Parlamento dos Jovens – Edição 2014/2015

Outubro 16, 2014 às 10:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

secundario

basico

texto do site https://juventude.gov.pt

Aproximando-se o início do ano letivo 2014/2015 a Equipa Parlamento dos Jovens saúda todas as Escolas do 2.º e do 3.º ciclo do ensino Básico e do ensino Secundário.

Convidam-se todas as escolas a inscrever-se na próxima edição, dedicada ao tema: Ensino público e privado: que desafios? (Ensino Secundário)

O programa Parlamento dos Jovens é organizado pela AR, em colaboração com outras entidades, nomeadamente o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), com o objetivo de promover a educação para a cidadania e o interesse dos jovens pelo debate de temas de atualidade.

Culmina com a realização de duas Sessões Nacionais na AR, preparadas ao longo do ano letivo, com participação de Deputados, designadamente da Comissão de Educação, Ciência e Cultura, órgão parlamentar responsável pela orientação do programa. Todas as Escolas do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e do secundário são convidadas a participar.

Objetivos do Programa

Educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política.

Dar a conhecer a Assembleia da República, o significado do mandato parlamentar, as regras do debate parlamentar e o processo de decisão do Parlamento, enquanto órgão representativo de todos os cidadãos portugueses.

Promover o debate democrático, o respeito pela diversidade de opiniões e pelas regras de formação das decisões.

Incentivar a reflexão e o debate sobre um tema, definido anualmente.

Proporcionar a experiência de participação em processos eleitorais.

Estimular as capacidades de expressão e argumentação na defesa das ideias, com respeito pelos valores da tolerância e da formação da vontade da maioria.

Sublinhar a importância da sua contribuição para a resolução de questões que afetem o seu presente e o futuro individual e coletivo, fazendo ouvir as suas propostas junto dos órgãos do poder político.

Formulário de inscrição

A inscrição das Escolas pode ser feita de 25 de agosto até ao dia 20 de outubro de 2014 inclusive, através do preenchimento de um formulário on-line. Este formulário é comum para as Escolas do Básico e do Secundário.

Para mais informação e obtenção de formulários vai a: http://app.parlamento.pt/webjovem2015/index.html

Conhece o programa Parlamento dos Jovens e participa!

 

Apresentação da Campanha “Apanhados no Tráfico Humano” 17 de Outubro

Outubro 16, 2014 às 9:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

apg

http://www.cig.gov.pt/2014/10/apresentacao-da-campanha-apanhados-no-trafico-humano-17-out-lisboa/

 

Seminário: Pobreza e exclusão em Portugal: fatores e políticas sociais

Outubro 16, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

seminario

A participação no Seminário é gratuita, mediante inscrição prévia. A inscrição deve ser efetuada até ao dia 24 de Outubro

mais informações aqui

Conferência Os Direitos da Criança – Prioridade para quando?

Outubro 16, 2014 às 1:10 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

conferencia

O Instituto de Apoio à Criança, por ocasião do 25º Aniversário da Convenção sobre os Direitos da Criança decidiu organizar uma Conferência para comemorar aquele que é o texto legal mais consensual a nível Mundial. Na verdade, com uma ratificação quase universal, a Convenção introduziu nos sistemas normativos dos Estados uma nova perspetiva da Criança como ser autónomo, sujeito de Direitos.

A Conferência vai ter lugar num mês especial, o Mês Europeu da Segurança na Internet, sendo também assinalado, no dia 17, o Dia Mundial contra a Pobreza e a Exclusão, e no dia 18, o Dia Internacional contra o Tráfico de Seres Humanos.

Por tudo isto, como há mais de trinta anos aconteceu aquando da sua fundação, o IAC diligenciou por reunir um conjunto de especialistas de diversas áreas do saber, com estudos, pesquisas, ideias e trabalho sobre a Infância, assim contribuindo para o aprofundamento deste tema e sobretudo para o desenvolvimento de uma cultura de Direitos e de mais dignidade e bem-estar para a Criança.

Vamos ter connosco grandes nomes ligados ao estudo e à pesquisa sobre os Direitos da Criança, a quem agradecemos muito a sua disponibilidade.

