Workshop Bullying – Não estás Sozinho!

Outubro 16, 2015 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

bullying

Workshop Bullying – Não estás Sozinho!

A ASOS – ASSOCIAÇÃO SOLTAR OS SENTIDOS vem comemorar o Dia Mundial de Combate ao Bullying, organizando conjuntamente com o IPDJ de Coimbra, o Workshop “Bullying – Não estás sozinho!”

20 de Outubro de 2015
Auditório do IPDJ de Coimbra
Entrada gratuita
14h00 – Técnicos
15h30 – Jovens

“A maioria das crianças e jovens estabelece relacionamentos positivos com os seus colegas e amigos. Contudo, podem existir situações em que a violência tem lugar, provocando mal-estar, desconforto, medo, vergonha e insegurança na vítima”

mais informações:

https://www.facebook.com/soltarossentidos?fref=photo

Lançamento do livro, DIZ NÃO AO BULLYING – não deixes que te façam mal – 24 de outubro no CC Vasco da Gama

Outubro 16, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

não

Sábado, 24 de Outubro às 16:00

Café FNAC – Centro Comercial Vasco da Gama

LANÇAMENTO do livro, “DIZ NÃO AO BULLYING – não deixes que te façam mal!” (Plátano Editora) Será no próximo dia 24OUT, 3 anos após a publicação do livro, Plano Bullying – Como apagar o Bullying da Escola escola, que fiz em conjunto com a Sónia Seixas O local será a FNAC do Centro Comercial Vasco da Gama, pelas 16 horas.

Neste novo projecto, eu e a Sónia Seixas contámos com uma colaboradora muito especial, a minha filhota, Sara Luís Fernandes. Trata-se de uma história infantil em que se pretende sensibilizar e alertar, o mais precocemente possível, para as principais questões que caracterizam a problemática do bullying em meio escolar. Apesar de ser uma livro dirigido preferencialmente aos mais novos, foi elaborado com o objectivo de auxiliar pais, professores e outros técnicos a abordar e trabalhar muitas outras questões para além do bullying, a gestão de conflitos, a empatia, a resiliência, a comunicação, a assertividade e tantas outras dimensões essenciais para prevenir este tipo de comportamentos, nomeadamente, a capacidade de DENUNCIAR essas situações, como sempre afirmámos, o silêncio da vítima é a maior “arma” do agressor!!! Vamos TODOS dizer NÃO AO BULLYING

https://www.facebook.com/events/509144445920689/

 

 

17 outubro | Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza | Atmosfera M Lisboa – Tertúlias com Patrícia Matos (TVI24), Sandra Felgueiras (RTP) e Marta Atalaya (SIC Notícias)

Outubro 16, 2015 às 3:56 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

m

17 outubro 2015

Erradicar a Pobreza

Por uma sóbria felicidade, saudável e amiga do ambiente

Entrada Livre

Patrícia Matos (TVI24), Sandra Felgueiras (RTP) e Marta Atalaya (SIC Notícias), brilhantes figuras do nosso jornalismo e seus amigos lideram o encontro com 1h30 cada um, dedicados a aspetos da Erradicação da Pobreza.

Todas as tertúlias serão intercaladas de bons momentos socioculturais e artísticos (humor, música, dança e literatura).

Programa:

11h-12h30

Patrícia Matos &Amigos

Tertúlia – Padrões de felicidade e o fim da pobreza: incompatibilidades

Será uma exigência da erradicação da pobreza que sejamos menos felizes?

13h-14h30

Sandra Felgueiras &Amigos

Tertúlia – Comunidade e o dever de não ser pobre

Serão os subsídios garantes do direito de não ser pobre ou da sua habituação e institucionalização?

14h30-16h

Marta Atalaya &Amigos

Tertúlia – A felicidade que a depressão interroga e não quer

Não será a depressão ferida, contestação e embrião de uma nova ordem mundial?

