Concurso «Euroscola-Portugal Europeu» 2015/2016 – a decorrer de 1 de outubro a 18 de dezembro de 2015

Novembro 8, 2015 às 4:28 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

concurso_euroescola_pt

Tens entre 16 e 18 anos? Então candidata-te com os teus colegas ao Concurso »Euroscola-Portugal Europeu» e ganha uma viagem ao Parlamento Europeu, em Estrasburgo, onde poderás participar numa sessão Euroscola, com alunos de toda a União Europeia. Temos três viagens para as escolas melhor classificadas!

Concurso «Euroscola-Portugal Europeu» 2015/2016 – a decorrer de 1 de outubro a 18 de dezembro de 2015

O concurso «Euroscola-Portugal Europeu» avalia os conhecimentos sobre a União Europeia, que serão refrescados numa sessão de informação proporcionada aos alunos durante uma visita ao Espaço Europa. Terão ainda oportunidade de visitar a exposição «Portugal Europeu – Meio Século de História». A história da União Europeia, os símbolos europeus, os alargamentos da União Europeia (nomeadamente a adesão de Portugal), o papel e funcionamento das instituições, os valores europeus, a cidadania e os anos europeus são os principais temas das perguntas de escolha múltipla que serão colocadas aos alunos.

Para participar, as escolas só têm que contactar o Espaço Europa e solicitar a inscrição no referido concurso.

Regulamento

No final da visita, é distribuído um questionário destinado a aferir a satisfação dos alunos e professores.

http://ec.europa.eu/portugal/espacoeuropa/index_pt.htm

Onde dormem as crianças que a guerra desalojou?

Novembro 8, 2015 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

texto do http://p3.publico.pt de 29 de setembro de 2015.

visualizar as todas as fotografias no link:

http://p3.publico.pt/actualidade/sociedade/18296/onde-dormem-criancas-que-guerra-desalojou

Magnus Wennman

autoria Magnus Wennman

A mãe de Walaa faz casas de almofadas, como que a amortecer o embate do mundo, para dizer à filha que não há nada a temer. Mas à noite, a menina síria de cinco anos chora. Todos os dias. Tem saudades da casa de Allepo — onde antes das bombas caírem, ela nunca chorava e era feliz. Os pesadelos nocturnos são também uma tormenta para Gulistan, 6 anos. Falta-lhe a almofada, companheira fiel das noites em Kobane no tempo em que as casas estavam de pé. Mohammed, 13 anos, conhecia-as bem. Passear pela cidade, olhos postos nos edifícios, era um dos seus passatempos favoritos. Agora, da cama do hospital onde vive, questiona-se se algum dia concretizará o sonho de ser arquitecto. Estas e outras histórias foram recolhidas no último ano pelo fotojornalista sueco Magnus Wennman, vencedor de dois prémios do World Press Photo. Em campos de refugiados europeus, ele viu um outro lado da história, onde a esperança é da cor da noite. E onde tudo o que foi não existe mais: as camas, as casas, o país, às vezes a família e muitas vezes os amigos. Cinco anos de guerra na Síria também é isto — dois milhões de crianças a fugir, dentro e fora das fronteiras do país. Com medo. O fotógrafo vai agora expor o trabalho “Where the children sleep” (Onde dormem as crianças) no Fotografiska, museu sueco da fotografia, e tentar com isso ajudar estes meninos e meninas através da UNHCR, agência da ONU para os refugiados. A partir de Portugal, é possível fazer doações directamente para a agência. M.C.P.

 


Entries e comentários feeds.