Disortografia – O que é? O que fazer?

Abril 15, 2019 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Texto e imagem do site Up to Kids

Neste artigo iremos explorar em que consiste a Disortografia, respetivos sinais de alerta, como se realiza o diagnóstico e qual a intervenção mais adequada para crianças que manifestam esta perturbação da aprendizagem.

O que é a disortografia?

A Disortografia deriva das palavras “dis” (desvio) + “ortho” (correto) + “graphos” (escrita), isto é, a dificuldade em escrever corretamente. Assim sendo, a Disortografia é uma Perturbação da Aprendizagem Específica com Défice na Expressão Escrita que afeta a precisão ortográfica, a precisão gramatical e da pontuação e a clareza ou organização da expressão escrita.

Apesar de a Disortografia poder ser uma perturbação por si só, é frequente coexistir com a Dislexia, isto é, com a Perturbação da Aprendizagem Específica com Défice na Leitura.

Sinais de alerta de disortografia?

São vários os sinais indicadores de uma possível Disortografia. Num texto típico, escrito por uma criança com disortografia podemos observar:

1. Incorreções ortográficas diversas:

– Omissões de letras/sílabas (e.g. banco-baco);

– Adições de letras/sílabas (e.g. comer-comere);

– Inversões de letras/sílabas (e.g. barco-braco);

– Substituições de letras com sons semelhantes (e.g. verde-ferde);

– Substituições de letras com formas semelhantes (e.g. bola-pola);

– Aplicação incorreta das regras gramaticais (e.g. ajudam-ajudão);

2. Dificuldades ao nível da pontuação:

O mais habitual é os textos das crianças com Disortografia apresentarem pouca ou nenhuma pontuação. Em outros casos, pode ocorrer uma tentativa por parte da criança, nomeadamente quando são mais velhas, de utilizarem os diferentes sinais de pontuação, no entanto nem sempre os aplicam da forma mais adequada, tornando o texto confuso.

3. Dificuldades na precisão gramatical:

É frequente estas crianças saberem explicar com precisão as diferentes regras gramaticais de forma isolada. Contudo, no momento em que as têm de aplicar de forma autónoma (pois têm de escrever a um ritmo que não lhes permite refletir com calma nas diferentes regras), acabam por cometer esses mesmos erros de precisão gramatical.

4. Dificuldades no encadeamento/organização das ideias:

É crucial ensinar estas crianças a planear os textos antes de os escrever. Uma das características desta perturbação da aprendizagem é exatamente a dificuldade em produzir um texto escrito com uma sequência lógica e bem estruturada ao nível das ideias (mesmo quando bem estruturadas oralmente).

5. Ritmo lento na escrita:

Uma vez que estes alunos necessitam de recorrer a diferentes estratégias, para conseguirem escrever sem erros, para saberem qual a regra gramatical a ser aplicada, para saberem qual o sinal correto de pontuação adequado, isto ao mesmo tempo que tentam elaborar um texto com uma boa construção frásica, acabam por revelar um reduzido ritmo de produção textual.

Como diagnosticar a disortografia?

Tal como a Dislexia, também a Disortografia deverá ser avaliada por um técnico especializado em Dificuldades de Aprendizagem (Psicólogo, Psicopedagogo, Neuropsicólogo), em estreita colaboração com os pais e professores.

Como em qualquer Perturbação da Aprendizagem Específica, a criança só poderá ser formalmente diagnosticada após dois anos de estimulação formal da leitura e da escrita (o que não significa que não seja possível despistar sinais de alerta previamente) e se o seu desempenho nas competências de escrita for significativamente abaixo do esperado para o seu nível escolar (avaliado através de provas formais e informais) e não consequentes de uma deficiência auditiva/visual, de uma Perturbação Específica da Linguagem ou de uma fraca estimulação escolar.

Qual a intervenção mais adequada?

A intervenção ao nível da Disortografia consiste na reeducação e treino das competências fonológicas (características desta dificuldade de aprendizagem) e visuo-espaciais, tendo como foco principal o processamento fonológico. As sessões de intervenção ao nível da estimulação das referidas competências deverão, sempre que possível, privilegiar uma estimulação multissensorial.