Pelas 18h realiza-se uma Caminhada da Rua Castilho em direção à laje colocada no chão da Rua Augusta, junto ao arco, e conta com a participação de vários atletas, do Atelier de Dança Jacques Ballet e do coro Gospel de Lisboa.

Inscriçõesimpossible@impossible.pt

Lisboa – Rua Castilho, n.º 5

Telf. 210 002 730

Atmosfera M

http://www.montepio.pt/SitePublico/pt_PT/institucional/atmosfera-m.page?altcode=EATM11

https://www.facebook.com/espaco.atmosferam?fref=ts

Conferência Luso-Africana sobre os Aspetos Civis do Rapto Internacional de Crianças

Outubro 16, 2015 às 2:49 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

{c81062b4-0fb1-40de-8655-a7de6c21e6b7}

A participação é gratuita mediante prévia inscrição

mais informações:

https://www.oa.pt/cd/Conteudos/Artigos/detalhe_artigo.aspx?sidc=31634&idc=32038&idsc=40210&ida=143940

Saúde Oral e Alimentação – Recursos Educativos Digitais da Direção-Geral da Saúde

Outubro 16, 2015 às 2:45 pm | Publicado em Divulgação, Recursos educativos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

cartaz

descarregar o cartaz em formato PDF com boa qualidade gráfica no link:

https://www.dgs.pt/upload/membro.id/ficheiros/i021745.pdf

Brochura “Saúde Oral e Alimentação” no link:

http://www.ordemdosnutricionistas.pt/noticia.php?id=203

Documento da DGS sobre o Dia Mundial da Alimentação no link:

https://www.dgs.pt/em-destaque/dia-mundial-da-alimentacao-16-de-outubro.aspx

 

Crianças já têm consumos alimentares “nada saudáveis” aos dois anos

Outubro 16, 2015 às 1:53 pm | Publicado em Site ou blogue recomendado | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Notícia do Público de 16 de outubro de 2015.

publico

Alexandra Campos

Nas cantinas escolares não basta ter pratos bons do ponto de vista nutricional, é preciso que sejam também “apetecíveis”, defende o director do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, o nutricionista Pedro Graça. Hoje é Dia Mundial da Alimentação.

A obesidade infantil parece estar a estabilizar em Portugal, mas as crianças aos dois anos já têm consumos alimentares pouco saudáveis. Por isso é preciso actuar nos jardins de infância, sublinha o director do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS), Pedro Graça. No Dia Mundial da Alimentação, que se celebra esta sexta-feira, o nutricionista faz um balanço positivo dos mais de três anos e meio deste programa prioritário da Direcção-Geral da Saúde (DGS), mas admite que ainda há muito a fazer num país em que mais de metade da população adulta tem peso a mais ou sofre de obesidade.

Apesar da alteração de paradigma – “o excesso de peso passou a ser percepcionado como um problema de saúde” -, e mesmo sabendo que a alimentação inadequada é a determinante que mais anos de vida saudáveis rouba aos portugueses,  na prática não parece ser fácil “transformar isto em acção”, lamenta.

A boa notícia é a de que as três mais recentes avaliações efectuadas na população em idade escolar (seis/oito anos) – 2008, 2010 e 2012/13 – indicam que há “um abrandamento e estabilização da obesidade”, apesar de continuarmos com uma das prevalências mais elevadas da Europa. Assumindo que esta estabilização é um dos indicadores “mais gratificantes”, Pedro Graça nota que é preciso deixar passar mais tempo.

A cautela entende-se. Os resultados de recentes estudos conduzidos por duas equipas de investigação (da Universidade Católica e do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto) permitiram perceber que em idades precoces (dois, três anos) as crianças já “têm consumos alimentares nada saudáveis”, frisa. Aos dois anos, por exemplo, “17% já consome bebidas açucaradas, sobremesas e doces diariamente”.

Mas se o açucar é um tóxico, um dos “quase venenos” a evitar, o sal é o outro grande “inimigo”, enfatiza. Nestas idades, em “87%” dos casos estudados encontraram-se valores acima do máximo tolerável de sódio (cinco gramas por dia).

