Pós-Graduação em Educação Especial Domínio Cognitivo e Motor na FMH

Agosto 17, 2017 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

mais informações no link:

http://posgrad.fmh.ulisboa.pt/specialeducation/?utm_source=phplist95&utm_medium=email&utm_content=HTML&utm_campaign=Oferta+em+P%C3%B3s-Gradua%C3%A7%C3%B5es

Anúncios

Desporto sem bullying : comportamentos de bullying : guidelines para pais

Maio 6, 2017 às 6:00 am | Publicado em Recursos educativos, Site ou blogue recomendado | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

 

O “Desporto sem Bullying” é um projeto de investigação-ação que sensibiliza as comunidades educativa e desportiva sobre bullying na formação desportiva, promovendo a intervenção direta através de 3 estratégias fundamentais – criação de ferramentas (guidelines e manuais),  formação de treinadores e intervenção especializada nos clubes (com acções de consultoria ou desenvolvimento e implementação de planos Anti-Bullying).

descarregar o guia no link:

http://www.desportosembullying.pt/files/uploads/2017/04/guidelines-bullying-pais.pdf

mais informações:

http://www.desportosembullying.pt/

Lançamento do estudo BePositive – 19 de dezembro na Faculdade de Motricidade Humana

Dezembro 15, 2016 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

15337604_1287222774684396_5018824270666172001_n

mais informações no link;

http://aventurasocial.com/

Seminário Jogo e Motricidade no Desenvolvimento da Criança – 1 de junho na FMH

Maio 31, 2016 às 12:15 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

13139221_992160387538924_375017236897121253_n

Contatos: Tel. 21 414 91 04 e-mail  cursosbreves@fmh.ulisboa.pt

 

Lançamento internacional “Health behaviour in school-aged children” em Lisboa

Março 11, 2016 às 3:41 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

lan

Saiba mais AQUI.

Excesso de peso influencia negativamente rendimento escolar

Janeiro 1, 2016 às 8:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Notícia do http://lifestyle.sapo.pt

Nunca é demais recordar que o excesso de peso e a má alimentação das crianças também contribui de forma negativa para o seu desempenho escolar. O bem estar no dia a dia é essencial para viver de forma plena e ter a mente descansada para absorver a imensidão de coisas novas que aprendemos.

Os resultados de um estudo desenvolvido pela Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, revelou, em março deste ano, que a aptidão cardiorrespiratória e o peso corporal têm um efeito independente e sinérgico no rendimento escolar nas disciplinas de Português, Matemática, Ciências da Natureza e Inglês em alunos do sétimo ano de escolaridade.

Paralelamente, alerta para a necessidade de criar mais atividades de exercício físico durante o horário escolar, por forma a aumentar a aptidão cardiorrespiratória e prevenir o excesso de peso dos alunos.

São dados que realçam aquilo que há muito se sabe sobre a necessidade de manter uma alimentação e hidratação adequadas.

Cabe aos pais tentar manter esse controlo através da educação e sensibilização dos seus filhos sobre a necessidade de estarem atentos aos sinais. As atividades físicas, em especial ao ar livre, são cruciais para um crescimento saudável. A sensação de felicidade que estas atividades transmitem são, também elas, um catalisador para uma vida mais equilibrada.

Atualmente, as crianças em idade escolar estão cada vez mais ocupadas com atividades de estudo, no interior das salas de aula e, em casa, com uma carga de trabalhos em excesso, que acabam por produzir resultados negativos. Quer ao nível da aprendizagem, quer físico.

Especialistas têm vindo a público exigir mais tempo livre para as crianças e este estudo, desenvolvido pela FMH, reforça estes alertas.

Com a aproximação do período natalício, convém fazer um balanço da forma como as coisas estão a evoluir em relação aos seus filhos e traçar um plano que os ajude a estar mais ativos e saudáveis no ano que vai entrar.

 

Pós-Graduação em Educação Especial – Domínio Cognitivo e Motor

Agosto 21, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

pos

mais informações:

http://www.fmh.ulisboa.pt/pt/formacao-continua/educacao-especial-dominio-cognitivo-e-motor

Atividade física intensa importante na prevenção da obesidade infantil

Junho 4, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Notícia do site  http://lifestyle.sapo.pt  de 23 de maio de 2015.

APCOI - Associacao Portuguesa Contra a Obesidade Infantil

De acordo com a Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI) uma em cada 3 crianças portuguesas tem excesso de peso. Valores que colocam Portugal entre os países da Europa com as maiores taxas de prevalência de obesidade pediátrica.