É importante referir que o sucesso da intervenção será tanto maior quanto mais cedo estas dificuldades forem detetadas e intervencionadas. Tal como na avaliação, também a intervenção deverá ser realizada em colaboração com o contexto familiar e escolar.

Centro SEI

III Encontro para o Desenvolvimento Infantil e Juvenil – 12 de março e 9 de abril em Torres Vedras

Março 6, 2016 às 5:50 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

3

mais informações:

http://udij.pt/noticias/detalhe/iii-encontro-para-o-desenvolvimento-infantil-e-juvenil-do-oeste

 

Curso Intensivo em Intervenção com Crianças e Jovens em Risco

Março 4, 2015 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

criap

mais informações aqui

1ª Edição 11 a 25 | MARÇO 2015

Construção de materiais educativos e estratégias de intervenção com crianças com diagnóstico de Dislexia, Disortografia, Disgrafia e Discalculia – Oficina Intensiva

Outubro 14, 2014 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

664490_10152282758975653_1910952909847670074_o

mais informações aqui

Curso Intensivo em Intervenção com Crianças e Jovens em Risco

Agosto 20, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

curso

DATA LIMITE DE INSCRIÇÃO | até 13 de Setembro de 2014

mais informações aqui

IV Jornadas Transfronteiriças – o Nosso Baú Partilhado

Junho 1, 2014 às 3:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

programa

Vimos por este meio convidá-lo a participar nas Jornadas Transfronteiriças 2014- o Nosso Baú Partilhado, organizadas pela EAPN Portugal em parceria com a Escola Superior de Educação de Viseu, a realizar no próximo dia 4 de junho na Escola Superior de Tecnologia de Viseu, sita na Av. Cor. José Maria Vale de Andrade s/n, Campus Politécnico Santa Maria, 3504-510 Viseu. A temática será a intervenção com crianças e jovens e contará com a presença de parceiros portugueses e espanhóis. As Jornadas servirão para apresentar as conclusões dos trabalhos realizados nos últimos 3 anos nos distritos de Bragança, Guarda, Vila Real, Viseu e Castilla y Léon (Espanha), contando com oradores presentes em cada um desses anos, sendo igualmente apresentadas as publicações que resultaram desse trabalho. A entrada é livre mas as inscrições obrigatórias, sendo que podem ser feitas através do mail viseu@eapn.pt

ou dos números 91 4 77 77 92 / 232 468 472. + info: José Machado Núcleo Distrital de Viseu da EAPN Portugal EAPN / Portugal- Rede Europeia Anti Pobreza viseu@eapn.pt

Rua Dr. Cesar Anjo, Lote 2 R/C F 3510-009 VISEU Telefone:232468472 Fax:232468474 www.eapn.pt

programa

I Primeiras Jornadas de Reflexão sobre Investigação e Intervenção com Crianças e Jovens

Dezembro 3, 2013 às 3:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

A Dra. Matilde Sirgado, Coordenadora do setor IAC- Projecto Rua, irá estar presente no dia 4 de Dezembro pelas 13.30 h na sessão “Intervenção com crianças e jovens em risco.”

jornadas_criancas_jovens_ss_2013_poster_iscsp_site

mais informações aqui

Formação – Competências de Intervenção na Infância e na Adolescência + Intervir nas Necessidades Educativas Especiais

Outubro 30, 2013 às 2:39 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

cursos

infor

Mais informações Aqui

4º Curso Avançado Terapias Comportamentais e Cognitivas – Intervenção com Crianças, Adolescentes e Adultos

Setembro 5, 2013 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

ispa

Mais informações aqui

Ação de Formação em Intervenção Comunitária

Maio 6, 2013 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

A Dra. Matilde Sirgado, Coordenadora do setor IAC- Projecto Rua, será a responsável do MÓDULO 2: Intervenção pela positiva com Crianças em Risco: Mitos, Factos e Rumos.

Ainda existem vagas disponíveis

Mais informações Aqui

intervenção

 

 

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.