Metade dos pais no Reino Unido permitem que crianças bebam bebidas alcoólicas em casa

Setembro 14, 2016 às 12:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Notícia do http://lifestyle.sapo.cv/ de 5 de setembro de 2016.

mais informações na Press Release da Churchill Home Insurance:

Half of parents let their under-14s drink alcohol at home

pixabay

 Susana Krauss

Esta é a conclusão de um novo estudo realizado pela companhia de seguros Churchill.

Esta nova pesquisa descobriu que mais de um terço dos pais (34%) com filhos menores de 14 anos usa o álcool como moeda de troca para o bom comportamento. E que 11% dos pais permitiu que crianças entre os 5 e os 7 anos bebessem em casa. Um quarto dos entrevistados que autorizou que os seus filhos bebessem em casa consideram que esta atitude nada tem de errado.

Apesar de não ser ilegal que crianças com idades entre os 5 e os 16 anos bebam bebidas alcoólicas em casa, o relatório de saúde alerta que crianças com idades inferiores a 14 anos que bebem, têm mais probabilidade de terem problemas de saúde, incluindo tentativas de suicídio, envolvimento em situações de violência e acidentes relacionados com o álcool.

Perto de um terço dos pais afirma que ao permitirem que os filhos bebam em casa faz com que possam controlar melhor o consumo de álcool dos mesmos. A pesquisa também sugere que um em cada cinco pais permitiria o consumo de álcool nas suas casas por parte de crianças que não fossem membros da família.

Martin Scott, responsável pelos seguros de casa da Churchill afirma: “A relação entre as crianças e o álcool no Reino Unido sempre foi um assunto mais preocupante do que para outros países. Muitos pais querem que os seus filhos tenham uma atitude responsável ao beber e preferem introduzir a bebida num ambiente seguro e controlado. No entanto, o desafio de qualquer pai é como evitar o consumo excessivo, especialmente entre os adolescentes. Quando as pessoas bebem em casa existe um risco maior de acidente e danos materiais/físicos, já que o álcool tem um impacto significativo na coordenação”.

artigo do parceiro: Susana Krauss

 

TrackBack URI

site na WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: