Re-Flectere: Apresentação Livro + Exposição Fotográfica – 21 novembro em Lisboa

Novembro 19, 2017 às 6:04 am | Publicado em Divulgação, Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

mais informações:

https://www.facebook.com/events/1898460690416052/

 

 

Inauguração da exposição fotográfica RE-FLECTERE// 26 de Abril, 17h, Centro de Documentação do Edifício Central do Município, no Campo Grande, 25.

Abril 24, 2017 às 9:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Inauguração da exposição fotográfica RE-FLECTERE// 26 de Abril, 17h, Centro de Documentação do Edifício Central do Município, no Campo Grande, 25.

Caso queira estar presente na sessão de inauguração, manifeste o seu interesse enviando um email para 

observatoriopobreza@eapn.pt

Porque os problemas sociais são resultado das nossas escolhas, dos modelos de sociedade que construímos, e porque, por isso mesmo, cabe a todos nós a responsabilidade de os conhecer e procurar resolver, o Observatório de luta contra a Pobreza na cidade de Lisboa, no âmbito do seu 10.º aniversário, promove em parceria com o fotodocumentarista Marcelo Londoño e com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, o projecto RE-FLECTERE.
Com esta narrativa fotográfica procuramos retratar as vulnerabilidades sociais na cidade de Lisboa e os diferentes mecanismos utilizados para as enfrentar e superar, privilegiando a imagem como forma de colocar este tema na ordem do dia, tornando-o mais visível pela promoção do debate e da reflexão com a comunidade em geral, incentivando os cidadãos a desempenhar um papel mais activo na mudança.

https://www.instagram.com/re_flectere/

https://www.facebook.com/Reflectere

 

Autismo: o João é escritor, mas deseja ser médico

Novembro 1, 2016 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Texto do http://p3.publico.pt/ de 21 de outubro de 2016.

sara-correia

O João é autista. Nunca falou, em 19 anos de vida, mas escreve. E bem, segundo a Porto Editora, que editou o seu livro “O Menino de Deus”, que valeu um prefácio de Valter Hugo Mãe. “O João não fala. O João não anda na escola. O João não lê. O João não vê televisão e nunca usou um computador, tablet ou telefone. Mas desde pequeno que começou a escrever em português e noutras línguas. Escreve sobre tudo o que acontece na actualidade, fazendo dissertações sobre o futuro da humanidade, educação, política, relações afectivas e espiritualidade. Ele escreve como se tivesse acesso à informação de uma forma que desconhecemos.” É assim que a autora do projecto “Dá-me a Minha Voz”, Sara Correia, descreve o João, cujo autismo foi diagnosticado quando tinha apenas dois anos. Actualmente, o sonho de João é libertar-se das suas limitações físicas e tornar-se médico holístico. O autismo é um disturbio neurológico que afecta um número crescente de pessoas em todo o mundo. “Compreender o autismo é um desafio que nos obriga a evoluir como seres humanos. Acredito que estas crianças têm dentro delas uma inteligência universal, demasiado grande para caber neste mundo, mas que se impõe para que se renove a esperança num futuro melhor. É preciso entender que a transformação que os autistas estão a provocar nos outros leva a uma evolução que precisa de acontecer nas pessoas, no mundo. O João e todos os outros autistas com quem tenho tido o privilégio de me cruzar, ensinaram-me isto.” A exposição do projecto de Sara Correia inaugurou a 19 de Outubro, no Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural, no Porto.

 

 

A ONU em imagens – 70 anos de História – Exposição de fotografias e cartazes na Galeria Municipal Torreão Nascente da Cordoaria Nacional

Setembro 2, 2015 às 10:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

onu

texto do Facebook da UNRIC Portugal de 19 de agosto de 2015.

Em 2015, a Organização das Nações Unidas (ONU) celebra o 70º aniversário. Para celebrar a ocasião, o Departamento de Informação Pública da ONU e a Fundação Gabarron co-organizaram uma exposição de fotografias e cartazes que chega a Portugal com o título “A ONU em imagens – 70 anos de História”.
A exposição estará aberta ao público de 4 a 27 de setembro, na Galeria Municipal Torreão Nascente da Cordoaria Nacional, em Lisboa, com entrada gratuita, todos os dias, exceto segundas-feiras, no seguinte horário: 10h-13h/14h-18h.
http://goo.gl/ORfSHZ

 

O meu Olhar, os meus Direitos – A perspectiva da Criança sobre a Convenção dos Direitos da Criança – Exposição de Fotografia e mesa redonda no Atmosfera M

Abril 17, 2015 às 3:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

olhar

Inscrição gratuita e obrigatória para  cpcjoriental@cm-porto.pt

Exposição sobre Violência nas Relações de Intimidade no espaço Atmosfera M no Porto

Março 6, 2015 às 1:20 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

13091_374604862722416_6925358445892783531_n

Como sabem, a metodologia deste projeto é particular e inovadora, trabalhando as temáticas ligadas à violência de forma artística. Durante o ano letivo em que trabalhamos com os/as jovens, criamos produtos artísticos na sequência das temáticas que abordamos (Direitos Humanos, Direitos das Mulheres, Violência Doméstica, Violência no Namoro, Bullying, Preconceito, entre outras).