Para tentar contrariar estes números é essencial incentivar as crianças para a prática de exercício físico de forma regular e, claro, incutir hábitos saudáveis de alimentação e hidratação.

Um estudo desenvolvido em 2014 pelo Laboratório de Exercício e Saúde da Faculdade de Motricidade Humana, Universidade de Lisboa, revelou que “para reduzir o índice de massa gorda nas crianças é necessário incluir a prática de atividade física intensa”.

A avaliação, realizada com acelerómetros em 175 raparigas e 168 rapazes, entre os 10 e os 12 anos, teve como objetivo determinar as associações entre a dose de dispêndio energético de intensidade moderada versus intensidade elevada e a obesidade total e abdominal infantil.

Os investigadores observaram que estes indicadores de obesidade estavam somente associados com a atividade física de intensidade elevada.

As diretrizes da prática da atividade física defendem que as crianças devem praticar pelo menos 60 minutos de atividade moderada por dia e que as intensidades elevadas devem ser incorporadas pelo menos 3 vezes por semana.

Embora ainda não esteja clarificado o contributo da intensidade da atividade física, este estudo vem chamar a atenção para a importância da intensidade elevada com a finalidade das crianças terem um perfil mais saudável de composição corporal.

Tal como sucede com os adultos, as crianças devem ser acompanhadas por especialistas, médicos e profissionais ligados à prática do exercício, de forma a adaptar o esforço às necessidades e capacidades corporais. Mas a prática de exercício é essencial e deve ser incentivada desde os primeiros anos de vida do bebé.

 

 

Melhores resultados escolares? Perde peso!

Abril 28, 2015 às 12:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Notícia do site http://www.sportlife.com.pt  de 16 de abril de 2015.

Estudo: A influência da aptidão cardiorrespiratória e do excesso ponderal no rendimento escolar de alunos do 7º ano de escolaridade

Peso corporal e aptidão cardiorrespiratória influenciam rendimento escolar

Estudantes com melhor aptidão cardiorrespiratória e peso normal têm uma probabilidade 5,5 vezes superior de terem um rendimento escolar mais elevado.

Para se otimizar a aptidão cardiorrespiratória e o peso corporal os jovens devem praticar de forma regular atividades físicas e desportivas na escola, em contextos informais ou contextos mais formais de prática desportiva.

Um estudo desenvolvido pela Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa, revelou que a aptidão cardiorrespiratória e o peso corporal têm um efeito independente e sinérgico no rendimento escolar nas disciplinas de Português, Matemática, Ciências da Natureza e Inglês em alunos do sétimo ano de escolaridade. Paralelamente, alerta para a necessidade de criar mais atividades de exercício físico durante o horário escolar, por forma a aumentar a aptidão cardiorrespiratória e prevenir o excesso de peso dos alunos.

O estudo, cujo objetivo foi investigar a relação entre a aptidão cardiorrespiratória e o excesso ponderal com o rendimento escolar nos alunos do 7º ano, recorrendo a três grupos diferentes de crianças e adolescentes nascidos em três anos diferentes frequentado o 7º ano em três anos sucessivos. Este projeto foi aplicado em catorze escolas públicas portuguesas, e estiveram envolvidos 1531 alunos do 7º ano (787 do sexo masculino e 744 do feminino), com idades variando entre os 12 e os 14 anos.

O estudo observou que estudantes com peso normal tinham um desempenho escolar mais elevado quando comparados com estudantes com excesso de peso e obesos. Alunos com aptidão cardiorrespiratória mais saudável também obtiveram melhor rendimento escolar.

O peso corporal e a aptidão cardiorrespiratória têm um efeito independente e sinérgico no rendimento escolar. De acordo com estes resultados, importa realçar a importância dos jovens praticarem de forma regular atividades físicas e desportivas na escola, em contextos informais ou contextos mais formais de prática desportiva.

Luís B Sardinha, Adilson Marques, Sandra Martins, António Palmeira e Cláudia Minderico Interdisciplinary Center for the Study of Human Performance, Faculty of Human Kinetics, University of Lisbon, Portugal

 

5th ENSEC Conference Social Emotional Learning and Culture – Chamada para Apresentação de comunicações

Março 18, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

 

conference

mais informações:

http://www.fmh.ulisboa.pt/ensec2015/

 

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.