UNESCO: Professor é crucial na mudança tecnológica

Dezembro 9, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Texto do site http://porvir.org  de 25 de novembro de 2014.

Documento lançado nesta terça busca fomentar políticas para melhorar o acesso das escolas e as competências de docentes.

Por Vinícius de Oliveira

Jovens de hoje já dominam celulares, computadores e tablets com enorme facilidade e têm fácil acesso a novas tecnologias, o que faz com que tenham expectativa de grandes mudanças na educação que esperam receber. Porém, essa transformação passa por investimentos muitas vezes na casa dos milhões de reais que precisam ser cuidadosamente estruturados.

Para ajudar no desenho de políticas públicas que respondam a essas questões e melhorem as condições de acesso das escolas e também as competências de docentes, a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) divulgou nesta terça-feira (26), durante o seminário em parceria com a Fundação Santillana, o documento “Tecnologias para a transformação da educação: experiência de sucesso e expectativas”. O texto tem como objetivo analisar o impacto das mudanças na América Latina, os fatores de sucesso e traçar recomendações para políticos, gestores e professores. Sua elaboração é concentrada na escola para destacar o papel de cada ator (diretor, professor e aluno) como determinantes de sucesso ou fracasso de iniciativas, além de mostrar como a tecnologia possibilita mudanças pedagógicas capazes de impulsionar rendimento acadêmico.

Documento-Unesco-Tecnologia-Educação-601x275

De antemão, deixa claro que a simples compra de computadores e tablets de última geração ou a instalação de conexão à internet via banda larga não serão nunca suficientes para conseguir replicar exemplos como ensino de ciências a partir da ciência forense (algo que já acontece no Brasil) ou programação para Arduino em um grande número de centros educativos ou de salas de aula, nem conduzirão automaticamente ao surgimento de mais desenhos inovadores de aprendizagem Segundo o texto, o desafio é garantir que esta tecnologia seja utilizada de modo eficaz para melhorar como e o quê os estudantes aprendem.

Em entrevista ao Porvir, Francesc Pedró García, diretor de política educativa da UNESCO, afirmou que é evidente que a tecnologia pode resgatar o interesse dos estudantes, pois “permite aprender de forma diferente e muito mais agradável”. O representante da UNESCO, no entanto, defende uma mudança de foco nos planos educacionais nacionais que preveem a distribuição de hardware, como computadores ou tablets. “Em vez de um laptop por aluno, estamos falando em um laptop por professor. A maioria das famílias já equipa seus filhos, e os recursos públicos devem ser destinados aqueles que não têm, não para todo mundo. As iniciativas de universalização vão ser superadas pelo tempo e os países desenvolvidos já estão deixando isso de lado”, afirma.

Apesar de não existirem políticas que digam que para “x umento do orçamento escolar destinado à tecnologia, a aprendizagem do estudante melhorará y%”, a UNESCO aposta em sete componentes que aparecem reiteradamente como fatores críticos para ter sucesso com a aplicação da tecnologia para promover a mudança pedagógica:

  1. Promover a aprendizagem ativa, interativa e cooperativa
  2. Oferecer uma maior personalização da aprendizagem
  3. Reformar o currículo para que tenha um enfoque competencial
  4. Avaliar a aprendizagem de forma consistente com os objetivos
  5. Adotar uma aproximação sistêmica à gestão da mudança pedagógica
  6. Desenvolver uma liderança pedagógica potente
  7. Apoiar os professores

Pedró defende também que o uso de tecnologia não pode ser tratado como algo que cai do céu para resolver problemas. A discussão passaria primeiro sobre os tipos de soluções necessárias e, entre elas, podem aparecer as com base tecnológica. “Deve-se começar considerando qual apoio o docente recebe e quais as dificuldades enfrenta. Dados importantes sobre a América Latina mostram que os professores brasileiros são aqueles que mais gastam tempo para colocar ordem na classe antes de começar a aula. São dez minutos por aula que ao final de um ano representam muito tempo”, diz. “Não servem para nada os grandes programas de escala nacional que se convertem em imposição de uma nova agenda que não tem nada a ver com o professor”, completa.

Dentre as conclusões de seu estudo, a UNESCO mostra que a aposta em dispositivos digitais como substitutos dos professores não produziu resultados significativos na melhora da aprendizagem. Por outro lado, órgão explica que os usos mais interativos e proativos da tecnologia, como resultado de uma mediação de recursos organizada pelo professor, e com seu apoio direto, têm conseguido que os estudantes progridam em sua aprendizagem de forma notória. Diante disso, surge uma série de recomendações, dentre elas: garantia de banda larga para não frustrar  estudantes com dificuldades na busca de conteúdos; a criação de ambientes de estudo personalizados e híbridos; a possibilidade de uso do dispositivo pessoal do aluno e, mais uma vez, a disponibilidade constante de apoio adequado ao professor.