Será uma honra e um privilégio poder contar com Sérgio Niza, Barbas Homem, Ana Nunes de Almeida, Reis Monteiro, Clara Sottomayor, Emílio Salgueiro, José Ornelas, Natália Fernandes. No final do primeiro dia teremos a Sessão de Lançamento do último livro da Conselheira Clara Sottomayor “Temas de Direito das Crianças” e no segundo dia teremos painéis com dirigentes de Instituições de referência na área da pobreza infantil, da desinstitucionalização ou da promoção da autonomia dos jovens, e com especialistas com provas dadas no quotidiano da sua atividade na defesa dos Direitos da Criança, que tratarão de temas atualíssimos, que merecem a nossa reflexão, como a questão da Exploração Sexual de Crianças, não esquecendo a que é praticada com meios novos, como a Internet, mencionando-se em particular as novas tecnologias de comunicação e informação, com as suas potencialidades quase infinitas, mas também com os seus perigos, que importa termos presentes para melhor defendermos a segurança das crianças e dos adolescentes.

Estamos convictos que esta conferência contribuirá para todos ficarmos mais informados e mais motivados para prosseguirmos esta missão que abraçámos de dedicação à causa da Criança. Um enorme Obrigada a todos quantos a vão tornar possível! Bem-hajam!

Programa (pdf)

Contactos

iac-sede@iacrianca.pt

tel. +351 213 617 880

fax. +351 213 617 889

telm. +351 919 000 315 / +351 939 105 280 / +351 969 192 738

Maus-tratos a crianças estão mais sofisticados

Outubro 16, 2014 às 1:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Artigo do Jornal de Notícias de 13 de outubro de 2014.

clicar na imagem

Untitled-7

 

 

Tempestades – Espetáculo para Escolas

Outubro 16, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

tempestades

CNB ∙ TEMPESTADES ∙ 17 JUN – 26 OUT 2014 ∙ Teatro Camões

TEMPESTADES

Rui Lopes Graça coreografia ∙ Pedro Carneiro conceção musical ∙ J. Haydn música ∙ Mariana Sá Nogueira figurinos ∙ Nuno Meira desenho de luz

Orquestra de Câmara Portuguesa interpretação musical ∙

Interpretação de música gravada
Romeu Santos contrabaixo ∙ Miguel Costa clarinete ∙ Pedro Carneiro percussão ∙ Daniel Bolito violino
 
LOCAL e DATAS
Lisboa, Teatro Camões

2014

OUTUBRO
17, 18, 23, 24 e 25 às 21h
19 e 26 às 16h

BILHETES ∙ 5€ a 25€ ∙ COMPRAR

ESCOLAS
22 de outubro às 15h

Espetáculos para escolas
Escolas: 3€ / Professores*: 0€
*2 professores por turma

Classificação etária
M/6


“Pudesse eu não ter laços nem limites
Ó vida de mil faces transbordantes
Pra poder responder aos teus convites
Suspensos na surpresa dos instantes.”

Sophia de Mello Breyner Andresen
in Poesia, 1945
 

Rui Lopes Graça e Pedro Carneiro têm como tema de trabalho o movimento alemão “Sturm und Drang” (Tempestade e Ímpeto), nascido nas décadas de sessenta e setenta do séc. XVIII. Esta corrente protoromântica, que se estendeu a várias áreas artísticas, combateu a racionalidade do Iluminismo e as regras rígidas do Neoclassicismo francês ao mesmo tempo que inventava tempestades para si própria: as das explosões de irracionalidade e as das emoções selvagens. Enquanto regressava a Homero e a Shakespeare, não se subtraía porém a fazer a apologia da subjetividade e do carácter espontâneo da genialidade.

O tom dramático de “Os sofrimentos do jovem Werther”, de Goethe, 1774, tornou-se num exemplo seminal do sturmismo bem como numa das grandes obras literárias da Humanidade. O seu impacto social – o efeito Werther – teve, à época, repercussões inimagináveis e a sua publicação chegou a ser proibida em vários países, tal era o arrebatamento que todos queriam imitar. Algumas das sublimes sinfonias de Haydn foram compostas por um idêntico estado de alma. Quase sempre em tom menor e com súbitas mudanças de ritmo e dinâmicas, elas serão o fio condutor de uma viagem que, mais de duzentos anos depois, Rui Lopes Graça e Pedro Carneiro vão iniciar no outono, através das emoções que o movimento pode sentir.

