Exposição “Desenhar contra o esquecimento” vítimas do Holocausto menores de idade – até 8 de março na Assembleia da República

Março 1, 2019 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Mais informações no link:

https://www.parlamento.pt/Paginas/2019/fevereiro/Exposicao-Desenhar-contra-o-esquecimento.aspx

 

Das ruas do Brasil e Portugal para a exibição sobre exploração infantil na sede da ONU

Novembro 18, 2018 às 5:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Notícia da ONU News de 13 de novembro de 2018.

Mostra na sede da organização em Nova Iorque retrata realidade de crianças escravizadas; pelo menos 152 milhões de pessoas são vítimas de trabalho infantil no mundo.

Em Nova Iorque, a exposição “Selva de Arte de Rua” leva as pessoas a descobrirem a realidade da escravidão de crianças. São 30 obras de 17 artistas de rua de reconhecimento internacional expostas na entrada de líderes globais para a Assembleia Geral.

Um cartaz no local diz: “bem-vindos à selva de 152 milhões de crianças”. A Organização Internacional do Trabalho, OIT, revela que esse é o número atual de vítimas de trabalho infantil no planeta.

Jornada

O anúncio também convida os visitantes a iniciar uma jornada onde são desvendadas histórias reais de crianças. Os espetadores também são motivados a serem “a mudança que queremos ver no mundo”.

Brasil e Portugal estão na seleção de obras de artistas de rua de 13 países, incluindo Argentina, Canada e Chile. Os brasileiros Bruno Smoky e Binho Ribeiro têm seus trabalhos de pintura expostos

Vítimas

Já a obra do português Victor Ash, conta a história de Melanie Tompson, uma sobrevivente do tráfico. Em entrevista à ONU News, o artista disse que a arte de rua é muito popular e é um instrumento para chamar atenção para histórias que ninguém ouve.

“O que se passa por exemplo com essa história desta menina que foi raptada, aqui em Nova Iorque, quando era muito jovem. Eu penso que quando uma pessoa faz coisas na rua um público grande acaba vendo isso.”

Melanie Tompson esteve presente na abertura da exposição, e contou como foi sequestrada e forçada a se prostituir quando tinha 12 anos.

Agora com 22 anos, ela diz que até hoje sofre os efeitos do que passou, mas que continuará a usar a voz dela para defender as vítimas do tráfico humano em todos os lugares.

Rocky Peter, um outro sobrevivente do tráfico de crianças, contou sua história através da música.  Ele foi escravizado na Nigéria, quando tinha oito anos.

Direitos Fundamentais

As obras expostas chamam a atenção para os direitos fundamentais das crianças de serem livres, brincarem e receberem educação. Através de histórias reais de crianças que foram traficadas e escravizadas, o objetivo é fazer com que visitantes reflitam sobre o ambiente que vivem e os comportamentos de consumo.

Falando à ONU News, o diretor do Escritório da Organização Internacional do Trabalho em Nova Iorque, Vinicius Pinheiro, disse que a exposição mexe o imaginário das pessoas, mobilizando esforços para a erradicação do trabalho infantil.

“Um dos grandes elementos das políticas de combate ao trabalho infantil, é principalmente a questão de você ter políticas de conscientização, isso serve para um CEO de uma empresa, que por exemplo, está andando na rua e vê essa exposição, algum dos murais, e que com isso tem aquele clique e tem a ideia, por exemplo, que será que lá na ponta da cadeia de valor da minha empresa no Vietnam, ou no Brasil, ou na Zâmbia, será que tem uma criança trabalhando?”

A exibição “Selva de Arte de Rua” é uma parceria entre as Missões Permanentes da França, Argentina, Brasil, Canadá e Reino Unido junto às Nações Unidas. A iniciativa envolve ainda a Organização Internacional do Trabalho, OIT, o Fundo da ONU para a Infância, Unicef, o setor privado e várias organizações não-governamentais.

Fundos

As obras compiladas pela ONG sem fins lucrativos “Arte de Rua para a Humanidade” estão à venda. Os fundos serão transferidos para ajudar programas que libertam crianças da escravidão.

Através do aplicativo “Behind the Wal”, ou Atrás da Parede na tradução em português, as pessoas podem saber mais sobre os trabalhos expostos, assim como as histórias das vítimas. A exibição encerra no dia 25 de novembro.

 

Exposição no âmbito do 29º Aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança – de 8 a 30 de novembro, na Casa do Adro em Loures

Novembro 5, 2018 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

mais informações no link:

https://www.cm-loures.pt/Conteudo.aspx?DisplayId=5673

Exposição “Comemorar Maria Cecília Correia” 18 outubro, 18:00 horas, na Biblioteca da Junta de Freguesia da Estrela

Outubro 12, 2018 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Texto de apresentação da Exposição MCC

Exposição Colectiva de Ilustração Infantil, inaugurada no dia 26 de maio, em Loures

Maio 23, 2018 às 3:18 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

 

Na Sala Multiusos do Pavilhão do Parque Adão Barata, em Loures, entre 26 de maio e 30 de junho, estará patente mais uma exposição da Coletiva de Ilustração Infantil, que conta com a participação de vários ilustradores.

