As 12 coisas mais auto-destrutivas que pode fazer no Facebook

Julho 15, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Artigo da Visão de 13 de julho de 2014.

visão

Só porque são virtuais, os comportamentos auto-destrutivos não deixam de ser reais. E igualmente prejudiciais, claro.

1. Ver fotos e mensagens antigas que envolvam o seu/a sua “ex”

Dar de caras com as provas dos seus antigos relacionamentos, através dos álbuns ou das mensagens, são uma forma segura de se sentir em baixo e nostálgico. Obrigue-se a não vasculhar o seu passado ou opte por apagar fotos e mensagens antigas.

2. Espreitar quem é o novo companheiro da sua ex

Um estudo de uma investigadora britânica mostra que vigiar o Facebook de um ex-namorado depois de uma separação pode atrasar a recuperação emocional e o crescimento pessoal

3. Contar a quantidade de mensagens de aniversário que recebeu

Numa altura em que o facebook é inundado com notificações, muitas pessoas tendem a associar o número de mensagens de aniversário recebidas com o seu nível de popularidade. Se faz isto, pare: Não pode avaliar a sua vida e o seu papel social tendo por base o Facebook, ou outras redes sociais.

4. Ler os seus antigos status

Não leia as suas publicações mais antigas. A constatação de ter feito “figura de parvo” não ajuda o ego de ninguém…

5. Pesquisar fotos antigas onde está identificado

Está a navegar no Facebook e encontra uma foto sua antiga onde não se encontra no seu melhor. Não ceda à tentação de procurar todas as imagens em que está identificado para se auto-criticar

6. Ver fotos de amigos que saíram sem si

Está a ver o seu feed de notícias e percebe que os seus amigos sairam juntos sem lhe dizer nada. O melhor é excluir essas informações do seu feed

7. Fazer posts durante momentos importantes quando nem sequer deveria estar no Facebook

Se estiver constantemente a atualizar o seu Facebook com tudo o que está a fazer, não só estará a expor-se demasiado, como também, se poderá tornar irritante para aqueles que o “seguem”. Não precisa de partilhar que está a casar, a comer, no médico, a passear…

8. Pedir, acidentalmente, amizade a pessoas que mal conhece

Se estiver a vasculhar o Facebook de outra pessoa, não seja demasiado óbvio. Adicionar acidentalmente uma pessoa e depois desculpar-se cancelando o pedido de amizade já vai ser tarde demais, pois ela poderá receber a notificação do seu pedido e perceberá que andou a ver a sua página.

9. Colocar uma foto má de um amigo

Também não iria gostar que publicassem uma foto em que não estivesse bem.

10. Publicar status tristes como forma de chamar a atenção

O mais provável é não ter ‘gostos’ e comentários, na sua publicação, o que fará com que se sinta pior e mais inseguro.

11. Identificar, acidentalmente, alguém com quem não fala há anos

Caso isto lhe aconteça, clique em ‘editar’ e elimine o nome da pessoa que deseja desmarcar. E… tente não ficar demasiado envergonhado.

12. Publicar um estado num momento de frustração e depois arrepender-se 

Momentos de maior exaltação e frustração não são a melhor altura para atualizar o Facebook. As frases irónicas, agressivas, ofensivas ou com “indiretas” de nada servem, a não ser para fazer o próprio sentir-se mal.

 

 

 

TrackBack URI


Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: