Atividade escolar realizada pelos alunos da EB1 JI do Pinhal do General no âmbito da Iniciativa de Celebração do Dia 25 de Maio (Dia Internacional das Crianças Desaparecidas) “A Àrvore da Esperança”

Junho 3, 2014 às 12:15 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

escola

Atividade realizada pelos alunos do 1º ciclo da EB1 JI do Pinhal do General – Agrupamento de Escolas da Boa Água (Quinta do Conde Sesimbra) no âmbito da Iniciativa de Celebração do Dia 25 de Maio (Dia Internacional das Crianças Desaparecidas) “A Àrvore da Esperança”.

Em Portugal assinalou-se pela primeira vez em 25 de maio de 2004 o dia Internacional da Criança Desaparecida, por iniciativa do IAC (Instituto de Apoio à Criança).

Esta data vem sendo assinalada em diversos países europeus.

A Federação Europeia das Crianças Desaparecidas e Exploradas Sexualmente (MCE) criada em 2001 e que o IAC integra desde a sua fundação, todos os anos assinala o dia 25 de maio, recomendando iniciativas às ONG nacionais.

Este ano, indo ao encontro da iniciativa de alguns parceiros, vimos propor às escolas de 1º ciclo que decorem uma árvore, evocando as crianças desaparecidas e o dia 25 de maio. A árvore deverá ter um cartaz ou algo que identifique o número europeu gratuito para as crianças desaparecidas, o 116 000 e será decorada ao gosto da escola, com fitas, laços, símbolos que apelem à esperança e à lembrança.

no âmbito da Iniciativa de Celebração do Dia 25 de Maio (Dia Internacional das Crianças Desaparecidas) “A Àrvore da Esperança”.

Em Portugal assinalou-se pela primeira vez em 25 de maio de 2004 o dia Internacional da Criança Desaparecida, por iniciativa do IAC (Instituto de Apoio à Criança).

Esta data vem sendo assinalada em diversos países europeus.

A Federação Europeia das Crianças Desaparecidas e Exploradas Sexualmente (MCE) criada em 2001 e que o IAC integra desde a sua fundação, todos os anos assinala o dia 25 de maio, recomendando iniciativas às ONG nacionais.

Este ano, indo ao encontro da iniciativa de alguns parceiros, vimos propor às escolas de 1º ciclo que decorem uma árvore, evocando as crianças desaparecidas e o dia 25 de maio. A árvore deverá ter um cartaz ou algo que identifique o número europeu gratuito para as crianças desaparecidas, o 116 000 e será decorada ao gosto da escola, com fitas, laços, símbolos que apelem à esperança e à lembrança.

 


Entries e comentários feeds.