio às vítimas, de forma a precaver consequências futuras a nível mental.

 

 

 

 


Entries e comentários feeds.