Inauguração da exposição “Bom Apetite! A ciência está na mesa” – 9 de Fevereiro no Pavilhão do Conhecimento às 18.30

Fevereiro 8, 2017 às 1:05 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

bom

mais informações no link:

http://www.pavconhecimento.pt/visite-nos/exposicoes/detalhe.asp?id_obj=4135

Crianças em situação de perigo acolhidas na Casa Pia expõem no Centro Cultural Casapiano

Julho 1, 2016 às 1:08 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Notícia do Correio da Manhã de 30 de junho de 2016.

Por Lusa

Uma exposição com obras artísticas desenvolvidas por crianças em situação de perigo, acolhidas na Casa Pia de Lisboa, vai ser inaugurada na sexta-feira, no Centro Cultural Casapiano, integrada nas comemorações do 236.º aniversário da instituição. Estes trabalhos foram desenvolvidos por cerca de 20 crianças e jovens, no âmbito do projeto “Árvore” que integra “a arte e a expressão artística na educação de crianças e jovens institucionalizados, conquistando a sua motivação e entusiasmo”, segundo um comunicado da Casa Pia de Lisboa. Trata-se de um programa de cooperação desenvolvido entre a Casa Pia de Lisboa e a Fundação de Arte Moderna e Contemporânea — Coleção Berardo, o qual “visa desenvolver atividades de continuidade, com as crianças e jovens em acolhimento”.

13524531_1153631117991809_2383525543931373062_n

mais informações:

https://www.facebook.com/Casa-Pia-de-Lisboa-Educa%C3%A7%C3%A3o-e-Forma%C3%A7%C3%A3o-522434531111474/

 

Arte pelos Direitos da Criança – exposição, ciclo de cinema, música – Espaço Bento Martins em Carnide até 3 de junho

Maio 21, 2016 às 4:06 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

13217313_798240350277217_1623122723465721180_o

mais informações:

https://www.facebook.com/ForumDireitosCriancas/?fref=ts

https://www.facebook.com/boutiquedacultura/

AF_brochuraForum

Exposição “Caricaturas de escritores portugueses para a infância” na Biblioteca Municipal de Sesimbra (até 30 de abril)

Abril 18, 2016 às 8:31 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

carica

Biblioteca Municipal de Sesimbra

Avenida da Liberdade, n.º46

2970-635 Sesimbra

tel. 21 228 85 88

biblioteca@cm-sesimbra.pt

http://www.cm-sesimbra.pt/pages/845

inauguração da exposição de ilustração “Os Monstros Moram em Mim”

Setembro 30, 2015 às 9:23 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

12036669_1195967830419203_247470039840407692_n

INAUGURAÇÃO | 2 DE OUTUBRO – 19H00

Inventámos as histórias para encontrarmos respostas para aquilo que não conseguíamos entender. Hoje continuamos a contá-las porque ainda há tanto por perceber. Nelas encontramos uma forma de acalmar as nossas angústias e de explicar os nossos medos. Fazemos deles personagens das nossas histórias, damos-lhes um nome, um rosto e puff!, criamos os nossos monstros. Queremos vê-los desaparecer mas é perto deles que estamos mais seguros. Afinal, os monstros são os nossos limites, a fronteira da nossa humanidade.

Para esta exposição convidámos 15 ilustradores a apresentarem os monstros que moram dentro de si, os monstros que fazem deles humanos. Encará-los talvez seja a melhor forma de os enfrentar e ultrapassar.

Afonso Cruz | Alexandre Esgaio | Andrea Benoliel | Bernardo Carvalho | Braulio Amado | Carlota Flieg | Cláudia Abrantes | Catarina Oliveira | Diana de Oliveira | Joana Quental | Madalena Moniz | Mauro Gonçalves | Tiago Albuquerque | Vasco Gargalo | Yara Kono

mais informações:

https://www.facebook.com/events/1678675872377723/

Rua da Fábrica de Material de Guerra, nº1 1950-128 Lisboa

Autocarros: 728, 718, 755, 781,

(horário – 00h05; 01h05; 02h05; 03h05; 04h05 no sentido Poço do Bispo-Cais Sodré)

GPS: 38.7433703 / -9.1006499

 

Inauguração da Exposição Coletiva de Ilustração – dia 27 de junho, às 17 horas, na Galeria Municipal do Castelo de Pirescouxe

Junho 26, 2015 às 10:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

ilustra

Vai inaugurar, dia 27 de junho, às 17 horas, na Galeria Municipal do Castelo de Pirescouxe, em Santa Iria de Azóia, uma exposição de pintura coletiva de ilustração.

