Prevenir Fenómenos de Dependência Online

Fevereiro 11, 2019 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Texto do site Internet Segura de 18 de janeiro de 2019.

A utilização da Internet, principalmente de plataformas digitais como o Facebook, Instagram ou Youtube ocorre cada vez mais de uma forma regular, independentemente da idade dos seus utilizadores, tornando-se um desafio estabelecer uma utilização saudável das mesmas. Segundo dados obtidos da PORDATA (Base de Dados de Portugal Contemporâneo), o total de utilizadores da Internet até 2018 atingiu os 74,7%.

Dentro da população de utilizadores da Internet, surgem diferentes padrões de utilização: Desde os utilizadores mais casuais, que consultam algumas plataformas online algumas vezes por semana ou por mês, a utilizadores mais intensivos que estão em permanente contacto com diversas plataformas. Esta tipologia de utilizadores  pode estar mais sujeita ao aparecimento de sintomas de dependência associados à utilização intensiva das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC). Sintomas como a ansiedade, o stress, o desajustamento dos horários de período de sono e refeições, entre outros, podem estar associados a esta utilização intensiva e pouco saudável das TIC. Esteja atento a estes sinais e opte por algumas estratégias de prevenção, nomeadamente:

1 – Registos diários.

Efetue registos relativos ao tempo investido nas diferentes plataformas online e dispositivos que utiliza para comunicar/interagir através da Internet. Aponte num caderno as horas que passa e cada vez que se ligar à rede. Pode inclusive optar pela instalação de aplicações que fazem esta monitorização e lhe enviam alertas sobre o tempo dispendido.

2 – Opinião da família e amigos.

Peça à sua família e amigos mais chegados, um feedback relativo ao tempo que consome quando está online e em que medida este tempo online pode estar a convergir com atividades importantes para si e para os seus amigos e familiares.

3 – Estabeleça limites.

Defina alguns limites relativos ao tempo que passa online. Pode inclusive determinar momentos do dia em que está afastado dos diferentes dispositivos que utiliza para estar online, ou até…

4 – Internet Free Day.

Escolha um dia da semana (ou do fim-de-semana) para promover um “Dia Sem Internet”. Este dia poderá ajudá-lo a lentamente, saber aproveitar as diversas atividades offline e a sentir uma menor ansiedade quando reduz o tempo em que está online.

 

 

TrackBack URI


Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: