Crianças e menores desaparecidos: Alguns procedimentos a adotar – Polícia Judiciária

Maio 25, 2020 às 9:04 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

Alerta ao cidadão – Crianças e menores desaparecidos: Alguns procedimentos a adotar

A Polícia Judiciária sublinha alguns procedimentos, cujo cumprimento é fundamental, para assegurar o início rápido e eficaz de uma investigação de desaparecimento:
1. As pessoas mais próximas devem estar atentas a alterações de comportamento e quebra de rotinas;
2. A comunicação do desaparecimento às autoridades deve ser feito imediatamente após se terem frustrado as tentativas de localização baseadas nas rotinas pessoais, quer de locais frequentados quer de horários habituais;
3. Entregar, quando da comunicação do desaparecimento, uma fotografia do desaparecido, tão actualizada quanto possível e destacar na participação todo e qualquer sinal particular o mais detalhadamente possível, nomeadamente
a) Amigos próximos;
b) Prováveis causas do desaparecimento;
c) Locais de repouso ou distracção favoritos;
d) Passatempos preferidos;
e) Interesses pessoais;
f) Eventual surgimento anterior de algumas das alterações elencadas no item 1;
g) Roupa que provavelmente vestia e outra que tenha também desaparecido;
h) Meios de transporte preferencialmente utilizados.
4. No decurso da investigação deve ser comunicado de imediato à Polícia toda e qualquer informação superveniente que chegue ao conhecimento do participante, independentemente do grau de relevância que este lhe atribua.
Convirá, ainda, ter em conta que:
– Um “desaparecimento” não constitui um crime, pelo que, sempre que exista uma fundada suspeita de que tal situação seja consequência da prática de um acto criminoso, o caso concreto é classificado de acordo com o crime presumivelmente cometido e em tal âmbito investigado;
– Não sendo o desaparecimento um crime, não se encontra obviamente sujeito aos prazos de prescrição de procedimento criminal, pelo que até que seja resolvida definitivamente, qualquer investigação de desaparecimento pode ser trabalhada, independentemente do tempo decorrido desde o evento, sendo correcta a afirmação de que “um desaparecimento nunca se arquiva”.
Finalmente:
Apela-se a todos os comunicantes de casos de desaparecimento que, sendo o desaparecido encontrado por instituição ou pessoa diversa desta Polícia Judiciária, tal acontecimento nos seja comunicado no mais curto espaço de tempo permitindo-se, desse modo, alocar sem delongas, meios humanos e materiais até aí empenhados na resolução desse caso, a outros ainda por concluir.

Campanha #NãoSejasUmaVítimaFácil – vídeo sobre aliciamento de crianças e jovens através da internet

Maio 25, 2020 às 8:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Texto da Polícia Judiciária

A Polícia Judiciária associa-se ao DIA INTERNACIONAL DAS CRIANÇAS DESAPARECIDAS, 25 de maio, divulgando o vídeo “#NãoSejasUmaVítimaFácil”, produzido pela Police Expert Network on Missing Persons (PEN-MP) em estreita colaboração com o AMBER Alert Europe, no âmbito da campanha de sensibilização para o fenómeno do grooming online (aliciamento de crianças e jovens através da internet).

Mais informações no link

#DontBeAnEasyCatch

Vídeo em português:

25 de maio – Dia Internacional das Crianças Desaparecidas – As Linhas de Apoio à Criança são essenciais

Maio 25, 2020 às 4:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Os Direitos da Crianças Vítimas de Exploração Sexual e Abuso

Maio 25, 2020 às 2:58 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Os direitos das crianca vitimas de exploracao abuso sexual

25 de Maio – Dia Internacional das Crianças Desaparecidas

Maio 25, 2020 às 1:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Press Release – 25 de Maio – Dia das Crianças Desaparecidas

Maio 25, 2020 às 10:09 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

 

 

 

25 de maio

Dia das Crianças Desaparecidas

 

O Instituto de Apoio à Criança vem assinalando desde 2001 o  Dia das Crianças Desaparecidas, por ser muito importante alertar a comunidade para este fenómeno tão devastador que geralmente conduz a uma maior vulnerabilidade  das crianças e dos jovens.

