Dia Mundial do Brincar – 28 de maio

Maio 28, 2020 às 6:30 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

https://viverintensamente.com/

#MovimentoViverIntensamente quer devolver o recreio às crianças – Notícia com declarações de Melanie Tavares do IAC

Maio 28, 2020 às 3:30 pm | Publicado em O IAC na comunicação social, Site ou blogue recomendado | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

Notícia do Sapo Lifestyle de 27 de maio de 2020.

O #MovimentoViverIntensamente, que pretende devolver o recreio às crianças e levar a brincadeira para dentro de casa, é lançado na quinta-feira, com desafios semanais às famílias que terminam após o verão, quando as escolas reabrirem.

Apesar de inicialmente pensada para crianças com alguma patologia ou para filhos de quem está doente em casa, esta iniciativa, que tem entre os vários parceiros o Instituto de Apoio à Criança (IAC), abrange todas as crianças e famílias, que com o confinamento se viram obrigadas a deixar de brincar na rua com os amigos.

“O brincar é para toda a vida, não é só para crianças. Enquanto linguagem universal, permite que pessoas com línguas diferentes se entendam. Quando as crianças vão à praia, não falam a mesma língua dos estrangeiros que encontram, mas conseguem brincar juntas e fazerem-se entender”, disse à Lusa Melanie Tavares, do IAC.

“É um movimento pensado para crianças, mas com um apelo também a que se brinque enquanto adulto”, acrescentou a coordenadora do setor da atividade lúdica do IAC, explicando que o instituto foi desafiado para esta ideia pela empresa biofarmacêutica AstraZenca.

A responsável sublinha o trabalho que o IAC tem desenvolvido para sensibilizar a população para a importância do brincar, sobretudo a iniciativa que promove anualmente nos jardins do Palácio de Belém no Dia Internacional do Brincar, que se assinala na quinta-feira.

“No ano passado juntámos quase 5.000 crianças e famílias. Este ano não vamos poder fazer, pois é um ano diferente, mas também por isso queremos levar a brincadeira para dentro de casa. Brincar é uma coisa séria, promove o desenvolvimento integral da criança, estimula a saúde física e mental e pode ser usado como estratégia de aprendizagem”, afirmou a responsável.

Melanie Tavares explica que as famílias podem inscrever-se no #MovimentoViverIntensamente através do ‘site’ (https://viverintensamente.com/) e serão depois desafiadas com diversas propostas todas as semanas. As primeiras 1.000 famílias inscritas receberão sementes para semear em casa.

“A ideia é falar com as autarquias para que sejam elas a ajudar a encontrar espaços para que as sementes que as famílias semearem em casa, em vasos, possam ser depois transplantadas para um espaço público”, explicou.

As atividades serão para as crianças fazerem até ao dia em que voltem à escola: “Acreditamos que possa ser em setembro”, disse a responsável do IAC.

Até lá, as crianças recebem um passaporte e cada atividade vai dar-lhes uma espécie de selo que atesta a participação para que, no final, mostrem o passaporte completo aos amigos quando a escola regressar.

SIC proibida de emitir programa SuperNanny sem autorização da CPCJ

Maio 28, 2020 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Notícia da TSF de 21 de maio de 2020.

Por Carolina Rico

Decisão do Supremo Tribunal de Justiça em 2018 e contestada pela SIC foi suportada esta quinta-feira pelo Tribunal Constitucional.

Tribunal Constitucional (TC) deu razão ao Supremo Tribunal de Justiça (STJ) no caso do programa SuperNanny.

A decisão do Supremo, proferida a 11 de dezembro de 2018, determina que a SIC e a Warner Brothers estavam impedidas de “exibir ou, por qualquer modo, divulgar” quaisquer novos episódios do programa SuperNanny, sem que, previamente, “comuniquem e solicitem autorização, e a obtenham, de participação dos menores no programa à Comissão de Proteção de Crianças e Jovens competente”.

Na sequência de recurso interposto pela SIC, esta quinta-feira o Constitucional revela que confirmou a decisão do TC num acórdão proferido no dia 13 de maio de 2020, tendo decidido “não julgar inconstitucional a norma que sujeita a participação de menores em programas de televisão a autorização da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens”.

O Supremo Tribunal de Justiça já tinha negado recursos da SIC e a Warner Brothers sobre a ação cível do Ministério Público, que agiu em representação das crianças e jovens participantes no reality show.

Entendeu o STJ que “o direito à imagem e o direito à reserva sobre a intimidade da vida privada e os outros direitos de personalidade são concretizações da dignidade da pessoa humana, que é um valor intangível e indisponível”.

Transmitido em 15 países, o programa SuperNanny retrata casos de crianças indisciplinadas, para as quais uma ama – no formato português a psicóloga Teresa Paula Marques – propunha soluções para pais e educadores.

O programa ficou envolto em polémica logo após a transmissão do primeiro episódio, emitido pela SIC no dia 14 de janeiro de 2018. No dia seguinte, a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens tomou uma posição contra o programa por considerar que existe um “elevado risco” de este “violar os direitos das crianças, designadamente o direito à sua imagem, à reserva da sua vida privada e à sua intimidade”.

Mais informações no ACÓRDÃO N.º 262/2020

Como explicar a uma criança a importância das medidas de distanciamento social e isolamento? Ordem dos Psicólogos

Maio 28, 2020 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Descarregar o documento no link:

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/covid_19_criancas_.pdf?fbclid=IwAR35m_Dhcl0Ft66XRUSTrftdyKdrN68CtJXTtAZPj-4WQ3ZlzqO3YjhIs0o


Entries e comentários feeds.