Instituto de Emprego tem estratégia de quatro anos para integrar jovens “nem nem”

Julho 2, 2017 às 4:23 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Notícia do http://expresso.sapo.pt/ de 28 de junho de 2017.

No âmbito do programa Garantia Jovem, o Instituto de Emprego e Formação Profissional apresentou a Estratégia Nacional de Sinalização, plano a quatro anos, para encontrar soluções para os jovens que não trabalham e não estudam, muitos deles fora dos registos oficiais. INE diz que são mais de 175 mil

Mafalda Ganhão

um problema crescente em todos os países da União Europeia e que, no caso de Portugal e tendo em conta estimativas de 2011, representou uma perda para a economia de aproximadamente 2,1 mil milhões de euros, ou seja 1,24% do PIB. Encontrar soluções para integrar os jovens que não trabalham, nem estudam, muitos não constando sequer dos registos dos centros de emprego é uma das prioridades para o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), entidade que apresentou esta terça-feira a sua estratégia Nacional de Sinalização de Jovens, um programa delineado para um prazo de quatro anos e que pretende alcançar pelo menos 30 mil dos 67.500 jovens nesta situação – e que são uma parte dos 175.900 até aos 30 anos que não estudam, não trabalham, nem frequentam formação profissional (dados do INE referentes ao 1º trimestre de 2017).

Segundo o documento dado a conhecer, “a implementação das políticas adotadas será desenvolvida em duas fases”. A primeira, de 2017 a 2018, tem como objetivo o aumento dos serviços de apoio, expandindo a gama de serviços e programas disponíveis. A segunda etapa passará por, em 2019 e 2020, “dar escala às ações e projetos que, em função da avaliação efetuada na primeira fase, possam permitir amplificar os resultados de atuação”.

Conforme explicou o vice-presidente do IEFP, Paulo Feliciano, esta é uma estratégia a desenvolver no âmbito do Garantia Jovem, programa europeu de resposta à inatividade e ao desemprego, que tem como principal objetivo proporcionar aos jovens entre os 15 e os 29 anos que não se encontrem a estudar nem a trabalhar, uma oportunidade para apostar na sua qualificação e estar em contacto com o mercado de trabalho, no prazo de quatro meses após a inscrição no ‘site’ do programa ou nos seus parceiros.

Em Portugal, o programa foi criado pelo Governo português em 2013 e através dele o IEFP contará com mais de 600 parceiros para ajudar à concretização deste seu planeamento a quatro anos, envolvendo autarquias, as associações de juventude e as Instituições Particulares de Solidariedade Social, como entidades que trabalham no terreno com os jovens a sinalizar.

Tendo em conta que em causa estão jovens que “tendem a não procurar ajuda, nomeadamente dos serviços públicos, ou porque desconhecem essa possibilidade ou porque tendencialmente não acreditam nela”, como diz o relatório de 2016 da Garantia Jovem, informar e sensibilizar são palavras de ordem. Metas a atingir com recurso a “metodologias inovadoras, com adaptação da linguagem e dos canais”.

Reformular o portal Garantia Jovem, tornando-o mais moderno e acrescentando-lhe funcionalidades, está na lista das missões a cumprir, a mesma onde se inclui a criação de uma aplicação Garantia Jovem para smartphones e tablets.

mais informações:

https://www.garantiajovem.pt/

 

 

Workshop “Parentalidade(s): Novas formas de família” 17 de agosto no Porto

Julho 2, 2017 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Objetivos:– Conhecer e analisar as novas famílias, formas de funcionamento e processos educativos: famílias monoparentais, homoparentais e adotivas.

Conteúdos:– Conceito de família – A parentalidade nas novas formas de família – Especificidades destas

Calendário: 17-08-2017

Horário: 10:00 às 13:00

Preço: 25 €

Data limite de inscrição: 15-08-2017

Destinatários: Educadores/professores, psicólogos, estudantes de psicologia e educação, outros técnicos de saúde.

Tipo de Acção: Workshops de Verão

Duração: 3 horas

Local: Porto

mais informações:

http://www.mdcpsicologia.pt/formacao/catalogo/action-detail/parentalidades-novas-formas-de-familia/


Entries e comentários feeds.