A comida na escola é má em todo o mundo? Crianças norte-americanas provam e dão o veredito

Setembro 18, 2015 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

ng4603009

Produtora de vídeos desafiou um grupo de crianças norte-americanas a provar os almoços das cantinas escolares de outros países do mundo, da Índia à Suécia. Do espanto ao enjoo, houve de tudo.

Serão raras as crianças que dizem gostar de almoçar na cantina da escola. Porque são obrigadas a comer fruta e legumes, porque não gostam de peixe, porque não sabe bem… as razões são conhecidas e fazem parte de todo um argumentário infantil que tantas vezes deixa os pais com peso na consciência e à beira de um ataque de nervos.

Mas a produtora de vídeos Cut conseguiu deixar um grupo de crianças norte-americanas bem mais satisfeito com os almoços disponíveis na sua escola, desafiando os mais pequenos a provar as refeições típicas de outros países do mundo.

Todos foram incentivados a experimentar os almoços escolares servidos na Índia, França, Suécia, Afeganistão, Cuba, Japão e Quénia. E se alguns até surpreendem pela positiva – uma vez ultrapassada a questão do aspeto – outros almoços deixaram praticamente todas as crianças de boca aberta de estupefação. O almoço de uma escola indiana, por exemplo, leva negativa em todos os pratos da refeição, mas outros há que chegam a agradar, como o cubano – só até as crianças descobrirem que estão a comer uma raiz de tubérculo. Uma questão de perspetiva.

 

 

 

Diário de Notícias em 27 de Agosto de 2015

TrackBack URI


Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: