Contos no Moinho – Moinho de Maré da Mourisca – Setúbal

Abril 24, 2015 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

moinho

Para grupos escolares no Moinho de Maré da Mourisca – Setúbal 265 783 090 * gatur@mun-setubal.pt

O local é um verdadeiro encanto, com espaços e recantos fantásticos…cheio de belezas naturais, e outras coisas mais, feitas para encantar quem tiver a oportunidade de participar na atividade “Contos no Moinho”

Levem as “vossas” crianças a assistir à Hora do Conto no fantástico Moinho de Maré da Mourisca, em Setúbal, com visitas guiadas, ateliês criativos (adequados às diferentes faixas etárias) e espaço para piqueniques em plena natureza.

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=694555043919532&id=562232440485127&notif_t=like

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=694608320580871&id=562232440485127&notif_t=like

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=694558217252548&id=562232440485127&notif_t=like

rapaz

“O Ricardo nasceu num planeta ameaçado: são as florestas que estão a desaparecer, os oceanos poluídos, os problemas com a água e a energia, as centenas de espécies em vias de extinção. O Ricardo preocupa-se a sério e é mesmo um exemplo a seguir… até ao dia em que se apercebe de que muitas pessoas à sua volta parecem viver num outro planeta. E então, um belo dia, desiste: «Mandou a reciclagem às urtigas. Passou a tomar banhos de imersão. Esquecia-se de desligar os interruptores. Fazia fitas para andar a pé e de bicicleta. Queria lá saber das florestas ameaçadas ou das espécies em vias de extinção…!». Mas tudo irá mudar, durante um passeio pelo campo, quando os olhos do Ricardo se cruzam com um guarda-rios em pleno voo…  Quando gostamos muito de uma coisa, queremos conhecê-la melhor. E quando gostamos e conhecemos, passamos a cuidar dela e de tudo o que existe à sua volta, sem pensarmos duas vezes. Um livro que mostra bem como neste planeta estamos todos ligados: pessoas, aves, lagartixas, florestas, rios, a chuva ou o sol.”

Isabel Minhós Martins – Planeta Tangerina – “ O rapaz que gostava de livros “

https://www.facebook.com/pages/Oficina-Era-uma-vez/562232440485127

Entretanto poderão, se assim o desejarem, fazer um gosto na minha página para receberem as notificações das nossas iniciativas, e outras informações… de encantar.

oficina

 

 

Conflitos dos jovens com a família associados a dependências online

Abril 24, 2015 às 3:51 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Notícia do Público de 22 de abril de 2015.

Manuel Roberto  Arquivo

Adriana Neves

Isolamento e depressão são outros sintomas de quem passa demasiado tempo na internet.

Um em cada dez jovens apresenta sintomas do uso problemático da Internet. Quatro em cada dez admitem que são dependentes do mundo online. Estas são algumas das conclusões de um estudo que envolveu 645 adolescentes do 3.º ciclo do ensino básico.

O projecto “Uso da internet nos jovens: um projecto de promoção da saúde” tem como objectivo alertar para os riscos da dependência online e, ao mesmo tempo, tirar algumas conclusões acerca do comportamento dos jovens e do ambiente em que se inserem.

Os resultados da linha de investigação vão ser apresentados na íntegra esta quinta-feira no Congresso Internacional de Psicologia da Criança e do Adolescente, em Lisboa.

Ivone Patrão, coordenadora de investigação na área das dependências online no Instituto Superior de Psicologia Aplicada-Instituto Universitário (ISPA – IU), explica ao PÚBLICO que na investigação desenvolvida concluiu que pessoas com grandes dependências online estão mais predispostas ao “isolamento, à depressão e a conflitos com a família”. A investigadora alerta que, para além de não ser um estilo de vida saudável, “há riscos relacionais e sociais associados” às pessoas que “vivem através da Internet”.

Segundo Ivone Patrão, os hábitos relacionados com a Internet são diferentes para os rapazes e para as raparigas. Eles preferem os jogos online enquanto elas passam grande parte do tempo nas redes sociais. No entanto, Ivone Patrão indica que não há informação suficiente que permita concluir que uma dependência tem mais efeitos negativos do que outra.