Onze ilustradores, de vários locais do país, convidados pela Câmara Municipal de Loures, dão-nos a conhecer o seu trabalho, com uma viagem pelo universo das estórias infantis por eles desenhadas.

Ana Sofia Ambrósio, Dinis Mota, Estela Baptista Costa, Helena Veloso, Isabel Sousa, Joana Souto Mateus, João Concha, Margarida Rodrigues, Patrícia Alves, Paulo Galindro e Tânia Clímaco são os artistas convidados desta mostra de ilustração, cuja entrada é gratuita.

Para mais informações contate através dos telefones 211 150 662/211 150 663 ou pelo endereço eletrónico dc_galerias@cm-loures.pt.

A exposição estará aberta de terça-feira a sábado, entre os períodos 10h00/13h00 e 14h00/18h00, encerrando aos domingos, segundas-feiras e feriados.

Saiba mais AQUI.

Inauguração da Exposição “Bem Me Quer” dia 21 de Abril no Porto

Abril 20, 2018 às 10:02 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

No âmbito do Projeto Hands Up, irá acontecer este mês de Abril, uma Exposição de Ilustrações dinamizada pelo GIS – APDES, alusiva ao tema da Parentalidade.

Esta iniciativa também se insere nos eventos de Abril: Mês de Prevenção de Maus Tratos na Infância.

Aqui fica o nosso convite para si e esperamos poder contar consigo na Inauguração da Exposição “Bem Me Quer”  no dia 21 de Abril pelas 16:30  na Salta Folhinhas –  Livraria Infantil no Porto.

GIS – Gabinete de Intervenção em Saúde

Health Intervention Department

gis@apdes.pt | facebook

Hands UP – Promover a eliminação de Castigos Corporais a Crianças

www.handsupchildren.org

APDES | Agência Piaget para o Desenvolvimento

Arcozelo, Vila Nova de Gaia – Portugal

+351·227·531·106/7| M. +351·962 217 751

website | facebook | linkedin | twitter | youtube

Inauguração exposição “Brinquedo Popular” + Conferência inaugural: “Universo do Brinquedo Popular, um património cultural a preservar…” 6 dezembro no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha em Coimbra

Novembro 24, 2017 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

 

No âmbito da exposição temporária “Brinquedo Popular” (6 dez.´17 a 7 jan.´18) o Serviço Educativo do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha em parceria com o Instituto de Apoio à Criança – IAC, organizam no dia 6 dezembro 2017, pelas 17h30, a conferência “Universo do Brinquedo Popular, um património cultural a preservar…”, a ser proferia pelo Professor Doutor João da Silva Amado.

mais informações:

Exposição

https://www.facebook.com/events/840994626069030/

Conferência

https://www.facebook.com/events/526578614383606/

 

Enid Blyton (1897-1968): 75 anos de Os Cinco – mostra e colóquio na Biblioteca Nacional

Setembro 7, 2017 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

MOSTRA | 24 jul. – 7 out. ’17 | Sala de Referência | Entrada Livre
COLÓQUIO | 3 out. ’17 (hora a anunciar) | Auditório da BNP | Entrada Livre

mais informações no link:

http://www.bnportugal.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=1274%253Amostra-enid-blyton-1897-1968-75-anos-de-os-cinco-jul-data-a-anunciar-7-out-17&catid=168%253A2017&Itemid=1288&lang=pt

Exposição nas montras do Ministério da Educação

Junho 16, 2017 às 10:30 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Na sequência do convite endereçado ao Instituto de Apoio à Criança pela Secretaria-Geral do Ministério da Educação, a Direção do IAC considerou de grande interesse a participação do IAC no programa de dinamização de Montras do Centro de Informação e Relações Públicas (CIREP) do Ministério da Educação para a divulgação de atividades e projetos do IAC de maior significado.

A responsabilidade da organização desta exposição nas Montras do Ministério da Educação foi entregue ao sector IAC-CEDI (Centro de Estudos, Documentação e Informação sobre a Criança). Desta forma, durante todo o mês de junho de 2017 pode ser apreciada a exposição “Instituto de Apoio à Criança” composta por diversos materiais: cartazes, publicações, brinquedos, trabalhos realizados por crianças e outros que representam as atividades de vários sectores do Instituto.

As montras estão situadas nas instalações do Ministério de Educação (CIREP) da Avenida 5 de Outubro, nº 107 em Lisboa.

 

Inauguração da exposição “Bom Apetite! A ciência está na mesa” – 9 de Fevereiro no Pavilhão do Conhecimento às 18.30

Fevereiro 8, 2017 às 1:05 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

bom

mais informações no link:

http://www.pavconhecimento.pt/visite-nos/exposicoes/detalhe.asp?id_obj=4135

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.