Pedro Strecht:“Já tenho pais que marcam consultas para os filhos e eles chegam sozinhos de Uber”

Novembro 14, 2018 às 10:15 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,
Pedro Strecht

Pedro Strecht

 

“Quem diria que a vida privada do craque português Cristiano Ronaldo poderia mexer tanto com o lado profissional de um pedopsiquiatra que acaba de lançar um livro no qual pede aos pais mais tempo para os seus filhos, mas também para eles próprios.

Pois bem, Pedro Strecht reconhece, em entrevista ao Delas.pt, que tem tido “trabalho extra” a explicar a miúdos e a ajudar graúdos – aos pais que pedem conselhos – como explicar o que é o consentimento ou o sexo anal. E o que tem visto é o mesmo problema: falta de integração entre sexo e sentimento.

Mas este não é apenas o único drama. Há mais, muitos mais. Numa conversa que não é curta (fica o aviso desde já), o especialista em psiquiatria infantil fala da parentalidade a dois níveis: das famílias sem recursos e das que são financeiramente mais abonadas, revelando que recebe crianças que chegam de Uber, a sós e enviadas por pais que até marcaram as consultas por estarem preocupados com os seus comportamentos e atitudes.

Do beijo aos avós, à ritalina, das propostas de lei da conciliação trabalho-família “a brincar”, Strecht não poupa nas palavras para explicar uma realidade que se dilui a olhos vistos e que já empurra crianças com oito e nove anos para as consultas clínicas por vida a mais nas redes e likes a menos na autoestima”.

 

Pode ler na íntegra esta entrevista a Pedro Strecht, realizada por Carla Bernadino, ao site Delas.pt.

 

TrackBack URI


Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: