Dia Mundial da Música na Casa da Música – 1 de Outubro

Setembro 30, 2013 às 3:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

casa

Mais informações Aqui ou Aqui

Quase Nada – Espectáculo bilingue (língua gestual portuguesa e língua portuguesa) na Casa da Música

Abril 1, 2012 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Casa da Música

 Terça | 3 Abril 2012
21:00, Sala 2
Quase Nada [Concertos para Todos]

As palavras de Eugénio de Andrade são interpretadas por corpos surdos, mas vibrantes e cheios de som, que enchem o espaço com o movimento, explorando a palavra em coreografias do gesto. Teatro, música, dança e poesia fundem-se em Quase Nada, espectáculo que promove uma intensa troca corporal, e onde vírgulas, tempos verbais, sentimentos e intenções são tocados num orgânico teclado de notas que vibram para além do rosto e se estendem ao corpo todo.
Apresentado pelo Grupo de Teatro de Surdos do Porto, Quase Nada é uma co-produção da PELE – Espaço de Contacto Social e Cultural, da Associação de Surdos do Porto e do Serviço Educativo da Casa da Música. Unidas num projecto com diferentes linguagens artísticas, as três instituições procuram estabelecer o diálogo através do teatro enquanto linguagem universal e, deste modo, contribuir para a inclusão de uma comunidade com pouco acesso à realização artística.

João Pedro Correia direcção artística
António Serginho direcção musical
Grupo de Teatro de Surdos do Porto interpretação

Co-Produção: Serviço Educativo da Casa da Música, Associação PELE e Associação de Surdos do Porto

Público Geral
Terça 3 + Quarta 4 Abr, 21:00

Sala 2

€ 5

ZIGUIZÁ ZIGUIZÚ – Concerto para Bebés

Janeiro 20, 2011 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

CASA DA MÚSICA

Avenida da Boavista, 604-610 – Porto
Tel: 220 120 200

Domingo | 23 Janeiro 2011
11:30,15:00,  Sala 2
“Ziguizá Ziguizú [Primeiros Concertos] Poderemos chamar Ziguizá, ou Ziguizú, ao personagem fictício que aqui dita as regras. Cata-vento, brincalhão e excelente companheiro de viagem, ele leva os pequenos ouvintes em voltas ao mundo que trazem à Casa sonoridades longínquas. Numa colorida aventura que ziguezagueia pelos continentes, ao encontro de músicas e ritmos tradicionais de várias regiões, canta-se, toca-se e aplaude-se com o sorriso teimoso no rosto. Num momento ouve-se uma canção típica de um país, no outro – e ziguizá ziguizú… – aterra-se noutra paisagem para acordar novos sons e com eles embalar a festa.”


Entries e comentários feeds.