100 mil crianças já escreveram ao “Senhor Pai Natal dos Correios”

Dezembro 23, 2015 às 7:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

Notícia do Diário de Notícias de 23 de dezembro de 2015.

Muitas crianças desenham o que querem receber no Natal / DR

Muitas crianças desenham o que querem receber no Natal

Ana Bela Ferreira

CTT respondem a todas as cartas enviadas para o Pai Natal. Brinquedos são o presente mais pedido, mas também há quem peça saúde, um irmão ou um animal de estimação

Com “muito carinho e educação”, cem mil crianças portuguesas já deram vida neste ano à tradição de escrever ao “Senhor Pai Natal” contando-lhes os seus desejos para a quadra. Todos os anos, cerca de 165 mil cartas chegam aos CTT, que garantem resposta a cada uma delas. Neste ano, o número ainda está longe do esperado pelos Correios, de 170 mil, mas à semelhança de anos anteriores os pedidos de brinquedos ocupam a maior parte das linhas, mas também há quem escreva para pedir amor, um irmão, saúde para os avós, um cão ou um gato. Roupa, curiosamente, não faz parte da lista de desejos natalícios dos mais pequenos.

Aos balcões dos Correios chegaram pedidos como o do André, que quer substituir a sua bicicleta “velhinha” que já tem “quatro anos”. Mostrando que se portou bem durante o ano e que é um rapaz bem-comportado, a carta é dirigida ao “Senhor Pai Natal”, de quem se despede com “um grande abraço”.

Beatriz, de 8 anos, também mostra muito cuidado na forma como se dirige ao Pai Natal. Talvez à procura de ser bem-sucedida e receber todos os presentes, escreve: “Olhe, eu queria pedir-lhe um favor, se não o estou a incomodar. Eu queria a boneca Princesa Sofia e um peluche. Obrigada, beijinhos, adeus, muito obrigada e muitas felicidades.” Também “com educação”, o Pedro, de 9 anos, pede um escorrega e um camião ao Pai Natal, juntando ao pedido os recortes dos brinquedos pretendidos, para que não haja erro na hora de comprar.

Alguns – por ainda não terem idade para escrever – desenham o que pretendem receber na noite de Natal. Cabe ao avozinho das barbas brancas decifrar os pedidos que se escondem nesses desenhos.

Os CTT não garantem que os desejos de todos estes meninos se vão concretizar, mas prometem uma resposta e um “pequeno presente simbólico”. Tudo graças a uma “equipa especial que se dedica a tempo inteiro” a responder às cartas que chegam para destinos tão variados como os clássicos “Polo Norte” e “Lapónia” ou os mais invulgares “Nuvem 3 da Rua do Pai Natal”, “Caminho das Estrelas”, “Terra dos Brinquedos”, “País do Pai Natal”, a “Terra do Frio” ou para o “Pai Natal dos Correios”.

Estas são as únicas cartas que os serviços recebem sem selo. Para muitas crianças esta é a primeira – e provavelmente a única – experiência de escrita de uma carta. Daí que os CTT se esforcem para manter a tradição.

Um Pai Natal para todos

A este trabalho do Pai Natal junta-se outra iniciativa dos Correios. O Pai Natal Solidário, que quer realizar os sonhos a cerca de duas mil crianças até aos 12 anos, que estão à guarda ou são acompanhadas por 55 instituições.

As crianças escreveram as suas cartas, que estão publicadas na página http://www.painatalsolidario.pt e disponíveis em 30 lojas dos CTT, e qualquer pessoa pode apadrinhar uma destas cartas, oferecendo o presente que é pedido. A identidade de padrinhos e apadrinhados é mantida em segredo e os CTT garantem a entrega gratuita dos presentes.

Até agora foram apadrinhadas 1850 cartas, faltando ainda conceder os desejos a 852 crianças. A iniciativa do Pai Natal Solidário está disponível até 6 de janeiro. O conteúdo das cartas só é conhecido depois de ser apadrinhada, mas os CTT garantem que os pedidos são semelhantes aos de todos os meninos, com os brinquedos no topo das preferências.

 

 

Gestos de Solidariedade

Dezembro 23, 2015 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

O IAC agradece ao grupo de colaboradores da TAP e aos atletas do departamento de ginástica do Sporting Clube de Portugal os donativos em géneros que ofereceram às crianças, jovens e famílias acompanhadas pelo Projecto Rua que, por certo, lhes proporcionar o um Natal muito mais feliz. A todos um bem haja e votos de boas festas!

logotap

 

 

 

Pais devem ter cuidado com medicação para a febre nas crianças

Dezembro 23, 2015 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Notícia do Sol de 10 de dezembro de 2015.

shutterstock

Os pais de hoje assustam-se demasiado com a febre dos bebés e crianças, alerta a American Academy of Pediatrics. Resultado? Abusam dos medicamentos para baixar a temperatura  – paracetamol – e dos anti-inflamatórios – ibuprofeno. As consquências de administrar estas medicações em situações em que não é estritamente necessário pode resultar num prolongamento da doença ou em risco para a saúde.

O grupo de pediatras, citado pelo The Telegraph, fala mesmo em ‘fobia da febre’ na sociedade de hoje. Há pais que administram paracetamol apenas por sentirem a criança ‘quente’ ou com temperaturas abaixo dos 38. A verdade é que a febre é uma defesa do organismo que surge para combater infecções e a não ser que seja elevada não deve ser contrariada por medicação.

A Academia alerta mesmo os médicos de família para deixarem de aconselhar o uso de antipirético ao mínimo sinal de febre, sendo que em muitos casos o intercalam ainda com ibuprofeno, pensando que os efeitos secundários são mínimos. A administração do paracetamol só deve ser feita se a febre estiver a provocar evidente mal-estar à criança.

Nas novas indicações da American Academy of Pediatrics, são relatados efeitos secundários principalmente quando são administrados o paracetamol e o ibuprofeno em concomitância. Diz o comunicado que os “médicos devem ajudar os pais a perceberem que a febre, por si só, não coloca em causa o estado de saúde da criança. Deve sublinhar-se que a febre não é doença, é antes um mecanismo fisiológico com efeitos benéficos no combate da infecção”.

 

 

 

 

3.º Curso Breve de Pós-graduação em Adoção e Apadrinhamento Civil

Dezembro 23, 2015 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

apadri

mais informações:

http://www.centrodedireitodafamilia.org/node/1078


Entries e comentários feeds.