Workshop : Comunicação Aumentativa nas Crianças com Perturbações Graves de Comunicação e Linguagem

Setembro 17, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

work2

As crianças com perturbação do espetro do autismo, apresentam normalmente dificuldades na comunicação e interação social. Cerca de 80% destas crianças quando entram na escola, com idade igual ou inferior a 5 anos, não demonstram uma linguagem funcional, tendo implicações no seu desenvolvimento.

O PECS (Picture Exchange Communication System) é um sistema aumentativo de comunicação desenvolvido por Bondy & Frost (1994) para crianças com perturbação do espetro do autismo que demonstrem dificuldades na comunicação e linguagem. Este sistema é efetuado por troca de imagem, constituído por 6 fases, durante as quais a criança aprende a comunicar, a efetuar pedidos e até mesmo comentar. Permite ainda capacitar a criança para a autonomia na comunicação, através de um ensino formal e estruturado, e da interação e partilha com outras

mais informações aqui

Oficina “Origami para meninas e meninos curiosos” na Biblioteca Municipal Maria Lamas – Almada

Setembro 17, 2014 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

origami

Dia: 20 de setembro

Horário: 16h00

Local: Biblioteca Municipal Maria Lamas – Setor Infantil

 Oficina “Origami para meninas e meninos curiosos”

Origami é a arte milenar japonesa que consiste na dobragem do papel para criar representações de seres vivos ou objectos sem recorrer a cortes nem colagens. Podemos fazer aninais, flores, aviões, barcos ou caixas com um simples pedaço de papel.

 Duração: 60m

Público-alvo: crianças dos 5 aos 10 anos

Lotação máxima: 10 famílias (20 participantes)

Marcação prévia: Carla Silva (só a partir do dia 2 de setembro)

biblactividades@cma.m-almada.pt

211 934 020

Campanha Solidária recolhe mais de 260 mil unidades de material escolar

Setembro 17, 2014 às 1:33 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

campanha_karingana

A Campanha Nacional de Recolha de Material Escolar, promovida pela ONGD portuguesa Karingana Wa Karingana, em parceria com o Instituto de Apoio à Criança, a Cáritas e o Continente na vertente de responsabilidade social, que decorreu nos dias 6 e 7 de Setembro, ultrapassou todas as expectativas, angariando um total de 264.441unidades de material escolar, doado por cerca de 50 000 generosas contribuições.

Subordinada ao lema “É capaz de lhes dizer que não?” esta foi a primeira campanha organizada pela Karingana Wa Karingana em território nacional que teve como objetivo ajudar famílias carenciadas, identificadas pela Cáritas, entidade responsável pela distribuição do material recolhido em todo o país.

 Este foi o momento certo para realizar a primeira Campanha da Karingana Wa Karingana dirigida exclusivamente para Portugal, que contou com a colaboração de mais de 500 voluntários a nível nacional, tendo como Embaixadora Manuela Ramalho Eanes, presidente do Instituto de Apoio à Criança.

OBRIGADO! Agradecemos a todos os que participaram nesta onda de solidariedade que representa um apoio fundamental para os agregados familiares com maiores dificuldades financeiras, num período tão importante como o início do ano letivo.

 

Apresentação do livro Tudo sobre Portugal na Biblioteca Palácio Galveias

Setembro 17, 2014 às 1:00 pm | Publicado em Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

tudo

Biblioteca Palácio Galveias sábado, 20 set | 16H00

Apresentação do livro Tudo sobre Portugal de Maria Ribeiro da Fonseca. Este não é um livro de história, mas sim um livro de curiosidades e factos sobre Portugal. Tem por objetivo mostrar às crianças um pouco do país, sejam elas portuguesas (versão português) ou estrangeiras (versão inglês). Entrada livre.

Sessão de divulgação da publicação “O Inimigo em Casa”, de Mauro Paulino e Manuel Matias

Setembro 17, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação, Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

convite

A entrada é gratuita, com inscrição obrigatória.

Confirmação de Presença:

Tel. 21 844 56 71 | E-mail: ISS-CRC@seg-social.pt

 

 

31 de Agosto – crónica de Daniel Sampaio

Setembro 17, 2014 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Crónica de Daniel Sampaio publicado no Público de 31 de agosto de 2014.

Hoje é o último dia de Agosto. Mesmo para quem ainda tenha uns dias de descanso, esta data marca, pelo seu simbolismo, o fim das férias. Para muitos, amanhã inicia-se o mês do regresso ao trabalho, do recomeço das aulas e do Outono, com os dias mais curtos e as primeiras chuvas. Para alguns, o fim do Verão traz sempre alguma tristeza, pelo muito que se viveu e por tudo o que se imaginou poder desfrutar. 

Neste final de Agosto, oiço a desilusão em muitas conversas com pais de adolescentes. As queixas são sempre as mesmas: os filhos estiveram pouco em casa e privilegiaram os amigos; deitaram-se muito tarde e perderam as melhores horas de praia; alimentaram-se mal, porque beberam demasiada cerveja e saltaram o pequeno-almoço, a refeição mais importante do dia; não telefonaram aos avós, sozinhos em casa; estiveram sempre a pedir dinheiro para gastar em discotecas e jantares com amigos. 

Os mais desiludidos parecem ter perdido um combate com os filhos. Marcaram horas de regresso a casa ou proibiram saídas, mas não tiveram força para fazer cumprir essas determinações; não permitiram temporadas em casa de amigos, mas os jovens foram à mesma; pediram para os adolescentes não trazerem ninguém para passar férias com a família, mas de repente apareceram vários jovens lá em casa; nos casos mais graves, houve duras zangas a propósito dos festivais de Verão, frequentados sem licença familiar. 

Estes pais não recordam Agosto com alegria e anseiam pelo regresso às aulas dos mais novos, na esperança de que possam, finalmente, sentir alguma paz. Em Setembro, existirão outras preocupações, como os estudos dos filhos, mas não voltará a confusão das férias.

Andar desiludido com um filho é das piores coisas que podem acontecer a um pai. Educar sem esperança e sem alegria é ter a certeza de que o fracasso estará à espreita. O amor por um filho, que sempre existe à partida, depressa será comprometido por sentimentos de culpa, críticas destrutivas ou ameaças de ruptura entre pais e adolescentes. Os pais deixam de confiar, os filhos afastam-se cada vez mais. A interrupção do diálogo e da negociação são garantia de que acontecimentos problemáticos estão no horizonte.

Se pais e filhos fizerem hoje a revisão do seu mês de Agosto, poderão concluir que, nos casos mais difíceis, tudo poderia ter corrido melhor, bastaria ter alguns “cuidados antecipatórios” para o período de férias. Por exemplo, é sempre bom reservar um período só com a família, sem compromissos com amigos e sem idas para fora. As refeições poderão ser liberalizadas, mas os mais novos não deverão ser dispensados de jantares ou almoços com significado especial para a coesão familiar.

A frequência de festivais de Verão, de que o do Sudoeste é paradigma, assume hoje características de ritual de autonomia em relação aos pais, mas tem exigências e desafios difíceis de ultrapassar para jovens com menos de 16 anos, facto que pais e filhos deveriam ter sempre em conta. Os adolescentes com menos de 16 poderão iniciar esse percurso para a autonomia, começando com concertos em festivais menos intensos, ou frequentando acampamentos e colónias de férias com jovens da mesma idade.

Agosto pode ser o melhor mês do ano se, à partida, o planearmos com algum cuidado, sem esquecer o imprevisto que sempre faz parte da magia do Verão. Com esse cuidado, as férias de 2015 serão por certo ainda melhores.

 

 


Entries e comentários feeds.