De Eunice Rosado, Inês Carmo, Marta Ribeiro e Yara Kono, esta exposição ficará patente naquele espaço municipal até ao próximo dia 22 de agosto.

Contactos no link:

http://www.cm-loures.pt/Media/Microsite/Cultura/galeria-municipal-do-castelo-de-pirescouxe.html

Exposição O Capuchinho Vermelho nas Línguas da União Europeia

Junho 25, 2015 às 12:28 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

exposição

Esta iniciativa, de entrada livre, decorre de 24 de junho a 3 de julho nas instalações do Espaço Europa, centro de informação europeia do Gabinete do Parlamento Europeu e da Representação da Comissão Europeia em Portugal, no Largo Jean Monnet, n.º 1, R/C, em Lisboa.

A inauguração da exposição realiza-se no dia 24 de junho de 2015, pelas 18h00. A sessão contará com um momento de leitura da obra em várias línguas.

Os funcionários da Direção-Geral da Tradução, da Comissão Europeia, destacados em cada um dos Estados-Membros resolveram reunir este conto nas 24 línguas que atualmente são as línguas oficiais da União Europeia. Trata-se de uma forma de sensibilizar o público não só para a diversidade cultural da Europa mas também para a sua vertente multilingue.

Esta exposição representa um esforço de aproximar a Europa dos seus cidadãos através de um dos seus aspetos mais diferentes: as línguas. Estes livros, tal como o próprio conto em si, têm viajado um pouco por toda a Europa e está previsto que continuem a ser lidos por falantes de cada uma das línguas. Trata-se de uma oportunidade única de ver, tocar e ouvir, num só local, o mesmo conto nas suas diferentes versões e, sobretudo, em línguas mais ou menos diferentes.

Representação da Comissão Europeia em Portugal

 

IAC presente nas montras do Ministério da Educação

Junho 5, 2015 às 1:15 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Na sequência do convite endereçado ao Instituto de Apoio à Criança pela Secretaria-Geral do Ministério da Educação, a Direção do IAC considerou de grande interesse a participação do IAC no programa de dinamização de Montras do Centro de Informação e Relações Públicas (CIREP) do Ministério da Educação para a divulgação de atividades e projetos do IAC de maior significado.

A responsabilidade da organização desta exposição nas Montras do Ministério da Educação foi entregue ao sector IAC-CEDI (Centro de Estudos, Documentação e Informação sobre a Criança). Desta forma, durante todo o mês de junho de 2015 pode ser apreciada a exposição “Instituto de Apoio à Criança” composta por diversos materiais: cartazes, publicações, brinquedos, trabalhos realizados por crianças e outros que representam as atividades de vários sectores do Instituto.

As montras estão situadas nas instalações do Ministério de Educação (CIREP) da Avenida 5 de Outubro, nº 107 em Lisboa.

1 2

Exposição Familiarte – Workshops pequenos com graúdos, Mini Ateliês no Centro Cultural e Congressos Caldas da Rainha

Junho 3, 2015 às 6:02 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

ccc

Exposição patente de 01 a 30 Junho

No mês de Junho o projeto Familiarte (pequenos com graúdos) celebra o seu primeiro aniversário, por esse motivo convidamos todos artistas que colaboraram connosco para uma exposição coletiva onde reunimos alguns exemplares dos trabalhos por si desenvolvidos.

No dia 14 estão todos convidados a celebrar connosco o nosso 1º aniversário. Nesse dia iremos presentear os nossos visitantes com ateliês abertos com alguns dos nossos convidados e algumas surpresas.

mais informações sobre os artistas no link:

http://www.ccc.com.pt/exposicoes/futuras/904-aniversario-do-familiarte-2

 

A estatística não é um bicho e pode ser uma coisa para miúdos

Maio 1, 2015 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Notícia do Público de 23 de abril de 2015.

Daniel Rocha

Cláudia Bancaleiro

Exposição Pordata Viva – o Poder dos Dados abre portas esta quinta-feira e estende-se até ao final do ano.

