Crianças portuguesas vão ser chamadas pelos centros de saúde

Fevereiro 28, 2015 às 8:11 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Notícia do Sol de 26 de fevereiro de 2015.

As crianças portuguesas com as vacinas contra o sarampo em atraso e que vivam em zonas onde a cobertura vacinal não é óptima, vão ser chamadas pelos centros de saúde para actualizarem esta medida profilática, revelou à Lusa fonte oficial.

De acordo com a subdirectora-geral da Saúde Graça Freitas, a medida vai avançar brevemente e visa impedir que Portugal deixe de ter a actual cobertura vacinal, que é superior a 95 por cento.

A decisão da autoridade de saúde portuguesa surgiu numa altura em que a secção europeia da Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou um apelo aos políticos, profissionais de saúde e utentes para que potenciem a vacinação contra o sarampo nos grupos de risco.

Desde 2014, sete países europeus registaram 22.149 casos de sarampo, segundo a ONU. Nos Estados Unidos estão doentes cerca de 120 pessoas, em 14 estados.

No passado dia 18, uma criança de 18 meses morreu com sarampo na Alemanha, país que enfrenta o pior surto nos últimos anos desta doença altamente contagiosa.

Segundo Graça Freitas, Portugal tem taxas de cobertura nacional muito elevadas, o que não quer dizer que em determinadas populações não existam bolsas de risco.

É precisamente para reforçar estas populações de risco que a Direcção Geral da Saúde vai iniciar uma campanha a nível local. 

Caberá aos centros de saúde em zonas que não são consideradas óptimas em termos de vacinação contra o sarampo, identificar as crianças com as vacinas em atraso e chamá-las para receberem as tomas em falta.

O Plano Nacional de Vacinação (PNV), através do qual o Serviço Nacional de Saúde (SNS) administra gratuitamente a vacina contra o sarampo, prevê a primeira dose aos 12 meses e a segunda entre os cinco e os seis anos.

No caso dos pais que não aceitem o convite dos centros de saúde para vacinarem os seus filhos, estes deverão assinar um termo de responsabilidade. Se não o fizerem, esta decisão será registada pelos serviços de saúde.

Graça Freitas acredita, contudo, que as tomas de vacina em falta se devem-se mais ao esquecimento dos pais portugueses do que propriamente a uma oposição a esta medida profilática.

De acordo com a OMS, o sarampo provocou 145.700 óbitos em 2013, comparativamente aos 122 mil registados em 2012.

Em Portugal, desde 2004 que não existem casos de sarampo, sendo os registados importados.

Lusa/SOL

 

 

II Jornadas Comunicação e Desenvolvimento da Linguagem na Universidade do Minho

Fevereiro 28, 2015 às 5:06 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

 

10426189_813940172012949_8399449678743784872_n

programa

clicar nas imagens

mais informações:

CIEC – Centro de Investigação em Estudos da Criança

Universidade do Minho, Instituto de Educação

Campus de Gualtar

4710-057 BRAGA, Portugal

T: (00 351) 253.60.12.12

F: (00 351) 253.60.12.69

http://www.ciec-uminho.org/index_pt.html

 

Usos educativos do Facebook : manual para docentes – On-line

Fevereiro 28, 2015 às 5:00 pm | Publicado em Recursos educativos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

usos

descarregar o manual aqui

Manual dispuesto para orientar a docentes interesados en tomar en cuenta el potencial de la red social Facebook como estrategia de aprendizaje. Esta versión incluye (entre las páginas 13 y 15) nueva información sobre cómo obtener un código QR para un grupo cerrado que hayamos creado en FB. Esta alternativa permite añadir a los estudiantes como miembros de un grupo cerrado sin tenerlos como “amigos” en FB.

 

Workshop Birras e problemas de comportamento

Fevereiro 28, 2015 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

10999897_10152680004966476_8848020956154118404_n

Workshop

Birras e problemas de comportamento

Os problemas de comportamento colocam em causa a capacidade de educar por parte dos pais, assumindo-se muitas vezes como os “culpados” da situação em si e muitas vezes geradora de tensões familiares e conjugais. Em algumas famílias, pai e mãe nem sempre estão de acordo quanto às práticas educativas dos seus filhos. Desta forma, a existência de conflitos entre os pais e a confusão exercida na criança é uma frequente. No que diz respeito à educação deste perfil de crianças, infelizmente, não existem respostas fáceis assim como não existem métodos ou estratégias “tipo” que funcionem em todo o tipo de casos na gestão de comportamentos. Neste sentido, com este workshop, pretendemos fornecer algumas sugestões úteis aos pais, que os possam ajudar a melhorar o comportamento dos seus filhos e a criar um bom ambiente familiar.

Destinatários

Pais, educadores de infância e outros profissionais e/ou estudantes de educação e/ou saúde

Formadores

Joana Horta e Magda Alves

Próximas datas

7 de Março 2015 | 09h30 – 16h30

Auditório do CADIn Cascais – Estrada da Malveira, Edifício CADIn

Inscrições

Pelo e-mail | congressos@cadin.net

Custo | 40€

Nº mínimo de participantes | 10

http://www.cadin.net/workshop-birras-e-problemas-de-comportamento/

 


Entries e comentários feeds.