Recomendações FABE quanto à utilização da rede social virtual Facebook nas bibliotecas escolares

Novembro 19, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Texto publicado no Linkedin de Filipa Marinho a 29 de outubro de 2014.

FABE – Facebook Aplicado às Bibliotecas Escolares https://www.facebook.com/pages/FABE/366878830063452?fref=ts

Recomendação #1:

A identificação das bibliotecas escolares no FB não é, muitas das vezes, clara; os nomes dos perfis/páginas não esclarecem devidamente quanto à sua tipologia, localização geográfica e, em alguns casos, são encontrados perfis/páginas de BE com o mesmo nome (por exemplo, “Biblioteca Escolar”), facto que dificulta a sua identificação inequívoca. A sugestão que aqui apresentamos resolveria todas estas situações:

Be de tipologia EB1: BE-1 NOME DA ESCOLA (CONCELHO – DISTRITO)

BE de tipologia EB2/3: BE-2/3 NOME DA ESCOLA (CONCELHO – DISTRITO)

BE Secundárias: BE-S NOME DA ESCOLA (CONCELHO – DISTRITO)

BE de Agrupamentos: BE-A NOME DO AGRUPAMENTO (CONCELHO – DISTRITO)

BE de tipologia EBI: BE-I NOME DA ESCOLA (CONCELHO – DISTRITO)

Recomendação #2: Os elementos de identificação e contacto são o bilhete de identidade de qualquer instituição. Por esse motivo, é recomendável que elementos como a morada, telefone e e-mail sejam contemplados na secção “sobre” do FB, assim como indicação do sítio web e blog, quando aplicável. Nesta secção, recomendamos também que se inclua o nome do(a) responsável pela BE e dos elementos da sua equipa.

Recomendação #3: Como em qualquer outra situação de “exposição pública”, a imagem é um elemento relevante, pelo que recomendamos a criação de um logótipo personalizado. Na impossibilidade de recorrer aos serviços de um designer, poder-se-á optar, por exemplo, por implicar alunos e professores na criação do logótipo, como atividade e desafio proposto pela BE.

safe_image.php

Recomendação #4: Criação de Página: o FB não permite a criação de perfis institucionais, embora existam muitas bibliotecas que optaram por criar um perfil pessoal para representar a biblioteca. O ideal é criar uma conta com um Perfil de Administrador e, a partir dessa conta, criar e administrar uma Página, cujas principais vantagens se enumeram de seguida:

a) As Páginas têm praticamente as mesmas características que os Perfis, no que toca à difusão de informação;

b) Não é necessário solicitar ou aceitar “pedidos de amizade”, uma vez que os utilizadores do FB podem, livremente, “gostar” de uma determinada Página, não havendo limite de fãs;

c) As Páginas providenciam estatísticas para ajudar os administradores a compreender como as pessoas estão a interagir com a mesma, pois a melhor forma de fazer com que o público interaja com o conteúdo partilhado numa Página, é conhecer os seus interesses e agir em conformidade;

d) As informações e publicações de uma Página são públicas por defeito tendo, por esse motivo, maior alcance;

e) Os administradores da Página podem também publicar no Perfil de Administrador;

f) As Páginas podem ter mais do que um administrador e de vários tipos.

3899170

Recomendação #5 Não permitir publicações dos fãs no mural da Página; não obstante o FB ser uma rede social virtual e, por isso mesmo, ter a interação como característica principal, permitir que os fãs publiquem no mural da Página cria algum “ruído informacional” que pode ser evitado. Assim, a nossa recomendação é no sentido de não permitir publicações de terceiros no mural da Página, mas permitir todas as outras formas de interação disponibilizadas pelo FB (chat, mensagens e comentários).

Recomendação #6 Utilizar aplicações na Página: é possível incorporar, na Página do FB, o sítio web da biblioteca ou da escola correspondente, o blog, o catálogo em linha ou outras ligações da Internet. Existem várias aplicações para o efeito, de entre as quais destacamos o IFrame Apps, por ser de fácil utilização.