A estatística não tem que ser um bicho-de-sete-cabeças. Pode ter ritmo, transmitir sensações, emoções e ser dinâmica. Aliás, dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB), a demografia ou economia portuguesa e da União Europeia podem mesmo ser divertidos. É isso que quer mostrar a exposição Pordata Viva – o Poder dos Dados, no Pavilhão do Conhecimento a partir desta quinta-feira, através da interacção com gráficos, ecrãs tácteis, balanças ou um set de DJ. O humorista José Diogo Quintela vai dar uma mãozinha todos os dias.

Sabia que o número de portugueses atingiu o seu máximo em 2010, quando chegou acima dos 10,5 milhões e que desde então a população tem vindo a diminuir? E que há dados estatísticos que comprovam que, ao contrário do que se pensa, Portugal não é um país de doutores e engenheiros e que não há sete mulheres para cada homem? Até Dezembro, parte do primeiro piso do Pavilhão do Conhecimento – Ciência Viva, no Parque da Nações, em Lisboa, vai estar ocupado com estatística. Através de dez módulos interactivos, crianças e adultos são convidados a interagir com dados que representam a realidade do país no tempo e a sua presença na União Europeia.

Numa parceria entre a Pordata (projecto da Fundação Francisco Manuel dos Santos que reúne dados estatísticos sobre municípios, Portugal e a Europa) e o Pavilhão do Conhecimento, a exposição utiliza dados reunidos na base do Pordata a partir de 1960 e até 2013 para saber mais sobre o país e a sociedade portuguesa. Num dos módulos podemos ser convidados a competir enquanto DJ ou dançarinos e fazer corresponder da melhor forma o ritmo da música ao ritmo de dados sobre o número de assinantes de Internet ou medalhas que foram ganhas por atletas nacionais.

No módulo Que país é este?, Portugal estende-se e encolhe, ficando mesmo disforme, para desafiar os visitantes a identificar as zonas do país onde há mais poder de compra, mais jovens com menos de 15 anos ou onde é feita a maior recolha de lixo doméstico por habitante. Algarve pode ser a resposta óbvia para a questão do maior número de residentes estrangeiros mas pode surpreender se a questão for sobre a reciclagem de desperdícios.

Logo ao lado, há uma balança, onde se pode saber o peso que Portugal tem no PIB da Europa. Os países da União Europeia são representados por discos, cada um com o respectivo peso. Por exemplo, colocando a Alemanha de um lado da balança e Portugal do outro, a contribuição para o PIB europeu é obviamente mais pesada do lado dos alemães do que dos portugueses. Aliás, chega-se à conclusão, pondo ou tirando mais discos, que a Portugal tem que ser adicionado o “peso” de Espanha, Polónia e Holanda para ficar lado a lado com o país dirigido por Angela Merkel.

No Desmistificador, os dados da Pordata desconstroem sete mitos sobre o que se pensa ser a realidade portuguesa através de factos. Se por um lado é verdade que há mais mulheres do que homens em Portugal, não é verdade que haja sete para cada homem. Na realidade a média é de dez para cada nove. E apesar de nascerem mais rapazes do que raparigas, a mortalidade é superior entre o sexo masculino. Doutores e engenheiros há muitos? O Desmistificador diz que não. Aliás, tendo em conta a média da União Europeia para o número de licenciados (30,3%), Portugal fica-se pelos 21,2%.

José Diogo Quintela vai estar diariamente na exposição. Não fisicamente mas através de um pequeno filme, onde dá um toque de humor à evolução de indicadores estatísticos desde 1960 e conta que, se por um lado, se chegava à Lua há cinco décadas, em Portugal, nessa altura, mais de metade das casas de banho do país não tinham água canalizada e o banho podia ser um problema.

Há mais cinco módulos para explorar além destes, como a Beleza dos Dados, Flashback Portugal ou Dados em Relevo. Nuno Garoupa, da Fundação Francisco Manuel dos Santos, considera que a exposição vai ajudar à “divulgação da literacia estatística” junto do “público mais jovem e não só”, sem que seja de uma “forma fugaz”. Maria João Valente Rosa, coordenadora do Pordata, espera que este projecto aproxime o público do trabalho desenvolvido pela base de dados estatísticos, que esta quinta-feira celebra cinco anos de existência.

A exposição Pordata Viva – o Poder dos Dados vai estar no Pavilhão do Conhecimento a partir desta quinta-feira e até ao final do ano.

 

 

 

 

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.