As crianças da guerra dos 50 dias

Janeiro 11, 2015 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

texto do site do Público de 4 de janeiro de 2014.

510873

Os bombardeamentos começaram pelas três da manhã. Fugi de casa e no escuro perdi-me da minha família. Depois de ter perdido a família, vi um estranho que corria como eu. Corri ao seu lado até chegarmos a uma zona segura. No dia seguinte, essas pessoas ligaram ao meu pai para lhe dizer que eu estava vivo. O meu pai não acreditou até me ver com os seus olhos e me abraçar. Os meus pais pensavam que eu tinha sido morto. Choraram muito quando me viram” Yussif Saad, 14 anos (Shejayya, Faixa de Gaza)

 

 

Max Becherer

As crianças, israelitas ou palestinianas, reflectem sobre as suas experiências de guerra. Algumas delas perderam quem mais amavam. Outras, as suas casas. Todas perderam a inocência.

Para as crianças, não há melhor do que o Verão, quando podem andar a brincar no exterior e descobrir a aventura. Mas este Verão, no Médio Oriente, a violência atingiu o seu ponto de ebulição com as operações militares israelitas contra o movimento radical Hamas, na Faixa de Gaza. Centenas de crianças foram mortas, na sua maioria palestinanas. Dos dois lados do conflito, muitas mais ficaram feridas e a cicatriz emocional é profunda. Muitas crianças sofrem de ansiedade, insónias, pesadelos, perda de apetite e situações ainda mais graves, sendo que o preço a pagar vai prolongar-se no tempo muito além daqueles 50 dias em que duraram os confrontos.

“É frequente que crianças que assistiram a tal violência e a viram como ‘normal’ venham a reproduzi-la na sua vida futura”, declarou o director executivo da Unicef, Anthony Lake.

As crianças, sejam elas israelitas ou palestinianas, reflectem sobre as suas experiências usando termos como “medo” e “perda”. Algumas delas perderam quem mais amavam. Outras, as suas casas. Todas perderam a inocência.

Seguem-se oito depoimentos de crianças que vivem em Israel e na Faixa de Gaza.

Exclusivo PÚBLICO/The Washington Post    

oito depoimentos no link:

http://www.publico.pt/multimedia/fotogaleria/as-criancas-da-guerra-dos-50-dias-343177

 


Entries e comentários feeds.