Congresso Nacional “Uma Educação a pensar no futuro!”

Maio 29, 2015 às 9:27 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

drem

mais informações:

http://dream-aepas.wix.com/http

Museu de São Roque celebra o Dia da Criança

Maio 29, 2015 às 7:26 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

roque

http://www.museudesaoroque.com/pt/home/dia-mundial-da-criança.aspx

 

Música que causa avalanches e faz revoluções – Orquestra Geração

Maio 29, 2015 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Reportagem do Expresso de 18 de maio de 2015.

2015-05-18-masterclass-Orquestra-Geracao

Nos últimos oito anos a Orquestra Geração conquistou mais de 900 alunos de escolas problemáticas Expresso

Ana Soromenho

A Orquestra Geração anda a tocar desde 2007 para combater o abandono escolar e já conquistou 900 alunos das escolas mais problemáticas da área metropolitana de Lisboa. Esta terça-feira, pela primeira vez, juntam-se no palco do Teatro São Luiz, num concerto único com músicos consagrados como Mário Laginha, Adriano Jordão, Camané, Rodrigo Leão, Carlos Martins ou Celina Pereira.

Qualquer criança pode tocar um instrumento” ou “a música salva”. Concentremo-nos nestas duas máximas. Quando aplicadas à realidade podem-se tornar poderosas. É o caso da Orquestra Geração/Sistema Portugal, criada em 2007 por António Wagner Diniz, diretor adjunto da Escola de Música do Conservatório Nacional, e Jorge Miranda, na época diretor de Educação Cultural na Câmara Municipal da Amadora. A ideia era construir uma rede de orquestras juvenis composta por alunos de escolas problemáticas na área metropolitana de Lisboa para que no final todos pudessem tocar juntos. Partiu de um objetivo simples: “Promover o sucesso escolar em zonas problemáticas através do ensino da música.” Nesse sentido a Orquestra Geração  não é um projeto musical. É  um projeto social. “O propósito não é criar músicos, se acontecer melhor. O propósito é combater o abandono escolar, através da prática da orquestra”, sublinha Wagner Diniz.

Promover a concentração e a aquisição do trabalho em grupo através da aprendizagem de um instrumento e transformar a escola num lugar que se quer frequentar pode parecer uma tarefa difícil. Mas o crescimento da Orquestra neste últimos oito anos, prova o contrário e diz-nos que é possível acreditar no sucesso do ensino por via da arte.

Há oito anos, quando o projetou arrancou, participavam 15 crianças. Neste momento, integra mais de 900 alunos e abranje 18 escolas da zona metropolitana de Lisboa, mais quatro em Coimbra e outra em Gondomar. A ideia é conseguir contaminar o país e incluir todas as escolas assinaladas como problemáticas e de maior abandono escolar.

São as autarquias ou as juntas de freguesia que se inscrevem para que cada escola forme a sua própria orquestra e para que depois todos se encontrem na Orquestra Geração. Este modelo foi inspirado no El Sistema venezuelano, criado em 1975 pelo maestro economista José António Abreu, com o intuito de tirar crianças da pobreza com a ajuda de Mozart ou Vivaldi. O sucesso de El Sistema foi de tal ordem que neste momento conta com mais de 250 mil alunos e já pôs alguns dos alunos das escolas mais carenciadas da Venezuela a integrar grandes orquestras mundiais. Na prática, o sistema do ensino da música deste projeto baseia-se num método de aprendizagem muito simples de um instrumento, vendo o que o professor faz, copiando-lhe os gestos e confiando no ouvido sem ter de recorrer ao solfejo ou ao ensino da música tradicional, que rapidamente faria os alunos desistir.

Entre os países europeus, Portugal foi pioneiro a seguir o modelo do El Sistema, que entretanto tem-se vindo a espalhar e já conquistou 42 países da Europa: “Fazemos parte de uma rede de orquestras europeias de professores e alunos e muitas vezes somos consultados pelo sucesso que temos”, diz-nos Wagner Diniz.

A Orquestra Geração conta com as câmaras municipais e vive fundamentalmente de mecenas: “Neste momento, o orçamento que temos não chega para renovar os instrumentos, pagar a logística envolvida nos concertos ou o ordenado dos maestros”, enumera o mentor do projeto.

Pela primeira vez organizaram um concerto no qual se juntam ao empenho dos quase mil alunos do 1º e do 2º ciclo que formam a Geração, as sonoridades de consagrados como Mário Laginha, Rodrigo Leão, Camané, Celina Pereira ou Adriano Jordão que aderiram ao projeto, em nome da música que causa avalanches e faz revoluções.

vídeo da reportagem aqui

 

 

 

Oficina de Democracia – Fábrica das Artes | para todas as infâncias

Maio 28, 2015 às 6:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

phpThumb_generated_thumbnailjpg

José Mateus ⁄ Maria Gil

Imaginemos um mundo, mas não um mundo qualquer! Queremos o melhor dos mundos, com uma sociedade perfeita.