Aproveita, a propósito, para chamar a atenção para um acordo que passou quase despercebido, por ter sido assinado poucos dias antes das eleições legislativas, entre as associações de empresas de distribuição, de consumidores e de restaurantes e vários ministérios. Comprometeram-se a, durante o próximo ano, reduzir em 4% a oferta de sal e ir diminuindo este valor gradualmente até chegar a 5 gramas/dia em 2025 (agora é de 11 gramas/dia).

Nas cantinas faltou o marketing

Já nas cantinas escolares conseguiu-se ter “uma oferta nutricional de elevada qualidade, mas faltou fazer o marketing”, reconhece Pedro Graça. O resultado é que “os miúdos dizem: não presta, não sabe a nada”, enquanto em redor das escolas há “uma oferta alimentar de muito má qualidade”. Uma das soluções poderá passar por ter pratos não apenas “bons do ponto de vista nutricional, mas ao mesmo tempo apetecíveis, do ponto de vista do aspecto e do paladar”.

Vai mais longe ao defende que é “um desafio” para os directores das escolas conseguir que muitos alunos comam nas cantinas. Mas põe sobretudo a ênfase no papel das famílias, dos pais, que a partir de sexta-feira vão passar a ter acesso a mais uma ferramenta informática que as poderá ajudar a fazer escolhas saudáveis nas escolas.

Destaca outra ferramenta que pode ajudar a tomar decisões saudáveis e que começa a estar disponível em todo o lado, graças à normativa europeia que obriga a indústria a colocar rótulos nutricionais nos produtos alimentares (até ao final deste ano).É “uma revolução”, frisa.

Desde que o programa da DGS arrancou, também se conseguiu incentivar o consumo do pequeno-almoço, mas falta obter resultados expressivos na qualidade da primeira refeição. “As taxas de consumo do pequeno-almoço ultrapassam os 90% mas ainda é pequeníssima a percentagem dos que comem fruta ou bebem sumo” pela manhã, ou seja os que tomam um pequeno almoço “adequado”.

Além das crianças, outro grupo prioritário é o dos idosos. A informação ainda é muito escassa mas Pedro Graça acredita que dentro de um ano e meio será possível ter “um mapeamento do estado de desnutrição” dos mais velhos, graças a estudos que já estão em curso, porque é necessário perceber se estão a ter alimentação saudável, nomeadamente os que vivem em instituições.

Sobre o impacto da crise económica, Pedro Graça também é cauteloso. “Provavelmente a sociedade portuguesa tem mecanismos de resiliência e adaptação ao stress alimentar ou foram usadas almofadas de adaptação, o que pode ter permitido atenuar o impacto da crise”, afirma. Mas há outras hipóteses, especula. Podem não estar a ser usadas “as formas de monitorização mais adequadas” ou o impacto poderá sentir-se “só daqui a oito ou nove anos”.

Há açúcar escondido em alguns alimentos. O resultado? Cáries

“Há açúcar escondido em alguns alimentos? Há! Por exemplo no ketchup e no pão dos cachorros e dos hambúrgueres”. O alerta aparece em cartazes que estão a ser distribuídos pelos consultórios dentários, escolas e unidades de saúde do país. Foi para  chamar a atenção para a relação entre os alimentos que ingerimos e a saúde oral que a Direcção-Geral da Saúde (DGS) decidiu este ano distribuir nove mil cartazes “apelativos”.

“Sabemos hoje que existe uma relação entre o desenvolvimento da cárie dentária e a frequência de ingestão de certos alimentos ou bebidas açucaradas”, avisa a DGS, que aposta nesta iniciativa para assinalar o Dia Mundial da Alimentação, em conjunto com a Rede de Bibliotecas Escolares, o Plano Nacional de Leitura e a Ordem dos Médicos Dentistas.