ESTREIA MUNDIAL

Mais informações:
http://www.cnb.pt/gca/?id=1118

 

A Pobreza Mata! 17 de Outubro – Dia Internacional pela Erradicação da Pobreza

Outubro 16, 2014 às 11:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Enquadramento desta Mensagem

 Desde Outubro de 2013, um grupo de organizações não-governamentais e personalidades a título individual [1] que desenvolvem a sua atuação no domínio da luta contra a Pobreza e Exclusão Social ,vem refletindo conjuntamente sobre a necessidade de desenhar uma estratégia nacional de erradicação da Pobreza. Este período de reflexão deu origem a um primeiro documento-base que, durante os próximos meses ficará disponível para uma participação mais alargada (para a qual irão ser promovidas diversas ações), no sentido de envolver a sociedade portuguesa nesta tão importante reflexão, procurando ir o mais longe possível na construção dos necessários consensos em torno de uma estratégia que deverá ser capaz de modelar um programa de Governo para o médio e longo prazo. Após esse período de discussão pública, encetar-se-ão contatos com os partidos políticos e com o Parlamento Nacional tendo em vista, encontrar, também aqui, os imprescindíveis consensos e compromissos para uma estratégia que terá obrigatoriamente que ser integrada, multissectorial e adaptada às diferentes características do território e dos públicos afetados por este fenómeno. Esta mensagem, propositadamente divulgada hoje – Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza -, é uma síntese da contextualização desta estratégia e uma primeira ação de sensibilização pública para os principais aspetos dessa estratégia.

1], Alcides Monteiro, Alfredo Bruto da Costa, Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local – ANIMAR, Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação, Caritas Portuguesa, Carlos Farinha Rodrigues, Centro de Estudos para a Intervenção Social, O Companheiro, Cruz Vermelha Portuguesa, EAPN Portugal / Rede Europeia Anti-Pobreza, Elza Chambel, Fernanda Rodrigues, Francisco Branco, Instituto de Apoio à Criança, José Pereirinha, Maria Joaquina Madeira, Maria Manuela Silva, Pedro Hespanha e Sérgio Aires.

Mensagem 17 Outubro – Dia Internacional para a erradicação da pobreza

Uma hora de exercício físico diário melhora a capacidade de concentração das crianças

Outubro 16, 2014 às 6:00 am | Publicado em Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Notícia do Observador de 30 de setembro de 2014.

O estudo citado na notícia é o seguinte:

Impact of the FITKids Physical Activity Intervention on Adiposity in Prepubertal Children

nuno andr

“O meu filho não se concentra a fazer os trabalhos de casa”; “A minha filha distrai-se com tudo no momento de estudar”. Se é dos pais que costuma dizer estas frases, inscreva o seu filho num desporto e leia as próximas linhas, investigadores americanos dizem ter encontrado a solução para o problema ou, pelo menos, para menorizar os seus efeitos.

Cientistas americanos descobriram que o exercício físico depois das aulas pode melhorar a atenção e as capacidades cognitivas de crianças entre os sete e os nove anos. O estudo da Universidade de Ilinóis foi levado a cabo com 221 crianças durante nove meses.

Os resultados publicados na revista Pediatrics foram claros, aqueles que praticaram uma hora de exercício físico a seguir à escola melhoraram a capacidade de prestar atenção, evitar distrações e mudar de tarefas ou de matérias. Os exercícios foram desenhadas de acordo com as atividades que as crianças normalmente gostam, como por exemplo, apanhada, jogo do mata. O programa chama-se ‘FITKids’  e vai passar a ser incluída nos programas das escolas públicas americanas pela mão do Instituto Nacional de Saúde.

Durante as atividades diárias as crianças usaram monitores de ritmo cardíaco e pedómetros, sendo que o ritmo cardíaco das crianças adaptava-se perfeitamente à intensidade do exercício e ao fim de 70 minutos as crianças deram uma média de 4,500 passos.

Embora os resultados sejam significativos os investigadores não analisaram a influencia da interação social com outras crianças nas melhorias apresentadas. Também na Universidade da Georgia outro estudo provou que a combinação de interação social e exercício físico tinham uma forte influência na atividade cognitiva, superior aquela unicamente estimulada pela interação social.

Este estudo é mais um motivo para os pais tirarem as crianças de casa uma vez que os investigadores dizem que é o melhor de dois mundos por um lado, trabalha-se com a socialização das crianças por outro, com a saúde. E talvez uma prova de que os gregos tinham razão: “Mente sã em corpo são”.

 

 

 


Entries e comentários feeds.