Parece-te impossível? Utópico? Nesta oficina, a expressão dramática e as inquietações do ser humano juntam-se para pensar, jogando com temas universais tao incríveis como a justiça, a igualdade, a liberdade, o grupo, o individuo. Partindo da obra de Thomas More, Utopia, e dos seus mapas, vamos imaginar “não-lugares” (utopia quer dizer isso mesmo!), sociedades imaginadas, e torná-los “lugares” cheios de significados. Vamos formar uma Assembleia (igual a da Republica), onde podemos participar num diálogo aberto, livre e cooperativo.

Uma encomenda da Fábrica das Artes, apresentada originalmente na Fábrica das Artes em abril de 2014.

Ideia original e curadoria Madalena Wallenstein

Conceção José Mateus, Maria Gil e João Concha

Monitores José Mateus, Maria Gil

CONTACTOS FÁBRICA DAS ARTESMaria José Solla | Manuel Moreira | Tânia Guerreiro

Todos os dias úteis das 11:00 às 13:00 e das 15:00 às 18:00

Telefones (+351) 213 612 899 e (+351) 213 612 898 ou do fax (+351) 213 612 859.

fabricadasartes@ccb.pt

mais informações:

https://www.ccb.pt/Default/pt/FabricaDasArtes/Programacao/Oficinas?A=46

Dia Internacional da Criança Desaparecida

Maio 28, 2015 às 4:33 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Na Escola EB 1 / Jardim de Infância do Condado, do Agrupamento Escolas Luís António Verney a equipa do Centro de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil – Zona Oriental, do Projecto Rua assinalou o Dia Internacional da Criança Desaparecida. As crianças pintaram um miosótis de cartolina, escreveram uma mensagem e fizeram uma largada de balões. Esta atividade foi enquadrada com uma sessão sobre a problemática em causa, evidenciando a importância de adotar comportamentos preventivos. Balões e crianças, são por tradição ingredientes que trazem muita alegria! Assim aconteceu no Bairro do Condado!!!

Ana Isabel Carichas

1 2 3

Dia Mundial da Criança em Coimbra

Maio 28, 2015 às 4:26 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

No Dia Mundial da Criança, a comunidade educativa das escolas e jardins-de-infância de Coimbra deslocam-se ao exterior para que as crianças comemorem o seu dia.

Assim, a Câmara Municipal de Coimbra organiza o Projecto Aldeia das Oficinas que se vai realizar no próximo dia 1 de junho, no Parque Verde, com diversos ateliês infantis assegurados pelos diferentes serviços de Instituições e Entidades da cidade.

Como não poderia deixar de ser, o IAC-FCJ irá estar presente com a dinamização de diferentes atividades lúdicas, por forma a tornar o dia das Crianças mais feliz.

Capturar

Comemoração do Dia Internacional da Criança, dia 1 de Junho, Ordem dos Advogados com a participação de Melanie Tavares do IAC

Maio 28, 2015 às 2:03 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

A Dra. Melanie Tavares, Coordenadora dos Sectores da Actividade Lúdica e da Humanização dos Serviços de Atendimento à Criança do Instituto de Apoio à Criança, irá participar na Comemoração do Dia Internacional da Criança / II Fórum Internacional da Criança Migrante “Vozes da Infância Mundial” dia 1 de Junho, Ordem dos Advogados na “Oficina com Crianças : Vozes da Infância Migrante” pelas 15.00 h.

mais informações sobre o evento no link:

http://www.oa.pt/Conteudos/Artigos/detalhe_artigo.aspx?idc=31632&ida=142144

ordem

O Papagaio Louro – Concerto de Solidariedade no Teatro Nacional de São Carlos que reverte para o IAC dia 30 de maio

Maio 28, 2015 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Destaque-Programa-Educativo-TNSC-O-Papagaio-Louro

Destinado aos mais novos, este espetáculo utiliza narrações em conjunto com a música. Assim, é revelado o poder que a música tem para retratar experiências reais e imaginárias.

Entrada condicionada ao levantamento prévio de senha, mediante entrega de brinquedo ou livro que reverte para o IAC — Instituto de Apoio à Criança; levantamento de senha a partir de sábado, 30 de maio, às 10h, na bilheteira; disponibilidade limitada à lotação do Foyer do Teatro Nacional de São Carlos.

mais informações:

http://tnsc.pt/novo-programa-educativo-do-teatro-nacional-de-sao-carlos/

 

VOLUNTARIADO “Pontes de Humanidade” na Alemanha -VAGAS (entre início de agosto de 2015 e final de julho de 2016)

Maio 28, 2015 às 12:01 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

programa

O Ano de Voluntariado Social em Dresden – Alemanha tem 2 programas: um para pessoas com idades entre 18-25 anos chamado Freiwilliges Soziales Jahr (FSJ) e outro para pessoas com mais de 18 anos chamado Bundesfreiwilligendienst (BFD).