Chegar às famílias é a prioridade. O director do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, Pedro Graça, adianta também que, para envolver e apoiar os pais, a partir desta sexta-feira renova-se e alarga-se às famílias uma ferramenta informática que já existia, o SPARE (Sistema de Planeamento e Avaliação de Refeições Escolares), que ajuda a fazer escolhas saudáveis e é oferecida pela DGS e pela Universidade do Porto.

Também o site do programa ( www.alimentacaosaudavel.dgs.pt) vai ser renovado a partir desta sexta-feira, agregando o blogue nutrimento (www.nutrimento.pt) que tem cerca de mil utilizadores por dia e mais de 400 mil visualizações desde que foi lançado, há um ano. O blogue disponibiliza sugestões para se comer barato que passam por adequar o tipo e corte de carne ao método de confecção, além de muitas receitas saudáveis.

Para encontrar receitas que além de saudáveis são baratas pode ainda consultar www.alimentacaointeligente.dgs.pt . “Como temos poucos recursos, investimos no digital, esta é uma forma de dar resposta às dúvidas e ansiedades das pessoas”, explica Pedro Graça.

Para ajudar a comer fora de casa, vai também ser lançado esta sexta-feira um manual de alergias alimentares.

 

 

Com um 1€ dá-nos o seu apoio, com 10€ ganha uma agenda

Outubro 16, 2015 às 1:08 pm | Publicado em Campanhas em Defesa dos Direitos da Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

agenda_pag_jan2016_ex

 

O nosso projecto de crowdfunding “Agenda 2016 do Instituto de Apoio à Criança”, cujo objetivo inicial é angariar verba para a produção da agenda e a motivação final é o desenvolvimento de novos projetos ligados à prevenção de situações de violência entre os jovens, necessita do seu apoio. Se o seu donativo for superior a 10€, além das recompensas enumeradas no PPL, vai receber também um exemplar da agenda. Mas 1€ já é uma ajuda. Euro a euro…

Para apoiar a Campanha de Crowdfunding do CEDI Instituto de Apoio à Criança, aceda ao link

http://ppl.com.pt/pt/causas/agenda-iac-2016

Na causa “Agenda IAC 2016 Pela Defesa e Promoção dos Direitos da Criança” introduza o valor do seu contributo, clicando posteriormente em CONTRIBUIR. Continue o processo seguindo os passos que constam do formulário. Aconselhamos a selecionar a opção” Desejo doar o valor a este promotor, mesmo que a campanha não angarie a totalidade dos fundos“ para que possamos dispor de qualquer verba angariada e, desta forma, concretizar o nosso objetivo. A plataforma do PPL irá gerar uma Referência Multibanco para que possa fazer o seu contributo à campanha.

Agradecemos que divulgue a nossa iniciativa.

Os nosso agradecimentos

O Centro de Documentação do Instituto de Apoio à Criança

agenda_IAC_ex_1

Quase 52 mil crianças receberam pulseiras de programa da PSP

Outubro 16, 2015 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Notícia do http://www.noticiasaominuto.com de 30 de setembro de 2015.

Lusa

LUSA

Mais de 51.800 crianças receberam até final de setembro uma pulseira através do programa da PSP “Estou Aqui”, que ajuda a identificar aquelas que estejam perdidas dos pais, informou hoje a PSP.

Até final de setembro, “registamos 73.986 pedidos e contamos com 51.827 pulseiras ativas”, sendo 80 dadas como extraviadas, segundo dados da PSP, em resposta a questões da agência Lusa.

Os pais pedem mais pulseiras para as crianças com quatro anos, mas as restantes faixas etárias abrangidas pelo programa, entre os dois e os nove anos, apresentam números que não são muito diferentes.

Lisboa é o distrito com mais pulseiras atribuídas, atingindo 37,4% do total, e Bragança é aquele em que menos crianças tiveram a pulseira da PSP, ficando nos 0,5%, segundo aquela força policial.

No ano passado, tinham sido distribuídas 25 mil pulseiras e este ano foram mais do dobro, ou seja, 51.827.

