Direitos das Crianças: Primeiro «currículo» que a escola deve dar é «eu estou cá para ti» – Helena Barreto

Dezembro 3, 2018 às 6:00 am | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Agência Ecclesia

Notícia e imagem da Agência da Ecclesia de 20 de novembro de 2018.

Professora alerta para a situação de muitos meninos e meninas que hoje ainda vivem privadas dos direitos mais básicos.

Lisboa, 20 nov 2018 (Ecclesia) – A professora Helena Barreto, que tem dedicado vários projetos ao estudo da integração social de crianças, destaca a importância de as escolas privilegiarem mais a parte afetiva da relação, sobretudo quando estão em causa alunos de contextos mais desfavorecidos.

Em entrevista à Agência ECCLESIA, no âmbito do Dia Internacional dos Direitos das Crianças, que se assinala hoje, a docente sublinha que o primeiro “currículo” que os professores devem trabalhar com as crianças é “eu estou cá para ti, eu acredito em ti, tu és capaz”.

Helena Barreto realça ainda que apesar de a Declaração dos Direitos das Crianças ter sido proclamada a 20 de novembro de 1959, e a Convenção dos Direitos da Criança ter sido adotada em 1989, ainda existem hoje “muitas crianças” que “nem sabem da existência dos direitos”.

Meninos e meninas que estão “entregues a elas próprias, que crescem sozinhas, sem ajuda, sem o direito muitas vezes a dizer mãe e pai”.

“Eu tenho-me deparado com situações tão especiais que às vezes me levam a refletir sobre se estas crianças estão mesmo a usufruir dos direitos básicos, como o direito à educação, a aprender, o direito a brincar, acima de tudo o direito à liberdade”, assinala a professora, que defende um maior cuidado do sistema educativo a estas questões.

Para que os docentes, antes de entrarem na parte curricular propriamente dita, tenham tempo para perceber a realidade de cada criança que têm à sua frente, os seus problemas e dificuldades, a sua história, e sobretudo transmitir-lhes o “afeto” de que precisam, para que elas saibam que “têm direito” a isso.

“Eu como professora que tenho que cumprir currículo também, todos os anos faço esta reflexão e deparo-me com esta questão”, admite Helena Barreto, para quem “não há educação sem afeto”.

“Quando integro uma turma, independentemente do tempo que ficar por lá, a minha preocupação é olhar para a criança e caminhar com ela”, acrescentou.

A Convenção sobre os Direitos da Criança foi adotada há 26 anos, no dia 20 de novembro, e para comemorar esta data a UNICEF criou o Dia Internacional dos Direitos da Criança, repleto de ações solidárias, com vista a contribuir para o respeito dos direitos de todas as crianças, em todo o mundo.

“Muitas vezes as crianças procuram na escola a afetividade que não existe em casa”, lamenta a professora Helena Barreto.

A entrevista à docente, no âmbito do Dia Internacional dos Direitos da Criança que se assinala esta terça-feira, pode ser acompanhada esta tarde, a partir das 15h00, no Programa ECCLESIA na RTP2.

JCP

https://www.youtube.com/watch?v=lxWgO0u3Ky8

 

 

Mafalda, 50 anos preocupada com o estado do Mundo

Outubro 8, 2014 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

vídeo reportagem da Euronews de 16 de setembro de 2014.

ver  a reportagem vídeo aqui

Rebelde e inconformista, a pequena Mafalda cumpre este mês 50 anos.

A Argentina celebra a sua mais famosa personagem de banda desenhada que, ao questionar durante décadas o estado atual do Mundo, ganhou popularidade tanto na América Latina como na Europa.

Em Buenos Aires, foi inaugurada uma exposição na presença do historiador gráfico e “pai” de Mafalda, Joaquín Salvador Lavado – mais conhecido com “Quino”.

O autor explica que “os problemas [do mundo] foram algo que sempre teve impacto em mim. As crianças hoje em dia estão tão informadas sobre tudo o que acontece no mundo. Quando era criança, não tinha ideia de quem eram pessoas como, por exemplo, o Papa. Hoje em dia, as crianças sabem tudo”.

Quino foi laureado, este ano em Espanha, com o prémio Príncipe das Astúrias da Comunicação e Humanidades.

Feroz defensora dos Direitos Humanos, Mafalda foi, em 1976, o “rosto” da Declaração Universal dos Direitos da Criança da UNICEF.