Por forma a sinalizar junto dos/as jovens a Violência no Namoro, foram criadas, com o excelente contributo de fotógrafos/as, várias fotografias que pretendem alertar para o fenómeno da Violência nas Relações de Intimidade nos/as jovens.

Aproveitando que o mês de Março é dedicado às Mulheres, vamos realizar uma exposição entre o dia 7 de Março e o dia 3 de Abril com todos os trabalhos desenvolvidos, e cuja inauguração será próximo dia 7 de Março pelas 16h00 no espaço atmosfera m no Porto, sito na Rua Júlio Dinis, nº 158/160 4050-318 Porto (lugar de garagem gratuito).

Seria uma honra poder contar com a V/ presença nesta inauguração, pelo que solicitamos a V/ confirmação para artways.umar@gmail.com

http://artways.umarfeminismos.org/

https://www.facebook.com/projetoartways

 

 

Iniciativa “Uma Vida Melhor para os Refugiados” Exposição “A coisa mais importante” no CCB 6 de Fevereiro

Fevereiro 3, 2015 às 7:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

acnur

A IKEA Foundation e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), em parceria com a Fundação Centro Cultural de Belém, têm a honra de convidar V. Ex.ª para a apresentação da iniciativa “Uma Vida Melhor para os Refugiados” e inauguração oficial da exposição “A coisa mais importante(The most important thing), de Brian Sokol, no próximo dia 6 de fevereiro, às 11h00, no foyer do Grande Auditório do Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Todos os anos, milhões de crianças e suas famílias são forçadas a fugir das suas casas por causa da guerra, conflitos ou desastres naturais. Estas pessoas encontram segurança e abrigo nos campos de refugiados do ACNUR. Mas a falta de iluminação na maioria dos campos pode ter um efeito devastador na segurança, perspetivas de educação e no rendimento dos refugiados. Queremos apoiar o ACNUR na proteção dos 11,7 milhões de refugiados em todo o mundo, em particular as crianças que representam metade deste valor. Uma ideia brilhante para uma boa causa!

Para além de alertar o público para a problemática dos refugiados, a iniciativa “Uma Vida Melhor para os Refugiados” visa apoiar o ACNUR a providenciar melhores condições de iluminação e segurança nos campos de refugiados, pelo que nas lojas IKEA, entre 1 de fevereiro e 28 de março, por cada lâmpada LED vendida, a IKEA Foundation doa 1€ ao ACNUR para programas de apoio internacional.

A par desta iniciativa, e pela primeira vez em Portugal, é inaugurada uma mostra fotográfica internacional, composta por 15 histórias reais de refugiados retratados no Sudão do Sul, que foram forçados a abandonar as suas casas, trazendo consigo o essencial. Uma exposição que implicitamente confronta o visitante com o dilema “que objeto traria consigo se tivesse de abandonar a sua casa?”.

Sem outro assunto de momento, subscrevemo-nos com os nossos melhores cumprimentos, na esperança de poder contar com a sua presença,

Ana Teresa Fernandes

Diretora de Comunicação e Sustentabilidade

IKEA Portugal

Para mais informações e confirmação de presença:

Inforpress | 21 324 0227

Olga Neves | 96 346 12 94 oneves@inforpress.com)

 

Exposição + Workshop + Mostra de Fotografia na Casa da Juventude de Odivelas

Janeiro 8, 2015 às 4:52 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

odivelas

https://www.facebook.com/Casajuventudeodivelas?fref=nf

Casa Museu Bissaya Barreto promove exposição “Sorrisos de Criança: na obra social de Bissaya Barreto”

Dezembro 2, 2014 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

sorrisos

texto do site http://www.fbb.pt  de 20 de novembro de 2014.

“Sorrisos de Criança: na obra social de Bissaya Barreto” é uma exposição documental e fotográfica que abre ao público no dia 20 de Novembro, data comemorativa do 25.º aniversário da adopção da Convenção sobre os Direitos da Criança pela ONU. A mostra expõe retratos de crianças que frequentaram diversas instituições de assistência e educação infantil criadas por Bissaya Barreto e materiais lúdicos e pedagógicos que são espólio das conhecidas Casas da Criança. Sorrisos de crianças, de hoje e de ontem, para ver na Casa Museu Bissaya Barreto, até dia 19 de Dezembro.

