II Congresso Internacional Envolvimento dos Alunos na Escola: Perspetivas da Psicologia e Educação – 11 – 13 julho

Maio 27, 2016 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

cieae

mais informações:

http://cieae.ie.ul.pt/2016/

Anúncios

Apresentação do Programa Estou Aqui® 2016, programa de segurança infantil dia 1 de junho, às 10h30, no Parque Infantil do Alvito

Maio 27, 2016 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

NOTA DE IMPRENSA | PRESS RELEASE

A Polícia de Segurança Pública convida para a apresentação do Estou Aqui® 2016, programa de segurança infantil vocacionado para crianças entre os 2 e os 9 anos, lançado em parceria com o MEO, RFM, Fundação PT, Instituto de Apoio à Criança e Missing Children Europe que, ao longo de quatro edições, já permitiu abranger mais de 110 mil utilizadores. Esta apresentação, no âmbito da qual serão entregues as primeiras pulseiras da atual edição do Estou Aqui®, decorrerá no próximo dia 1 de junho, às 10h30, no Parque Infantil do Alvito (Estrada do Alvito), em Lisboa.

Confirmações para: contacto@psp.PT

http://www.psp.pt/Pages/defaultPSP.aspx

https://estouaqui.mai.gov.pt/Pages/HomeInativo.htm

https://www.facebook.com/policiasegurancapublica/?fref=ts

13238867_1027743743947806_251613930574713451_n

 

I Jornadas de Direito da Família com a participação de Dulce Rocha do IAC

Maio 27, 2016 às 1:30 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

A Drª Dulce Rocha, Vice-Presidente do Instituto de Apoio à Criança, irá participar hoje nas I Jornadas de Direito da Família na Ilha da Madeira pelas 16.15 h com a comunicação “A (Nova) Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Risco”.

mais informações:

http://www.oa.pt/CD/default.aspx?sidc=31834

https://www.facebook.com/Conselho-Regional-da-Madeira-da-Ordem-dos-Advogados-137409542990048/timeline

famc3adlia

Lançamento do livro infantil sobre adoção “Reis procuram Príncipes” de Ana Kotowicz , dia 1 de junho às 18h na Bertrand do Amoreiras

Maio 27, 2016 às 9:43 am | Publicado em Divulgação, Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

13310483_1362510800443452_9055197132249115866_n

Entrada gratuita!

Confirme para geral@livroshorizonte.pt ou 21 3466917

No dia 1 de junho, celebrando o Dia da Criança, chegará às livrarias a nova aposta da Livros Horizonte, Reis Procuram Príncipes, da jornalista Ana Kotowicz. Um livro infantil que através de um conto explica aos mais pequenos o caminho da adoção, com as ilustrações mágicas de Rita Correia, onde as imagens e a história parecem ganhar vida e saltar do papel. Numa linguagem sensível e adaptada às crianças, a autora dá a descobrir uma forma diferente de construir uma família.

No próprio dia 1 de junho será o lançamento do livro, às 18h na Bertrand das Amoreiras. Com apresentação de Luís Osório, esta será uma tarde para ser passada em família, pois a ilustradora preparou algumas atividades também para os mais pequenos. Estão todos convidados!

Press Reis procuram príncipes

http://www.livroshorizonte.pt/

https://www.facebook.com/LivrosHorizonte/?fref=ts

 

 

Semana dos Direitos da Criança em Caminha – 30 maio a 3 de junho

Maio 27, 2016 às 8:23 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

13244061_1623217904664965_917818333904009603_o

13254109_1623217981331624_6715118083419814316_n

mais informações:

https://www.facebook.com/CPCJCaminha-1526020334384723/?fref=photo

SNS vai garantir duas avaliações oftalmológicas a todas as crianças até fazerem cinco anos

Maio 27, 2016 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

notícia do Sol de 3 de maio de 2016.

Shutterstock

 

Marta F. Reis

Governo determinou esta semana o reforço da oferta de saúde visual, uma das áreas em que o SNS dá menos resposta

Todas as crianças vão passar a ser chamadas para rastreio da saúde visual pelos centros de saúde pelo menos duas vezes até completarem cinco anos. Um despacho publicado esta semana revela que o Serviço Nacional de Saúde vai implementar um rastreio de base populacional para avaliação da saúde visual infantil. As crianças serão chamadas para uma primeira avaliação aos dois anos de idade e, para uma segunda, entre os quatro e cinco anos. Caso tenham algum problema, serão encaminhadas para uma consulta de oftalmologia no hospital. E a espera não poderá ser de meses como acontece quase sempre nesta especialidade a menos se que se trate de um problema urgente: os hospitais terão de dar resposta a estes casos em quatro semanas.

O diploma avança que esta nova oferta do Serviço Nacional de Saúde vai começar a ser testada em experiências-piloto na região Norte, em centros de saúde do Porto, Gondomar, Maia e Valongo e nos hospitais de S. João e Santo António.

Até novembro os serviços têm de ter tudo organizado para começar a chamar todas as crianças de dois anos. Uma preocupação central será o despiste precoce da ambliopia, o chamado “olho preguiçoso”. Esta condição aumenta o risco de perda visual no outro olho se não for devidamente acompanhada.

O diploma reforça os cuidados em torno da saúde visual no Serviço Nacional de Saúde, com o governo a sublinhar que “expandir e melhorar a capacidade da rede dos cuidados de saúde primários” passa também pela ampliação da cobertura do SNS na área da saúde visual.

Além da atenção dirigida às crianças, haverá um reforço do despiste da Degenerescência Macular da Idade (DMI), em particular nos diabéticos, que têm maior risco de desenvolver esta condição que pode levar à cegueira. Os utentes serão chamados aos centros de saúde para rastreio e, caso este dê positivo, serão também encaminhados para consulta oftalmologia no SNS num centro de referência num prazo de quatro semanas.

A oftalmologia é das áreas em que os hospitais têm maiores listas de espera para consulta. Os dados disponíveis no Portal do SNS revelam que em doentes com prioridade normal, a espera chega a ser de765 dias no Hospital de Seia que pertence à Unidade Local de Saúde da Guarda. São mais de dois anos. Os hospitais de Chaves, Covilhã, Barreiro-Montijo, Loures, Santarém, Caldas da Rainha, Alcobaça, Leiria, Pombal e Águeda têm todos mais de um ano de espera.

 

 


Entries e comentários feeds.