Para beneficiar desta forma de encontrar crianças que se perderam dos adultos, os pais fizeram um registo na PSP e depois foram buscar à esquadra escolhida a pulseira, à qual foi atribuído um código, colocando-a no braço dos mais novos.

Em caso de desaparecimento, a pulseira permite identificar a criança e contactar os pais, sendo um instrumento que pode ser utilizado também pelos turistas de visita a Portugal.

Cada pulseira “é única”, sendo atribuída a cada uma um número diferente que, apesar de ser percetível, só pode ser lido pela PSP, através da base de dados.

Em caso de desaparecimento da criança e, através de uma chamada para o 112, serão acionados os mecanismos necessários de comunicação com as forças de segurança, que enviarão para o local do desaparecimento da criança uma patrulha policial.

 

 

 

Dia Mundial da Alimentação – 16 de outubro

Outubro 16, 2015 às 10:10 am | Publicado em Divulgação, Site ou blogue recomendado | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

A Direção-Geral da Saúde, através do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável (PNPAS), lança hoje, dia 16 de outubro o site Alimentação Saudável reformulado com edição também em inglês e com novas ferramentas de apoio ao cidadão e ao profissional de saúde.

No dia em que a FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura –, celebra 70 anos e em que se comemora em todo o mundo o Dia Mundial da Alimentação, o novo site do PNPAS apresenta também a nova versão do Sistema de Planeamento e Avaliação de Refeições Escolares (SPARE), uma ferramenta informática totalmente gratuita de planeamento de refeições escolares, destinada a diretores escolares e responsáveis pela gestão das refeições nas escolas com o apoio do Ministério da Educação, mas que pode também ser utilizada pelas famílias que podem organizar os pequenos-almoços, lanches, almoços e jantares de acordo com as recomendações nutricionais. Além do planeamento, a ferramenta permite também a avaliação e a monitorização no sentido da melhoria contínua da qualidade das refeições escolares e familiares.

Assinala-se também hoje o primeiro aniversário do blogue Nutrimento, um espaço online dedicado à troca de informação e ao debate sobre temas da atualidade relacionados com a alimentação. Pelo nutrimento.pt passa também a divulgação das boas práticas e da investigação mais recente feita nesta área. Ao longo dos últimos 12 meses, o blogue registou mais de 96 mil utilizadores e perto das 400 mil visualizações.

Saiba mais em www.alimentacaosaudavel.dgs.PT 

Fichas de Atividades para Pré-escolar, 1.º Ciclo e 2.º e 3.º Ciclos no site:

https://www.nestlecriancassaudaveis.pt/espacoprofessor/atividades/

WFD15_Expo_ban_920x250px_EN

World Food Day

http://www.fao.org/world-food-day/wfd-at-milan-expo/en/

Encontro Dream Teens – 1 de novembro na Faculdade de Motricidade Humana

Outubro 16, 2015 às 10:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

18886962_g4MBf

A rede DREAM TEENS…

Com início em março de 2014, o Dream Teens (DT) faz parte do projeto Aventura Social, sob a coordenação da Professora Doutora Margarida Gaspar de Matos (Faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa), em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian e a Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde. O Dream Teens é uma rede de 106 jovens líderes (entre os 11 e os 19 anos), que juntamente com a equipa de apoio formada por especialistas, constitui uma rede a nível nacional. O objetivo desta rede é estimular nestes jovens o sentimento de responsabilidade, liderança, empreendedorismo e autonomia, para que possam transformar os seus sonhos e ideias em projetos concretos. No Dream Teens os jovens líderes tem mais voz, e estas vozes motivam mais e mais jovens portugueses principalmente através de ações que estimulam a participação social e cívica.

mais informações:

http://dreamteensaventurasocial.blogspot.pt/

http://dreamteensaventurasocial.blogs.sapo.pt/

https://www.facebook.com/redeDreamTeens

Página seguinte »


Entries e comentários feeds.