Muito associado à Exploração Sexual e ao Tráfico de Crianças, é muitas vezes um flagelo escondido, pois grande parte  dos jovens pertencem a grupos de risco em que a família não desempenha o seu papel protetor, como sucede, por exemplo no caso das crianças acolhidas em lares ou outras estruturas residenciais.

Como membro fundador da Missing Children Europe – Federação Europeia das Crianças Desaparecidas e Exploradas Sexualmente, o IAC tem aderido a um conjunto de iniciativas no âmbito do combate à exploração sexual, nomeadamente aquando da redação das Diretivas Europeias sobre a matéria ou até da aprovação da Convenção de Lanzarote ou das recomendações sobre as coligações financeiras para a prevenção e a luta contra os crimes sexuais através do ciberespaço.

E como é já habitual, decidiu aderir ao tema proposto pela MCE que este ano é mais uma vez dedicado aos jovens em fuga.

O IAC, através do setor “Projeto Rua” tem dedicado a sua atenção a este fenómeno das fugas, podendo dar um contributo relevante, designadamente no que respeita às fugas institucionais, que assumem, como nos demais Países europeus  um número preocupante.

Na impossibilidade de reunir em Conferência presencial, como vem sendo hábito, o IAC decidiu levar a efeito um Webinar que decorrerá entre as 16 e as 18 horas de hoje com vista a partilharmos preocupações e inquietações decorrentes designadamente de casos recentes que requerem um olhar atento e uma reflexão séria que conduza a propostas que possam tornar mais eficaz a proteção devida a estas crianças e jovens.

Desde 2007, foi atribuído ao SOS Criança do Instituto da Criança o nº único Europeu 116 000, vocacionado para esta matéria específica.

O SOS Criança dispõe de uma equipa especializada que escuta a criança ou o jovem, encaminha os seus apelos e presta apoio psicológico em algumas situações, em que é necessário cumprir o direito da criança à sua recuperação psicológica.

A esperança é fundamental para um desenvolvimento saudável, mas a confiança é indispensável para prosseguir nesse sentido, o que só é possível, por vezes com apoio psico-terapêutico.

Todos não somos demais para ajudar!

A Direção

 

Em anexo o Press Release da Missing Children Europe, que o IAC integra desde a sua fundação

©MCE & IAC 2020

Dados e esclarecimentos adicionais disponíveis:

IAC / SOS-Criança

Contacto preferencial – Coordenador, Dr. Manuel Coutinho/Drª Maria João Cosme

21 798 7410/15

PRESS RELEASE MCE 2020

No que se distinguem os adolescentes portugueses?

Maio 25, 2020 às 6:00 am | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Infografia do Público de 18 de maio de 2020.

Health Behaviour in School-aged Children, da Organização Mundial da Saúde, estuda a cada quatro anos os comportamentos e a saúde dos adolescentes nos seus contextos de vida. É realizado em Portugal desde 1998. O último inquérito foi feito em 2018, a 227.441 alunos de 11, 13 e 15 anos de 45 países. Em Portugal, onde são consideradas as respostas de 5839 jovens, as más notícias passam por aqui: fraca prática da actividade física, fraco gosto pela escola e relatos de uma excessiva pressão com os trabalhos escolares. Já o comportamento alimentar continua em geral melhor do que a média. Os resultados acabam de ser divulgados.

Visualizar a infografia no link:

https://www.publico.pt/2020/05/18/infografia/distinguem-adolescentes-portugueses-506?fbclid=IwAR2LXPuvEBofoIXdJbalqwuvXMUihQqyc8gyqQVgLX8KxlMa4mXtMbWVKGI

Mais informações no link:

http://www.euro.who.int/en/health-topics/Life-stages/child-and-adolescent-health/health-behaviour-in-school-aged-children-hbsc/hbsc-2020


Entries e comentários feeds.