O Impacto da Exposição de Crianças e Jovens em Programas com Formato de Reality Show

Janeiro 30, 2018 às 3:18 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

descarregar o parecer no link:

https://www.ordemdospsicologos.pt/ficheiros/documentos/criancas_realityshow.pdf

Fórum TSF: As escolas estão mais seguras? com a participação de Cláudia Manata do Outeiro do IAC

Janeiro 30, 2018 às 2:58 pm | Publicado em O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

A Dra. Cláudia Manata do Outeiro do IAC-CEDI (Centro de Documentação e Informação sobre a Criança), participou no “Fórum TSF: As escolas estão mais seguras?” de hoje, no qual falou sobre o trabalho que o IAC desenvolve nas escolas no âmbito da prevenção da violência.

ouvir a emissão no link em baixo. Cláudia Manata do Outeiro participa a partir do minuto 01. 22.05.

https://www.tsf.pt/programa/forum-tsf/emissao/forum-tsf-as-escolas-estao-mais-seguras-9083877.html?autoplay=true

Brincar beneficia as crianças… e muito!

Janeiro 30, 2018 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Altoastral

Texto da http://uptokids.pt/

Como diria Eduardo Sá, “a família é mais importante do que a escola e brincar é, pelo menos, tão importante como aprender”.

Mas afinal porque é que brincar é tão importante?

Os benefícios acontecem tanto a nível emocional como cognitivo e são tantos que podíamos ficar aqui até amanhã! Mas o objetivo, é que quando acabe de ler este artigo vá brincar com os seus filhos, sobrinhos ou vizinhos. Assim, vamos ser rápidos!

  • Benefício nº1: Desenvolve a criatividade e agilidade mental

É importante deixar as crianças explorarem e questionar-se sobre as coisas! É através dessas reflexões que elas vão perceber melhor o mundo e é também esta exploração que serve de inspiração para as suas fantasias.

  • Benefício nº2: Prepara para a vida em sociedade

Não é possível viver sem interações e por isso é importante que as crianças vão aprendendo como lidar com o próximo. Brincar é uma forma para aprender a confiar nos outros, a partilhar, a esperar e a trabalhar em equipa. Até mesmo a liderança e o pensamento estratégico podem ser desenvolvidos em simples brincadeiras como “O rei manda”.

  • Benefício nº3: Fortalece a relação com os pais, irmãos, amigos

Brincar é o tempo em que as crianças estão mais descontraídas e por isso estão mais propensas a estabelecer relações com quem brincam. Quem não se lembra das brincadeiras que tinha com a irmã mais velha ou os primos em casa dos avós? São estes momentos felizes que ficam facilmente na memória e que ajudam a fortalecer as relações.

  • Benefício nº4: Melhora a motricidade fina e capacidade motora

Brincar pode e deve ser didático e instrutivo, mas como em tudo na vida é preciso um equilíbrio. As crianças não podem só estar habituadas a jogar PlayStation e jogos educativos. É preciso correr, sair, pular, andar de bicicleta, pintar! Todas estas atividades melhoram os seus movimentos e tornam-nos mais “desenrascados”!

  • Benefício nº5: Aumenta a imunidade

É saudável as crianças saberem brincar sozinhas, mas a maioria das vezes a brincadeira é com outras crianças e muitas vezes não é no ambiente conhecido da própria casa. Ao ir para um jardim, para casa de um amigo ou para a escola e ao estar em contacto tanto com pessoas diferentes, mas também com ambientes diferentes, a imunidade acaba por ser reforçada.

E então, já se está a preparar para uma boa brincadeira?

Não são precisos grandes brinquedos nem muito tempo! É preferível ter meia hora de brincadeira por dia do que duas horas só ao fim de semana. E quanto aos brinquedos, às vezes nem são necessários, a verdade, é que qualquer coisa serve para brincar desde que exista interesse e criatividade!

Esteja presente!

imagem@altoastral

 

Youtubers e outras espécies: O fenómeno que mudou a maneira de entender os conteúdos audiovisuais | e-Book

Janeiro 30, 2018 às 12:00 pm | Publicado em Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

descarregar o documento no link:

https://publiadmin.fundaciontelefonica.com/index.php/publicaciones/add_descargas?tipo_fichero=pdf&idioma_fichero=es_es&title=Youtubers+y+otras+especies&code=581&lang=es&file=Youtubers_y_otras_especies.pdf

Dependência dos videojogos vai ter consultas próprias

Janeiro 30, 2018 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Notícia da https://www.rtp.pt/ de 17 de janeiro de 2018.

Os casos graves de dependência de videojogos, em especial de adolescentes e jovens, vão ser acompanhados em consultas especializadas que vão ser criadas nos Centros de Respostas Integradas em Comportamentos Aditivos e Dependências espalhadas pelo país.

É o que avança à Antena 1 Graça Vilar, a Diretora do SICAD – Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, que aponta para uma tendência crescente destas situações.

Por apurar estão dados sobre a prevalência do vício de videojogos no país. Dados de um inquérito de 2015, apontavam para 20 por cento dos jovens portugueses que utilizavam a internet para jogar de forma regular.

Poucas semanas depois desta dependência ter passado a ser classificada como doença pela Organização Mundial de Saúde, está em marcha uma reorganização das Equipas dos Centros de Respostas do SICAD, para poder avançar esse apoio no Serviço Nacional de Saúde para casos referenciados por médicos de família, pediatras e pedopsiquiatras.

Em causa estão situações mais complexas que não são ultrapassadas numa primeira frente de apoio, a começar pela família.

Ouvir as declarações de Graça Vilar no link:

https://www.rtp.pt/noticias/saude/dependencia-dos-videojogos-vai-ter-consultas-proprias_a1052490


Entries e comentários feeds.