A investigadora adianta que colaborou também numa intervenção paralela realizada numa escola profissional na área de Lisboa que abrangeu 80 jovens do ensino secundário. Ivone Patrão explicou que promoveu diversas actividades onde se envolvem directamente os jovens, como “teatros, vídeos e palestras”, com o objectivo de alertar toda a comunidade escolar para os riscos do uso excessivo da Internet. A ideia foi que, em vez de uma palestra tradicional, todos pudessem divulgar informação de forma criativa. A temática das dependências online foi dinamizada durante uma semana.

Em Novembro, a mesma investigadora explicou ao PÚBLICO que tinha realizado um outros estudo que concluia que quase três quartos da população dos 14 aos 25 anos apresentava sinais de dependência do mundo digital. Na altura, foram 900 os jovens inquiridos.

Esta quinta-feira, para além deste estudo, vão ser apresentados no mesmo congresso outros trabalhos com “Tecnologia e Criatividade” como tema central. É o caso de uma investigação que, por exemplo, concluiu que os rapazes transgridem mais na condução do que as raparigas ou que há um aumento de comportamentos violentos associados ao uso do computador.

Depois da apresentação de resultados dos vários trabalhos, pretende-se encontrar resposta para “Crianças e jovens e as novas tecnologias: risco ou oportunidade?”.

Texto editado por Andrea Cunha Freitas

Quantas crianças vivem na União Europeia?

Abril 24, 2015 às 1:00 pm | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

texto do Facebook da Representação da Comissão Europeia em Portugal de 22 de abril de 2015.

Sabes quantas crianças vivem na União Europeia?
A resposta a estas e outras questões na publicação «Ser jovem na Europa de hoje» do Eurostat que pode ser consultada aqui http://ec.europa.eu/…/products-press-releas…/-/1-16042015-AP

euro

Conversas de Fim de Tarde – “Quem sou no Ciberespaço?”

Abril 24, 2015 às 12:26 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

quem

O evento é gratuito, mas sujeito a inscrição – https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-conversas-de-fim-de-tarde-quem-sou-no-ciberespaco-16465039376

progr

WORKSHOP LIFE COACHING: AS MINHAS 7 SAÚDES – 29 de abril Dia da Solidariedade Intergeracional

Abril 24, 2015 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

iscte

programa para o nosso dia 29 de Abril deste ano – dia da solidariedade intergeracional:

WORKSHOP LIFE COACHING: AS MINHAS 7 SAÚDES

Objectivo: Cada participante terá a oportunidade de trabalhar individualmente, mas em grupo, questões psicossociais como o auto-conhecimento, a gestão de conflitos interpessoais, a gestão do tempo, a tomada de decisão, a assertividade, a relação e comunicação interpessoal, a funcionalidade da rede de suporte e a autonomia.

Duração: 7h; Horário: 10-17h Valor: 100 euros por pessoa Data: 29.4.2015; Local: ISCTE-IUL (metro Entrecampos)

Para garantir a sua inscrição, basta enviar um email para marta.goncalves@iscte.pt com o seu email, nome e idade que o ISCTE-IUL enviará um email com os dados para transferência e posterior factura (que pode descontar no IRS em formação).

Até breve!

Marta Gonçalves, Dr. phil./PhD

Investigadora, Centro de Investigação e Intervenção Social Instituto Universitário de Lisboa ISCTE-IUL

Avenida das Forças Armadas (Gab. 2N5)

1649-026 Lisboa

Portugal

e-mail: marta.goncalves@iscte.pt

homepage: http://www.cis.iscte-iul.pt/People.aspx?id=49 [1]

ORCID: http://orcid.org/0000-0002-0232-2631 [2]

facebook: https://www.facebook.com/F.SM.RI [3]

skype: mgoncalves5005

 

Mês da Prevenção dos Maus-Tratos na Infância em Grândola + Calendário dos Afetos

Abril 24, 2015 às 11:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

grandola

calend

https://www.facebook.com/pages/CPCJ-de-Gr%C3%A2ndola/336657109853799?fref=photo

Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Grândola

Rua 1º de maio, bloco 7, loja BL, – Bairro da Esperança

7570-145 Grândola

Telefone: 269 442 976

Telemóvel: 91 618 31 05

Fax: 269 450 089

E-mailcpcjgrandola@gmail.com

1.º Encontro “Novos rumos para a educação de bebés e crianças em creche e jardim-de-infância”

Abril 24, 2015 às 10:12 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

 

 

rumo

Inscrições até 30 de abril

mais informações:

https://www.facebook.com/events/822666434492000/

 

 

Menores de idade não pagam taxa moderadora a partir de 1 de maio

Abril 24, 2015 às 10:02 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

Notícia da SIC Notícias de 22 de abril de 2015.