Este projeto luso-alemão é um dos frutos da cooperação entre as duas entidades: CLUBE e ICE. Maior informação: http://www.freiwilligendienst.de/

O projeto de voluntariado será desenvolvido no âmbito do acompanhamento e do cuidado de pessoas portadoras de deficiência. Os/as voluntários/as serão integrados/as na equipa de profissionais e assistentes que trabalham nas instituições de acolhimento.

As experiências que os/as voluntários/as desenvolverão através da relação com todas as pessoas envolvidas serão amplamente enriquecedoras em todas as áreas das suas vidas.

Os/as voluntários /as receberão as seguintes prestações:

  • Alojamento.
  • Subsídio de Manutenção (aprox. 229€ / mês) + passe de transporte local.
  • Dinheiro de bolso (aprox. 100€/ mês).
  • Seguro (saúde, acidentes, danos a terceiros, segurança social alemã).
  • 4 semanas de Curso intensivo de Alemão e de Cultura Geral Alemã.
  • 25 dias de Seminários ao longo dos 12 meses de serviço.
  • 24 dias de férias, 40 horas de trabalho por semana.
  • Formação pedagógica, prática e profissional dos/as voluntários/as a cargo dos/as mentores/as e conselheiros/as técnicos/as de cada instituição.
  • Uma vez terminado 1 ano de voluntariado, possibilidade de alargamento do período de voluntariado por mais 6 meses.
  • Pagamento da viagem de regresso a Portugal.

Atenção:

1-O pagamento da viagem de ida para a Alemanha fica a cargo de cada voluntário!

2-Durante a estadia na Alemanha, o CLUBE manterá contacto regular com os/as voluntários/as portugueses/as.

Espera-se dos/as voluntários/as:

  • Idades: 18-25 anos (programa FSJ), >18 sem limite máximo de idade (programa BFD).
  • Vontade e empenho em desenvolver competências lingüísticas em alemão.
  • Motivação, vontade de participar ativamente e compromisso social.
  • Motivação e vontade de aprender a cultura e a língua alemã e de trabalhar em equipa.
  • Motivação para a preparação e implementação dos Seminários do ICE (na sua introdução, desenvolvimento e reflexões finais): sobre cultura internacional, Educação Cívica, história e debates referentes a assuntos sociais e políticos atuais.

Datas:

  • Partida para Dresden, Alemanha: 1 de agosto.
  • Entre os dias 1–31 de agosto: Formação linguística, pedagógica e profissional.
  • 1-16 de Agosto: Seminário de Preparação Pedagógico-profissional para o Voluntariado.
  • 16-31 de Agosto: Curso Intensivo de Alemão e de Cultura Geral Alemã.

31 de Agosto: viagem dos/as voluntários/as para as suas instituições de acolhimento.

NB – Serão também definidas datas para a preparação em Portugal.

Documentação (em alemão -preferencialmente- ou em inglês):

  • CV com foto.
  • Carta de motivação.
  • Carta de recomendação.
  • Cópia do BI ou Passaporte.
  • Atestado médico. Onde deve constar que o voluntário/a não padece de nenhuma doença de tipo contagioso. O trabalho do/a voluntário/a será desenvolvido com pessoas com estados de saúde frágeis, não sendo adequado estas terem contato com portadores de doenças transmissíveis. Também deve ser indicado se o voluntário/a precisa de algum medicamento em particular ou se padece de alguma doença crónica, etc. O ICE será o responsável pela organização da “assistência médica” dos/as voluntários/as, pelo que será útil conhecer o seu estado de saúde.
  • Certificado criminal.

NB – O CLUBE terá por missão a seleção dos/as candidatos/as, o apoio à preparação para a ida, o acompanhamento por skype/email durante a estada e o “debriefing” após o regresso.

Candidaturas, questões e mais informações, enviar para: sve.clube@gmail.com

Prazo de apresentação de candidaturas: 10 de Junho.

 

Workshop: “Avaliar e Intervir nas perturbações da Comunicação e Linguagem” – 2ª Edição

Maio 28, 2015 às 10:18 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

oficina

mais informações:

http://www.oficinadidactica.pt/dynamic_page_formacao2.php?id=982

 

« Página anteriorPágina seguinte »


Entries e comentários feeds.