Lançamento da 2ª Edição do Projeto Selo Saudável | Apresentação do Livro de receitas “Natal Saudável com Zero Desperdicio” 18 dezembro em Lisboa

Dezembro 18, 2017 às 9:00 am | Publicado em Divulgação, Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

mais informações no link:

http://nutrimento.pt/noticias/apresentacao-do-livro-natal-saudavel-com-zero-desperdicio-e-lancamento-da-2-a-edicao-do-projeto-selo-saudavel/

23ª Competição Internacional de Desenho para Crianças sobre Ambiente

Janeiro 5, 2014 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

1459245_546998338716189_2064432263_n

Texto da  UNRIC Portugal

Relembramos que o Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA) convida todas as crianças, entre os 6 e os 14 anos, a submeter um trabalho de arte sobre “Desperdício Alimentar” no âmbito da 23ª Competição Internacional de Desenho para Crianças sobre Ambiente. O prazo de submissão estende-se até 15 de Março de 2014 e os participantes de Portugal deverão submeter o seu desenho junto do Escritório Regional do PNUA para a Europa, em Genebra.

Saiba mais detalhes: http://goo.gl/b9irOU – e veja os desenhos da edição anterior em http://goo.gl/N0Olsb.

mais informações:

http://www.unep.org/roap/Portals/96/23rd_ICPC_Eng.pdf

Acabar com o Desperdício Alimentar

Novembro 12, 2010 às 7:00 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Link de Acesso à Petição Desperdício Alimentar Aqui Página no Facebook

Todos os dias incontáveis refeições completas são deitadas fora nos refeitórios das empresas ( para não falar em supermercados, restaurantes, etc ).
Ao mesmo tempo – e com tendência para piorar -, muitos portugueses têm fome..! Mas uma Norma Europeia de 2002, a isso obriga. Essa lei terá sido criada com boas intenções mas, perdeu de vista o mundo real.
Não deveria ser possível escrever-se numa mesma frase, Lei de Saúde Pública – Desperdício Alimentar – Portugueses com Fome.

A partir daqui podem-se tomar duas atitudes:

1ª – “Pois é, é a lei; olha que maçada mas, não se pode fazer nada”.
Só que ao fazerem-se leis super rígidas e politicamente correctas no tampo da secretária, ninguém se lembrou de consequências possíveis como esta.

ou então

2ª – Alterar-se/adaptar-se a lei ( feita por homens e para os homens ), de modo a permitir que todo esse alimento em perfeitas condições, seja verificado, acondicionado, transportado e distribuído a quem precisa.
Esta é a única opção decente e civilizada; não nos podemos render à burocracia e à falta de humanidade. Temos de reagir.
Temos de ser mais exigentes connosco próprios enquanto cidadãos e com quem nos representa e governa.

Vantagens na alteração da Lei :

1ª Social – Esta não precisa de grandes floreados nem considerações, pois pode eliminar de alguma forma, com a fome que assola muitos portugueses., dando-lhes alento e esperança num melhor futuro, especialmente nesta fase de descrença.

2ª Económica – Ao aproveitar as incontáveis refeições que sobram todos os dias, as várias associações ( estatais ou não ) poupam muitos recursos financeiros, que poderão ser utilizados para outros fins.
Um desses fins, poderá ser empregue no uso de carrinhas preparadas para o transporte dos alimentos e para os técnicos que verificarão a necessária qualidade desses alimentos.

3ª Exemplo Cívico – Será um excelente exemplo cívico ( algo que faz muita falta ! ), dado aos cidadãos deste País e uma boa publicidade que Portugal passará para o Estrangeiro.
Além disso, quem contribuir para o êxito desta operação, sentir-se-á muito recompensado pela acção tomada.
E voltará alguma confiança e esperança por parte dos portugueses, em quem os representa e governa.

Posto isto, foi criada uma Petição Pública chamada Desperdício Alimentar e gostaria que a lesse, caso concorde assine e a divulgue, com toda a alma lusa.

Porque desperdício alimentar é… desperdício a lamentar..!


Entries e comentários feeds.