2º Workshop de Hipnose Pediátrica para Controlo da Dor e Ansiedade

Maio 29, 2016 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

poster - nivel 1 - 2016

O Núcleo Contra a Dor do Departamento de Pediatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, EPE está a organizar o 2º Workshop de Hipnose Pediátrica para Controlo da Dor e Ansiedade em Pediatria, com a Dra Leora Kuttner, que se realizará dias 22 e 23 de Setembro 2016.
O 1º workshop realizado o ano passado foi um sucesso e todos os participantes sem excepção adoraram e reconheceram o comprovado potencial (resultados da pesquisa apresentada pela Dra. Leora Kuttner nos últimos 30 anos) que a aplicação destas técnicas tem na prática clínica diária.
O workshop destina-se a médicos, enfermeiros, psicólogos e outros profissionais de saúde que trabalhem na área da Pediatria. Tem inscrição limitada a 40 participantes.

Podem visualizar o programa do workshop, bem como realizar inscrições através do site:

http://workshophipnosepediatrica.weebly.com/

 

poster - nivel 2 - 2016

Anúncios

Uma chamada de atenção para os pais que batem nos filhos

Maio 29, 2016 às 9:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

texto do site http://uptokids.pt/ de 13 de maio de 2016.

thedailybeast

thedailybeast

A maioria dos pais querem o melhor para seus filhos. Mas, quando se trata de disciplina, alguns equivocamente usam a força física para punir ou intimidar. Sejamos honestos: nada justifica bater e magoar desnecessariamente as crianças e nem sequer é aceitável.

O governo australiano ratificou a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança (1989). Ou seja, a Austrália coloca as crianças como pessoas com direitos. Chegou a vez do governo Australiano juntar-se outros 33 países “esclarecidos” do mundo, e banir o castigo físico de crianças em todas as suas formas.

A proibição bem sucedida na punição física das crianças deve ser acompanhada de uma campanha de sensibilização para apoiar e educar os pais que batem nos filhos a mudar a atitude ultrapassada da “palmada”.

Os malefícios do castigo físico

O castigo físico, mesmo quando é chamado de “disciplina” ou “palmadas”, pode causar danos a curto e longo prazo nas crianças. Hoje em dia sabemos, com base em investigações rigorosas, que a punição física e a adoção de comportamentos agressivos e violentos está directamente relacionada com alterações comportamentais e de saúde mental das crianças.

Sabemos também, intuitivamente, que bater e ferir pessoas desnecessariamente afeta o relacionamento social e a autoconfiança de um indivíduo. As nossas crianças são os adultos do futuro. A forma como tratamos os nossos filhos agora, irá afetar a sua saúde, autoestima e noção de bem-estar futuramente.

Mudar o comportamento

A Austrália tem estado na vanguarda de muitas reformas da saúde e segurança pública, tais como o uso dos cintos de segurança nos carros, o controlo do tabagismo e uso de preservativo, mas falta dar um safanão no que toca à punição física.

Mas o que fazer para que os pais mudem o seu comportamento – ou seja, parar de dar “palmadas” nos filhos?

Campanhas recentes e alternativas, tais como o grande sucesso animado educativo “Maneiras idiotas de morrer”, é um bom exemplo de como uma campanha de sensibilização pode ajudar a mudar mentalidades, atitudes ultrapassadas e comportamentos de risco. Neste caso, o vídeo promove a segurança ferroviária para os jovens através de anúncios em jornais, rádio, outdoors, redes sociais, etc. A campanha visa “envolver um público que não quer ouvir qualquer tipo de mensagem de segurança”.

Uma campanha de educação deste género, com apoios e incentivos para encorajar os pais a adotar métodos disciplinares positivos, poderia ser o suficiente para mudar comportamentos de risco na educação infantil.

Esta campanha poderia ser tanto contundente quanto inspiradora; retratando os impactos imediatos e possíveis do castigo físico através de palavras e imagens. Fornecer informações importantes sobre o desenvolvimento da infância e maneiras positivas de interagir e estabelecer limites razoáveis para as crianças poderia ser um caminho.

Na Suécia, os castigos corporais e outras formas de tratamento humilhante a crianças foram proibidos em 1979, e foram distribuídos flyers informativos a todas as famílias e colocada a informação relevante nos pacotes de leite incentivando o diálogo entre pais e filhos. Conclusão? A maior parte das famílias suecas praticam disciplina positiva, sem violência. As crianças são respeitadas, e os pais são valorizados e apoiados no seu importante papel como modelos para os seus filhos.

Alterar a lei

Alguns adultos responsáveis irão voluntariamente modificar as suas atitudes e comportamentos à luz da evidência que os motiva. Mas a mudança comportamental, por vezes, só ocorre em resposta a legislação ou reforma da mesma.