Copyright © 2014 euronews

mafalda3

Educar para a Cidadania: Os Direitos da Criança – Vamos tecer uma rede de afetos?

Maio 6, 2014 às 12:00 pm | Publicado em CEDI, Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

1 2 3

As turmas do 3º ano da EB do Alto do Moinho e da EB Qtªda Cabouca têm participado nas sessões Educar para a Cidadania: Os Direitos da Criança – Vamos tecer uma rede de afetos? promovidas pelo Instituto de Apoio à Criança em articulação com a Biblioteca Escolar e dinamizadas pela prof.ª Cláudia Outeiro do IAC.

Pretende-se com estas ações projetar infâncias conhecedoras dos seus Direitos e Deveres, para que se possam apropriar deles à luz dos seus contextos de vida e dar a conhecer a Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Durante as duas sessões realizadas com cada turma, são desenvolvidas atividades, que permitem aos  alunos conhecer, de uma forma lúdica,  os Direitos das Crianças; compreender a importância de proteger e ser protegido; perceber a identidade individual, promovendo o respeito pelas diferenças individuais; distinguir o que é essencial existir numa casa para se viver/sobreviver com dignidade; sentir  as dificuldades de uma criança deficiente; aprender a valorizar a importância da família e o respeito entre os seus membros; reconhecer a importância da escola na construção da pessoa e compreender por que razão algumas crianças não vão à escola; estimular a vontade de ajudar quem precisa; compreender que todas as crianças têm os mesmos direitos e por último, fomentar a cooperação/solidariedade entre as pessoas.

Para além destas atividades, os alunos puderam visitar a exposição do IAC “Crianças no Mundo – com Direitos”, a qual esteve patente na EB1 Alto dos Moinhos, durante o mês de fevereiro. Assim, desde o pré-Escolar ao 4º ano, foram realizadas diversas atividades à volta da exposição o que permitiu um maior conhecimento sobre como vivem milhares de crianças nos cinco continentes e de que forma os seus direitos são ou não cumpridos.

VÍDEO EXPOSIÇÃO CRIANÇAS NO MUNDO-COM DIREITOS

VÍDEO DAS ATIVIDADES

 

Concursos “Artistas Digitais” e “Cineast@s Digitais”

Janeiro 6, 2013 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

cineastas

artistas

Texto do Portal das Escolas de 14 de Dezembro de 2012.

Estão abertas até 28 de junho de 2013 as inscrições para nova edição dos concursos “Artistas Digitais” e “Cineast@s Digitais”, promovidos pelo Centro de Competência TIC Entre Mar e Serra. Ambas as iniciativas pretendem incentivar a criatividade e promover a utilização das TIC em contexto escolar. A XII edição do concurso “Artistas Digitais” destina-se a alunos da Educação Pré-Escolar e do 1.º ciclo do Ensino Básico; o VI Concurso “Cineast@s Digitais” é dirigido a alunos do 3.º ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário e Profissional das escolas portuguesas públicas e privadas.

As iniciativas são implementadas no âmbito de uma parceria com a Secretaria de Estado do Desporto e da Juventude (SEDJ) / Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a Secretaria de Estado do Ensino Básico e Secundário (SEEBS).

Entre os temas escolhidos para este ano figuram os princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança e o Ano Internacional da Cooperação pela Água.

– Cineastas Digitais é um concurso de vídeo digital que engloba três categorias, cada uma dedicada a um tema:
Opção A – VídeoCurtas (tema livre);
Opção B – VídeoNarrativas (Declaração Universal dos Direitos do Homem);
Opção C – NanoVídeo (Ano Internacional da Cooperação pela Água).

– Artistas Digitais – nesta XII edição do concurso, os alunos são desafiados a elaborar um desenho sobre um ou mais princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança ou, em alternativa, a representação de um direito não especificado na declaração mas que as crianças considerem que deveria estar.

Os trabalhos dos alunos da Educação Pré-Escolar têm uma categoria própria e prémios específicos, não competindo, portanto, com os trabalhos de alunos que já estão no 1.º ciclo do Ensino Básico.

Para mais informações, consultar o sítio cineastas digitais e o sítio artistas digitais.

 

Concerto Narrado Comemoração do Aniversário da Declaração Universal dos Direitos da Criança

Novembro 16, 2012 às 4:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Mais informações Aqui


Entries e comentários feeds.