Férias de Verão na Biblioteca Municipal José Saramago (Loures)

Agosto 18, 2016 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

loures

mais informações:

http://www.cm-loures.pt/Conteudo.aspx?DisplayId=2177

Seminário de Especialização em Refugiados, Direitos Humanos e Acolhimento: perspetivas nacionais e internacionais

Agosto 18, 2016 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

refugiados_imagem_site

Data de realização

12 a 16 de setembro 2016

Horário

Pós Laboral – 18h às 22h

Custo

150,00€ ao qual acresce o valor de inscrição (10,00€) e de candidatura (25,00€).

Candidaturas

até 3 de setembro 2016 Candidaturas Online:  [Candidate-se aqui] IPPS-IUL – Instituto para as Políticas Públicas e Sociais Av. das Forças Armadas, Edifício I, Gabinete 1W7, 1649-026 Lisboa Horário: de 2.ª a 6.ª feira, entre as 10:00 às 13:00 e das 14:30 às 19:00

Correio eletrónico – geral.ipps@iscte.pt

Telefone -210 464 021

mais informações:

http://ipps.iscte-iul.pt/index.php/pt/formacao/proximos-cursos/cursos/1-categoria-padrao/87-seminario-de-especializacao-em-refugiados-direitos-humanos-e-acolhimento-perspetivas-nacionais-e-internacionais

Os perigos do jogo Pokémon Go

Agosto 18, 2016 às 6:00 am | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Texto do http://pt.euronews.com de 21 de julho de 2016.

visualizar o vídeo da reportagem no link:

http://pt.euronews.com/2016/07/21/os-perigos-do-jogo-pokemon-go

go

 

O jogo Pokémon Go tornou-se num fenómeno de popularidade no mundo inteiro, mas, tem sido alvo de críticas por ser perigoso. Baseado na tecnologia do Google Maps, o jogo de realidade aumentada usa o sistema de geolocalização e a câmara do smartphone do utilizador. A missão do jogador é explorar o mundo real para apanhar os Pokémon. Mas, jogar com um smartphone na rua pode ser perigoso, como admitem os próprios jogadores.

“Estamos sempre a olhar para o smartphone, é preciso ter muito cuidado a atravessar a rua. Aconteceu-me uma ou duas vezes atravessar a rua sem ver”, explicou Deniz Petzold, jogador de Pokémon Go.

“Ficamos parados no meio da rua, devo admitir que é muito perigoso. Andamos na rua sempre a olhar para o smartphone, vemos os Pokemons a aparecer no mapa e queremos apanhá-los”, confessou Fabio Backhaus, outro jovem jogador de Pokémon Go.

Os jogos na Internet têm sido alvo de vários estudos. O psicólogo Dimitrios Tsivrikos afirma que há diferenças entre a realidade virtual e a realidade aumentada. Em cada uma delas, o jogador pode criar identidades distintas, o que pode ser problemático.

“Com a realidade aumentada, a pessoa está face a face com outros jogadores, e é levada a assumir uma personalidade diferente da que tem nas redes sociais. Ou seja, este jogo pode ser um problema para as pessoas que já tinham criado outra personalidade nas redes sociais”, disse o investigador do University College London.

Além das questões de identidade, o jogo já causou outros problemas. Nos Estados Unidos, um grupo de adolescentes assaltou vários jogadores de Pokémon Go. A estratégia passava por atrair os jogadores para locais isolados.

 


Entries e comentários feeds.