09e2e2c

Recomendação #7 Privacidade: cada vez mais as redes sociais virtuais estão atentas a esta questão. Não esquecer que muitas das publicações das BE referem-se às suas atividades, nas quais estão envolvidos terceiros (alunos, professores, pais…), pelo que atender e respeitar a política de privacidade é um dever ético. Para configurar as opções de privacidade nas Páginas, no menu do painel de administração, clicar em “editar página” e depois em “editar definições”. Aparecerá a página onde podemos configurar vários elementos, dos quais salientamos os seguintes:

1) No caso das fotografias, não permitir que outros utilizadores possam identificar as pessoas envolvidas. Assim, na opção “capacidade de identificação”, NÃO marcar a caixa de verificação;

2) Nas Páginas, as publicações são “públicas” por defeito, pelo que sugerimos que marquem a opção “limites de privacidade da publicação”; desta forma, podemos escolher quem irá ver as nossas publicações;

3) A fim de termos o controlo dos comentários ou publicações de terceiros na nossa Página, no que diz respeito ao conteúdo, utilizar a opção “moderação da página” para impedirmos, por exemplo, assuntos mesnos próprios;

4) No seguimento do ponto anterior podemos, ainda, aplicar um filtro para palavras impróprias. Para isso, na opção “filtro de palavras de baixo calão”, escolher “forte”;

5) No perfil de administrador, ter atenção aos amigos que se adicionam ou aceitam.

1c35d19

Recomendação #8 Manter a Página ativa: ter uma Página estática e sem “entusiasmo” não atrai utilizadores. Partilhar ligações de outras Páginas, comentar, atualizar o estado, fazer “perguntas”, criar eventos…enriquecerá a Página. Deixamos algumas ideias: 1) Publicar fotografias (capas de livros e DVD’s, fotografias dos diferentes espaços da BE ou de atividades realizadas);

2) Novidades bibliográficas (fazer acompanhar a referência bibliográfica da imagem da capa do documento, torna a publicação mais apelativa);

3) Criar eventos (não esquecer convidar os fãs);

4) Partilhar lembretes e alertas (sobre os serviços, atividades, horário…);

5) Partilhar situações engraçadas ou publicar estatísticas interessantes (por exemplo, o livros mais requisitado da semana ou o aluno que mais livros requisitou no último mês – neste caso, com autorização deste).

Recomendação #9 Fazer perguntas! Nas Páginas, em Eventos e em Grupos do FB é possível fazer-se perguntas para realizar sondagens e receber recomendações (opção indisponível nos Perfis). Esta funcionalidade, além de ser simples e fácil na sua utilização, permite que a BE conheça a opinião dos seus fãs, de modo a otimizar os seus serviços: pedir sugestões sobre que livros comprar, eventos que gostariam que a BE realizasse, o que estão a ler ou a estudar, são alguns exemplos.

33f3a5b

Recomendação #10 O Fcebook permite que se importe a atividade de outras redes sociais virtuais e marcadores sociais, pelo que se tivermos conta no Delicious, Flickr, Youtube, Twitter, entre outras, podemos faciulmente partilhar essa atividade na nossa Página.

Filipa Marinho

 

 

Encontro Dormir + para Ler melhor na Biblioteca José Saramago em Loures

Março 12, 2014 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

encontro

Realiza-se no próximo dia 18 de março, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures, uma sessão informativa sobre “Dormir + para Ler melhor em Loures”, onde se destacará a importância do sono ao longo da vida e a relação que pode existir entre saúde e leitura.

Esta sessão, feita em parceria com a Unidade de Cuidados na Comunidade de Loures e com a Coordenação Interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, é dirigida a todos os interessados no tema, mas tem como público-alvo professores, técnicos de saúde, pais e alunos.
Pretende, em consonância com o projeto Sono Escolas e o Plano Nacional de Leitura, sensibilizar os pais e os profissionais envolvidos para a problemática do sono, tendo presente que dormir bem é essencial para a capacidade de concentração, para se Ler+ e se compreender melhor aquilo que se lê.

A participação está sujeita a inscrição prévia, até 14 de março, condicionada à capacidade do espaço onde decorrerá o encontro.

Para mais informações, aceda aqui ao folheto da iniciativa, que inclui o programa detalhado e a ficha de inscrição.
Biblioteca Municipal José Saramago
Rua 4 de Outubro, nº 19 | 2670-466 LOURES
Telefone: 211 151 262 / 264
E-mail: bmjs@cmloures.pt

Projeto SOBE – Saúde Oral, Bibliotecas Escolares

Março 3, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

sobe

mais informações aqui

Seminário Tecnologias Digitais nas Bibliotecas Escolares

Janeiro 26, 2014 às 3:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

tic

mais informações aqui

Projeto Amostras para Ler+

Janeiro 4, 2014 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

amostras

O projeto Amostras para ler+, resultante de uma iniciativa conjunta da Rede de Bibliotecas Escolares e do Plano Nacional de Leitura, tem por finalidade promover a leitura pessoal e autónoma nas escolas.