Clique aqui para baixar do documento completo

 

Press Release – IAC recebe Prémio Direitos Humanos 2014

Dezembro 9, 2014 às 5:59 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

press

 

 

 

 

CALENDÁRIO IAC 2015

Dezembro 9, 2014 às 5:37 pm | Publicado em CEDI, O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

calendario_2015_argola_prisma_janeiro

O Instituto de Apoio à Criança lança o Calendário IAC 2015 produzido pelo Centro de Estudos, Documentação e Informação sobre a Criança em parceria com a Umbilical Foto (do fotógrafo Hugo Manita) e o apoio de várias entidades que se juntaram ao IAC na construção deste projeto, um projeto simples e útil que pretende promover os Direitos da Criança através do lindíssimo poema da escritora Matilde Rosa Araújo. As fotografias do Hugo Manita “iluminam” o texto, acrescentando-lhe cor, ternura e alegria.

O seu formato em prisma proporciona uma utilização prática no dia – a – dia, dando um toque de grande beleza em casa ou no espaço de trabalho. 

Para solicitar o seu Calendário IAC 2015 basta enviar um email para iac-cedi@iacrianca.pt , indicando a quantidade de calendários que pretende e os respetivos dados (nome, endereço, NIF).

Com este gesto está a fazer um donativo no valor de três euros para o Instituto de Apoio à Criança, ajudando a instituição a prosseguir na sua missão de promoção e defesa dos Direitos das Crianças.

Cerimónia de Atribuição do Prémio Direitos Humanos 2014 ao IAC

Dezembro 9, 2014 às 1:00 pm | Publicado em O IAC na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

texto do site da Assembleia da República

DH2014

Cerimónia presidida pela Presidente da Assembleia da República, no dia 10 de Dezembro, às 12h, no Salão Nobre do Palácio de S. Bento

O Júri do Prémio Direitos Humanos, constituído no âmbito da Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e composto pelos Senhores Deputados Fernando Negrão (Presidente), Guilherme Silva (PSD), Maria de Belém Roseira (PS), Telmo Correia (CDS-PP), António Filipe (PCP), Cecília Honório (BE) e José Luís Ferreira (PEV), comunica que, por decisão da Presidente da Assembleia da República, sob proposta deste Júri, foi atribuído o Prémio Direitos Humanos 2014 ao Instituto de Apoio à Criança (IAC), pela sua contribuição para o desenvolvimento integral da criança, na defesa e promoção dos seus direitos nas diferentes áreas – na saúde, na educação, na segurança social ou nos seus tempos livres –, bem como na procura de novas respostas para os problemas da infância em Portugal, em colaboração com instituições congéneres nacionais e internacionais. Foi ainda decidida, por proposta do Júri, a atribuição da medalha de ouro comemorativa do 50.º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos ao Serviço Jesuíta aos Refugiados – Portugal, uma organização especializada em migrações que desenvolve uma forte ação no terreno, na defesa dos direitos e na integração da população imigrante em situação de grande vulnerabilidade, bem como na promoção do diálogo em torno da imigração, diversidade e interculturalidade, e a Maria Regina Tavares da Silva, uma presença incontornável, desde os anos 70, a nível nacional e internacional, na intervenção pelos direitos das mulheres e da igualdade de género enquanto direitos fundamentais e exigência da democracia, com vista a um desenvolvimento global mais equilibrado e justo.

A cerimónia de atribuição do Prémio e das medalhas de ouro, presidida pela Presidente da Assembleia da República, tem lugar no próximo dia 10 de dezembro, pelas 12 horas, no Salão Nobre do Palácio de S. Bento.

Regulamento do prémio  |  Resolução que institui o Dia 10 de Dezembro como Dia Nacional dos Direitos Humanos  |  Lista dos prémios já atribuídos

Lavoisier Histórias Mágicas

Dezembro 9, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

lavoisier

https://www.facebook.com/associacaolavoisier

2ª Feira de Trocas, Livros, Jogos e Brinquedos – 13 de Dezembro

Dezembro 9, 2014 às 11:30 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

ludo

mais informaões:

https://www.facebook.com/Ludobiblioteca.EB1JIAreia.Guincho

Lançamento do jogo INCLU Cores – Jogo Didático Inclusivo, na Fundação Calouste Gulbenkian – 17 dezembro

Dezembro 9, 2014 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

inclu

www.jogoinclu.com

https://www.facebook.com/jogoinclu

 

 


Entries e comentários feeds.