A legislação citada na notícia é a seguinte:

Decreto-Lei n.º 61/2015 – Diário da República n.º 78/2015, Série I de 2015-04-2267051501

Procede à quinta alteração ao Decreto-Lei n.º 113/2011, de 29 de novembro, que regula o acesso às prestações do Serviço Nacional de Saúde por parte dos utentes, no que respeita ao regime de taxas moderadoras e à aplicação dos regimes especiais de benefícios

Os menores de 18 anos ficam isentos do pagamento de taxas moderadoras a partir do dia 1 de maio, uma medida que visa “promover a saúde junto daqueles que têm mais a ganhar em adotar hábitos saudáveis”.

De acordo com o Decreto-Lei hoje publicado Diário da República, o não pagamento de taxas moderadoras pelos menores de idade constitui “um estímulo indireto, num quadro de previsibilidade, ao aumento da natalidade, no âmbito da adoção de políticas públicas para a promoção da natalidade, a proteção das crianças e o apoio às famílias”.

O objetivo do alargamento da isenção do pagamento das taxas moderadoras a todos os menores de idade é, além da promoção da saúde, “garantir a eliminação de quaisquer constrangimentos financeiros no seu acesso aos serviços de saúde assegurados pelo SNS, tanto mais que a decisão de recorrer ou não aos cuidados de saúde não depende unicamente dos menores”.

Com esta alteração legislativa, ficam isentos de pagamento de taxas moderadoras os menores de idade e os jovens em processo de promoção e proteção a correr termos em comissão de proteção de crianças e jovens ou no tribunal (…) que não possam, por qualquer forma, comprovar a sua condição de insuficiência económica (…).

Estão igualmente isentos “os jovens que se encontrem em cumprimento de medida tutelar de internamento, de medida cautelar de guarda em centro educativo ou de medida cautelar de guarda em instituição pública ou privada, por decisão proferida no âmbito da Lei Tutelar Educativa (…) que não possam, por qualquer forma, comprovar a sua condição de insuficiência económica” (…).

Também “os jovens integrados em qualquer das respostas sociais de acolhimento por decisão judicial proferida em processo tutelar cível, e nos termos da qual a tutela ou o simples exercício das responsabilidades parentais sejam deferidos à instituição onde os jovens se encontram integrados, que não possam, por qualquer forma, comprovar a sua condição de insuficiência económica”.

Lusa

 

 

À descoberta da Europa! livro digital da União Europeia para crianças (entre os 9 e os 12 anos)

Abril 24, 2015 às 6:30 am | Publicado em Livros, Recursos educativos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

europa

À descoberta da Europa!

Europa: um belo continente com uma história fascinante. Muitos dos mais famosos cientistas, inventores, artistas e compositores mundiais, bem como populares artistas e grandes desportistas são europeus. Durante séculos, a Europa foi devastada por guerras e divisões. No entanto, nos últimos 60 anos, os países deste velho continente reuniram-se finalmente na paz, na amizade e na unidade, para construírem uma Europa e um mundo melhores. Este livro para crianças (entre os 9 e os 12 anos) conta a história de uma forma simples e clara. Repleto de factos interessantes e ilustrações coloridas, apresenta uma visão dinâmica da Europa e explica resumidamente o que é a União Europeia e como funciona

descarregar o livro no link:

http://bookshop.europa.eu/pt/let-s-explore-europe–pbNA0114598/

mais recursos digitais no Espaço dos Mais Novos da União Europeia:

http://europa.eu/kids-corner/explore_pt.html

Famílias têm papel fundamental para ajudar crianças a ultrapassar luto

Abril 24, 2015 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Entrevista da RTP a Manuel Pinto Barros de 15 de abril de 2015.

Ver o vídeo da entrevista no link:

http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=820489&tm=8&layout=122&visual=61

As crianças sentem a perda de maneira diferente do que os adultos. Um estudo mostra que as crianças sofrem de forma descontinuada e por curtos períodos de tempo, por exemplo no caso de luto. Isto não significa que não sintam dor, mas simplesmente não são capazes de se focar nessa emoção durante muito tempo. O psicólogo Miguel Pinto Barros considera que o papel da família é fundamental nestas situações, sendo importante os pais falarem e exporem a sua própria tristeza.

rtp

 

 


Entries e comentários feeds.