Antes de partilhar uma fotografia… Pense!

Fevereiro 5, 2016 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

gnr

Imagem retirada da Facebook da GNR

The Present – Vídeo

Fevereiro 5, 2016 às 8:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Mais e novas “Histórias do Lucas” Segunda série já chegou à RTP

Fevereiro 5, 2016 às 2:30 pm | Publicado em O IAC na comunicação social, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

lucas

mais informações no comunicado de imprensa da Go To em baixo:

PR_Segunda Série Histórias do Lucas_04022016

Sábados em Cheio em Fevereiro na Biblioteca Municipal José Saramago – Loures

Fevereiro 5, 2016 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

loures

Em fevereiro, nos Sábados em Cheio, poderá ver ou rever Coisas pequenas são coisas pequenas, animação baseada no álbum “Une toute petite chose”, com texto de Anne-Gaelle Balpes – uma história de grande sensibilidade que aborda o tema da solidão na terceira idade.

Tem ainda oportunidade de assistir às animações estreadas no final de 2015, Queres namorar comigo?  e Com a cabeça nas nuvens.

E não se esqueça, uma vez por mês, temos a animação para bebés (crianças até aos 3 anos), sujeita a marcação prévia.

Para mais informações, poderá consultar a programação disponível.

Programação

Biblioteca Municipal José Saramago
Rua 4 de Outubro, nº19
2670-466 LOURES
bmjs@cm-loures.pt
Tel. 21 115 1262/64/73

 

Art Gurus: A aplicação gratuita para promover a criatividade

Fevereiro 5, 2016 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

11215856_1060853837279791_6485651214226744616_n

Artigo de Marisa Pinto, publicado em 2 de Janeiro de 2016.

Atualmente existem muitas aplicações para promover a criatividade de miúdos e graúdos e todas elas ajudam a que o nosso cérebro trabalhe e se torne mais criativo, o que ajuda, e muito, na realização de outras tarefas diárias como estudar, relacionar-se com as pessoas, etc.

Hoje divulgamos a app Art Gurus da equipa Colto, uma app gratuita para promover a criatividade!
Já havíamos divulgado trabalhos da equipa Colto aqui e aqui e garantimos que tudo o que seja criado por esta equipa é pensado essencialmente na promoção das capacidades dos mais novos.

São aplicações bem construídas e super animadas e divertidas.

Recentemente a equipa lançou a app Art Gurus, um jogo divertido direcionado para crianças em idade pré-escolar como forma de estimular a criatividade dos seus pequenos-grandes cérebros.
Art Gurus é um jogo de desenho, para crianças entre os 2 e os 6 anos de idade que lhes permite desenhar e pintar de uma forma original e divertida, fazendo-os ainda rir em voz alta!!

Os jogadores exploram uma sala de aula interativa e devem deixar a imaginação fluir entre o cabelo do professor, a mochila, o relógio, etc.
Características:

É fácil para as crianças brincarem.
Tem 15 cores diferentes.
Tem 18 autocolantes reversíveis à escolha.
Utilizem a varinha mágica para criarem automaticamente um projeto funky.
Tira fotografias e partilha-as com amigos.
Sem compras na app ou publicidade.
Segura para os mais novos.

 

Fonte

Veja AQUI a app em vídeo.

Brinquedos conectados: poderão ser um risco para as crianças?

Fevereiro 5, 2016 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

vtech-hacked-FB-1024x1024

Artigo de Pedro Pinto, publicado em 8 de janeiro de 2016,  para http://empresashoje.pt

O Natal já passou e, seguramente, muitas foram as prendas dadas às crianças de todo o mundo. Entre estas, como tem vindo a suceder nos últimos anos, voltaram a estar em força os brinquedos tecnológicos com ligação à Internet, que os mais pequenos pedem cada vez mais. Concebidos para alegrar a vida dos miúdos – e muitas vezes dos graúdos – pode acontecer porém que representem também um risco para a segurança de todos, estando a tornar-se num veículo preferencial dos cibercriminosos.
No passado mês de novembro, uma conhecida marca de brinquedos eletrónicos, a VTech, anunciou ter sido alvo da ação dos hackers. Como consequência, ficaram expostos os dados de cinco milhões de utilizadores de uma das suas bases de dados. Como é costume acontecer nestes casos, os cibercriminosos conseguiram deitar a mão a nomes de utilizadores, passwords, endereços IP, etc.

Aliás, neste caso específico, os cibercriminosos conseguiram obter informações extra: nomes das crianças, datas de aniversário e fotos de dezenas de milhares de menores. De acordo com a empresa, a falha de segurança afetou utilizadores de Espanha, Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, Irlanda, França, Alemanha, Bélgica, Holanda, Dinamarca, Luxemburgo, Hong Kong, China, Austrália, Nova Zelândia e alguns países da América Latina.
Para manter as crianças seguras e fazer com que os brinquedos não sejam um perigo, a Kaspersky Lab oferece quatro conselhos aos pais:

– Ajuste o nível de exposição à Internet e aos dispositivos com conectividade para proteger os mais pequenos. Faça uma pequena investigação prévia para saber, na realidade, a que se estão a expor.
– Não use dados reais. As páginas web que pedem dados pessoais para registrar os seus utilizadores, acabam por guardá-los para posteriormente tentar vender produtos ou serviços ou simplesmente para vender esses dados a outros comerciantes.
– As fotos importam. Ninguém deve ter acesso às fotos de uma criança a menos que os pais autorizem. A sua proteção é essencial.
– Dispositivos inteligentes mas não seguros. A Internet das Coisas está cada vez mais presente e, hoje em dia, podemos encontrar desde frigoríficos a monitores de bebés ligados à Internet. No entanto, os fabricantes nem sempre têm a segurança como uma das suas prioridades. No momento de escolher um produto do género, a segurança deve ser um fator a ter em conta.

Quando se trata da luta contra o cibercrime, o senso comum e uma boa solução de segurança serão os nossos melhores aliados. Quanto menos se partilha na Internet, menos informação sobre nós circulará na rede e menor será o risco de que usem os nossos dados contra a nossa vontade.

 

Fonte

 

 


Entries e comentários feeds.