Criar legislação pertinente em cada um dos estados e territórios da Austrália pode ser um caminho para remover explicitamente a “correção legal” e enviar uma mensagem clara aos pais de que o castigo físico já não é uma forma justificável de disciplina ou controle das crianças. As crianças terão a mesma proteção contra a agressão que os adultos.

Esta lei, exceptuando trivialidades, pretende proteger contra a criminalização dos pais que, ocasionalmente, dão uma palmada nos filhos, mas a punição física será fortemente desencorajada.

Dar voz às crianças

Bater e desnecessariamente e magoar as crianças degrada-as. Foi-lhes dada a oportunidade de comentar sobre a punição física, e as crianças dizem que dói fisicamente e emocionalmente.

Ao mesmo tempo, as crianças simpatizam com os pais que estão cansados e stressados e que perdem o controle. Aceitam, mas questionam  a crença dos pais de que bater-lhes ensina-lhes lições positivas.

Muitos pais têm manifestado arrependimento por terem batido nos seus filhos – eles preferiam ter apicado meios alternativos de disciplina que não se transformam em raiva, lágrimas e ressentimento. Em casos extremos, o arrependimento dos pais é inútil, quando seus filhos ficam gravemente feridos – e alguns terminam com a morte da criança – porque um ensinamento não correu bem.

Recolhemos alguns comentários das crianças sobre o assunto que se revelaram muito esclarecedores. “Como os adultos são mais velhos, eles pensam que sabem mais coisas, mas às vezes não… Às vezes eles estão enganados” – 8 anos. Outra criança sugeriu que os adultos não “têm que bater, porque têm opção de escolha”.

Incentivar as crianças a falar sobre estas questões e ouvir o que têm a dizer, deve levar-nos a questionar as nossas perspectivas. Podemos até aceitar o que disse uma criança de 12 anos: “Não se devia bater nas crianças porque há uma maneira melhor…do que magoar alguém”

O castigo físico de crianças continuará a ser tolerado até que adultos esclarecidos reconheçam que as crianças não são menos dignas que os adultos.

As crianças têm direitos humanos relativamente à dignidade e ao respeito iguais aos de qualquer adulto, e merecem, no mínimo proteção igual ou até maior à agressão.

 

Em MedicalExpress, traduzido e adaptado por Up To Kids®, Todos os direitos reservados

imagem@thedailybeast

Campanha de Crowdfunding para a criação do livro “Talibes – Modern Day Slaves” de Mário Cruz

Maio 28, 2016 às 7:13 pm | Publicado em Divulgação, Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Vencedor do World Press Photo 2016 – 1º Prémio – Assuntos Contemporâneos.

Vencedor do Picture of The Year International (POYi) 2016 – Issue Reporting Picture Story

Vencedor do Prémio Estação Imagem 2016.

Juntamente com a editora FotoEvidence foi lançada a campanha de crowdfunding para a criação do livro “Talibes – Modern Day Slaves” que documenta a sobrevivência de mais de 50 mil crianças escravizadas por falsos professores corânicos, muitas delas traficadas a partir de países limítrofes ao Senegal. Será feita uma edição de 1000 exemplares que contribuirão para a criação de diálogo em torno desta realidade e estarão presentes em escolas e bibliotecas no Senegal e Guiné-Bissau como prova física e informativa de uma tradição subvertida. A campanha tem a duração de 30 dias e termina no próximo dia 9 de junho. O objetivo é angariar 24 mil euros através de contribuições individuais mas também através do apoio de organizações, fundações e associações.

Fica aqui o link para a campanha:  https://www.kickstarter.com/projects/2066133663/talibes-modern-day-slaves-a-photo-book-by-mario-cr

Worskhop Interpretação do Desenho Infantil – 4 de junho em Leiria

Maio 28, 2016 às 3:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

DesenhoInfantil_14_Mailing

mais informações no link:

http://www.janelaredonda.pt/?q=taxonomy/term/3

O que vai mudar no transporte de crianças até 2018?

Maio 28, 2016 às 11:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

texto do site http://world.zippykidstore.com/pt/

zippy

A 9 de Julho de 2013, entrou em vigor uma nova norma europeia de segurança para o transporte de crianças nos veículos, a ECE R129 – conhecida também como i-Size – criada a partir de um grupo de acção da União Europeia constituído por representantes da indústria automóvel, fabricantes de cadeirinhas, responsáveis da associação europeia de consumidores e outras instituições ligadas ao sector da segurança rodoviária.