O contacto com o livro e a prática continuada da leitura desde a infância são determinantes na ativação dos circuitos neuronais, indispensáveis à aprendizagem e à formação de leitores competentes.

Embora a leitura induzida pelo trabalho escolar seja muito importante, não se revela suficiente para que cada pessoa venha a atingir um elevado nível de literacia, sendo essencial que os docentes estimulem sistematicamente a leitura pessoal e autónoma.

Para concretizar este objetivo, é preciso dar oportunidade aos alunos de contactarem com a maior diversidade possível de obras, por forma a que cada um possa encontrar nos livros motivos de interesse e envolvimento, capazes de irem forjando o seu percurso individual enquanto leitores.

O projeto Amostras para ler+ procura responder a esta problemática, tendo como principais objetivos:

  • Criar  momentos, na sala de aula, especificamente destinados a apoiar os alunos na escolha livre de obras para leitura pessoal e autónoma;
  • Incentivar a frequência da biblioteca escolar pelos alunos, bem como a requisição de livros e a multiplicação de experiências de leitura.

Descarregar projeto:

http://www.rbe.min-edu.pt/np4/1112.html

ETerna Biblioteca – 11º Encontro de Professores e Educadores do Concelho de Sintra sobre Bibliotecas Escolares

Setembro 5, 2013 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

eterna

Mais informações Aqui ou Aqui

III Encontro Formar Crianças Leitoras : Bibliotecas Escolares, Leitura e Currículo

Março 22, 2013 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

iii

Mais informações Aqui

I Encontro Rede de Bibliotecas de Bragança – Bibliotecas em Rede : Inovação, Acesso e Inclusão Social

Março 1, 2013 às 10:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

rede

Mais informações Aqui

Inscrições até ao dia 5 de Março

A biblioteca apresenta – Divulgação das Bibliotecas Escolares no Portal da RBE através de Vídeos

Janeiro 15, 2013 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

apresenta

A biblioteca apresenta constitui uma rubrica de vídeos, elaborados pelas escolas, com o objetivo de divulgar as suas bibliotecas e o que de melhor se faz no âmbito da sua atividade.

A difusão destes materiais, pelo som e pela imagem, constitui mais uma via para promover o conhecimento das bibliotecas escolares que integram a RBE e dar visibilidade às suas boas práticas.

Os trabalhos podem cobrir inúmeros aspetos, desde a mostra de bons exemplos e soluções sobre os espaços e funcionalidades das bibliotecas, à organização de novos serviços e recursos ou à ilustração de atividades pedagógicas e formativas de interesse, com impacto nos alunos e na comunidade.

Mais informações  e um vídeo do Agrupamento de Escolas do Atlântico, de Viana do Castelo Aqui

Aprender com a Biblioteca Escolar : referencial de aprendizagens associadas ao trabalho das bibliotecas escolares na Educação Pré-escolar e no Ensino Básico

Dezembro 24, 2012 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

aprender

Descarregar o documento Aqui

O documento, intitulado Aprender com a biblioteca escolar, surge na senda dos movimentos de carácter geral referidos e da publicação, em Portugal, das Metas curriculares, para as quais pretende contribuir, através de um conjunto de indicadores, atividades e estratégias de aprendizagem de carácter transversal, essenciais à afirmação de uma cultura de ensino e aprendizagem que vá ao encontro das necessidades dos alunos do século XXI.

O documento constitui-se como um instrumento de trabalho em aberto, estando prevista a sua utilização experimental, em 2012-13, apenas num conjunto limitado de escolas piloto, já selecionadas.

Paralelamente, procede-se à divulgação geral do mesmo, oferecendo a todos a possibilidade de o explorarem de forma voluntária e livre, caso o desejem fazer.

O Referencial e um conjunto de materiais complementares podem ser acedidos através das seguintes ligações ou, diretamente, na área de conteúdos do portal RBE:

– Aprender com a biblioteca escolar [PDF]

– Aprender com a biblioteca escolar: enquadramento e conceção [PDF]

– Aprender com a biblioteca escolar: apresentação [PDF]

« Página anteriorPágina seguinte »


Entries e comentários feeds.