Bissaya Barreto e a Defesa dos Direitos das Crianças

Passaram 83 anos sobre a criação do Centro de Protecção e Defesa da Criança, localizado na Praça da República, e do seu Ninho dos Pequenitos, instituição com que Bissaya Barreto abriria caminho à construção de um conjunto vasto de outros estabelecimentos destinados à criança (Casas da Criança, Colónias de Férias, Preventórios, Institutos de educação especial para surdos e invisuais, entre outros). A posterior construção do Complexo Materno Infantil, na Quinta da Rainha, fez nascer um conjunto ímpar de estabelecimentos e serviços integrados no campo da assistência e educação infantil (um centro de puericultura, uma maternidade com consultas externas de obstetrícia e pediatria, uma creche, um parque infantil, o ninho dos pequenitos).

Numa das fachadas do edifício da Maternidade, inaugurada em 1963, Bissaya Barreto fez exibir os Direitos da Criança, em painel de azulejos, trabalho que encomendou à Fábrica Aleluia, em 1958. Mas já em 1946, um texto com os Direitos da Criança fora por si mandado pintar numa das paredes do edifício do Instituto Maternal, à Sé Velha.

Será em 1959 que a Declaração dos Direitos da Criança é adotada por unanimidade na Assembleia Geral das Nações Unidas a 20 de Novembro, mas o texto não é ainda de cumprimento obrigatório para os Estados-membros. Em 1989 é finalmente adotada por unanimidade a Convenção sobre os Direitos da Criança pela Assembleia Geral da ONU e aberta à subscrição e ratificação pelos Estados. Até hoje, foi ratificado pela quase totalidade dos Estados do mundo (192). Portugal ratificou a Convenção em 21 de Setembro de 1990.

 

Exposição internacional “Too Young to Wed/ Novas Demais para Casar”chega a Portugal

Setembro 8, 2014 às 2:03 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

texto do site da Oikos de 29 de agosto de 2014.

novas

Too Young to Wed /Novas Demais para Casar” – é uma exposição sobre os casamentos infantis, precoces e forçados que põem em causa os Direitos Humanos de milhões de crianças em todo o mundo. Pretende contribuir para o aumento da consciencialização sobre o tema, apoiar as raparigas já casadas, desencorajar e eliminar esta prática e salvar cerca de 142 milhões de outras raparigas de igual destino. Chega a Portugal no âmbito da campanha “Continuamos à Espera” e estará aberta ao público de 1 a 15 de setembro, em Lisboa.

Em muitas sociedades o casamento é uma celebração que significa a união entre dois adultos. Mas infelizmente, diariamente, 39.000 meninas, em idade de brincar e ir à escola, são forçadas a casar. Muitas noivas são tão pequenas ainda que levam os seus brinquedos para a cerimónia de casamento. Geralmente essas meninas tornam-se mães no início da adolescência, enquanto elas próprias ainda são crianças. Isto pode resultar em profundas consequências negativas para as meninas, para as suas famílias e para toda a comunidade.

Esta exposição internacional é fruto de parceria entre o Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA) e a Agência Premier Photo VII, integrando trabalhos das fotógrafas Stephanie Sinclair e Jessica Dimmock com diversas fotos e infografias organizadas em cinco áreas temáticas: expectativas da comunidade, viagens, saúde materna, violência e saúde mental, esperança e educação.

Depois de inaugurada na sede da ONU, em Nova Iorque, e passar por várias capitais e países, chega a Portugal no âmbito da campanha “Continuamos à Espera”, da iniciativa de quatro organizações portuguesas: P&D Factor – Associação para a Cooperação e Desenvolvimento, CCC- Associação Corações com Coroa, AJPAS – Associação de Intervenção Comunitária, Desenvolvimento Social e Saúde e Oikos – Cooperação e Desenvolvimento; em parceria com o Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, IP e apoio da Caixa Geral de Depósitos.

A apresentação oficial da Exposição será no próximo dia 10 de Setembro pelas 16h30 no local da exposição e contará com as presenças do Secretário de Estado da Cooperação e Negócios Estrangeiros (Luís Campos Ferreira), do UNFPA (Alanna Armitage), da Presidente da P&D Factor (Graça Campino Poças), da Presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. (Ana Paula Laborinho), dos dirigentes das demais ONG parceiras da Campanha “Continuamos à Espera” –  Presidente da Corações Com Coroa e Embaixadora de Boa Vontade do UNFPA (Catarina Furtado), Presidente da AJPAS (António Carlos Silva), da Oikos (Pedro Krupenski), entre outras entidades e personalidades.

“Too Young to Wed” – Novas demais para casar – estará aberta ao público entre 1 a 15 de setembro, das 9h00 às 19h00 no átrio central do edifício sede da Caixa Geral de Depósitos, na Avenida João XXI em Lisboa (a entrada pode ser feita também pela Culturgest, Rua do Arco Cego).

Entrada livre.

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.