A nova norma traz uma grande mudança no que toca ao transporte da criança, uma vez que promove que, até aos 15 meses de idade, esta seja transportada em cadeirinhas colocadas no sentido de contramarcha, o que garante uma maior proteção da cabeça e do pescoço da criança, em casos de colisão frontal e maior proteção em colisões laterais.

Outras mais valias consistem na classificação das cadeiras pela altura das crianças, à semelhança da escolha do tamanho de roupa, e na valorização do sistema isofix (este sistema de fixação das cadeirinhas ao automóvel passa a ser obrigatório, o que garante um menor risco de instalação incorreta).

Atualmente, em Portugal, e em Espanha, já é possível comprar cadeiras com a norma “I-Size”, existindo ainda a comercialização de cadeiras com a norma anterior (ECER44/04), que continua válida durante o futuro próximo. Estima-se que em 2018 as cadeiras homologadas com essa norma comecem a desaparecer, à medida que os fabricantes vão substituindo os modelos.

mais informações no link:

https://cadeirasauto.fundacionmapfre.org/infantis/regulamentos/i-size/

 

II Congresso Internacional Envolvimento dos Alunos na Escola: Perspetivas da Psicologia e Educação – 11 – 13 julho

Maio 27, 2016 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

cieae

mais informações:

http://cieae.ie.ul.pt/2016/

Apresentação do Programa Estou Aqui® 2016, programa de segurança infantil dia 1 de junho, às 10h30, no Parque Infantil do Alvito

Maio 27, 2016 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

NOTA DE IMPRENSA | PRESS RELEASE

A Polícia de Segurança Pública convida para a apresentação do Estou Aqui® 2016, programa de segurança infantil vocacionado para crianças entre os 2 e os 9 anos, lançado em parceria com o MEO, RFM, Fundação PT, Instituto de Apoio à Criança e Missing Children Europe que, ao longo de quatro edições, já permitiu abranger mais de 110 mil utilizadores. Esta apresentação, no âmbito da qual serão entregues as primeiras pulseiras da atual edição do Estou Aqui®, decorrerá no próximo dia 1 de junho, às 10h30, no Parque Infantil do Alvito (Estrada do Alvito), em Lisboa.

Confirmações para: contacto@psp.PT

http://www.psp.pt/Pages/defaultPSP.aspx

https://estouaqui.mai.gov.pt/Pages/HomeInativo.htm

https://www.facebook.com/policiasegurancapublica/?fref=ts

13238867_1027743743947806_251613930574713451_n

 

I Jornadas de Direito da Família com a participação de Dulce Rocha do IAC

Maio 27, 2016 às 1:30 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

A Drª Dulce Rocha, Vice-Presidente do Instituto de Apoio à Criança, irá participar hoje nas I Jornadas de Direito da Família na Ilha da Madeira pelas 16.15 h com a comunicação “A (Nova) Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Risco”.

mais informações:

http://www.oa.pt/CD/default.aspx?sidc=31834

https://www.facebook.com/Conselho-Regional-da-Madeira-da-Ordem-dos-Advogados-137409542990048/timeline

famc3adlia

Lançamento do livro infantil sobre adoção “Reis procuram Príncipes” de Ana Kotowicz , dia 1 de junho às 18h na Bertrand do Amoreiras

Maio 27, 2016 às 9:43 am | Publicado em Divulgação, Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

13310483_1362510800443452_9055197132249115866_n

Entrada gratuita!

Confirme para geral@livroshorizonte.pt ou 21 3466917

No dia 1 de junho, celebrando o Dia da Criança, chegará às livrarias a nova aposta da Livros Horizonte, Reis Procuram Príncipes, da jornalista Ana Kotowicz. Um livro infantil que através de um conto explica aos mais pequenos o caminho da adoção, com as ilustrações mágicas de Rita Correia, onde as imagens e a história parecem ganhar vida e saltar do papel. Numa linguagem sensível e adaptada às crianças, a autora dá a descobrir uma forma diferente de construir uma família.

No próprio dia 1 de junho será o lançamento do livro, às 18h na Bertrand das Amoreiras. Com apresentação de Luís Osório, esta será uma tarde para ser passada em família, pois a ilustradora preparou algumas atividades também para os mais pequenos. Estão todos convidados!

Press Reis procuram príncipes

http://www.livroshorizonte.pt/

https://www.facebook.com/LivrosHorizonte/?fref=ts

 

 

Semana dos Direitos da Criança em Caminha – 30 maio a 3 de junho

Maio 27, 2016 às 8:23 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

13244061_1623217904664965_917818333904009603_o

13254109_1623217981331624_6715118083419814316_n

mais informações:

https://www.facebook.com/CPCJCaminha-1526020334384723/?fref=photo

« Página anteriorPágina seguinte »


Entries e comentários feeds.