Workshop de Arte Terapia – Imaginação e Criatividade

Março 12, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

arte

mais informações aqui

AJUDE-NOS A AJUDAR!

Março 12, 2014 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

irs2

Encontro Dormir + para Ler melhor na Biblioteca José Saramago em Loures

Março 12, 2014 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

encontro

Realiza-se no próximo dia 18 de março, na Biblioteca Municipal José Saramago, em Loures, uma sessão informativa sobre “Dormir + para Ler melhor em Loures”, onde se destacará a importância do sono ao longo da vida e a relação que pode existir entre saúde e leitura.

Esta sessão, feita em parceria com a Unidade de Cuidados na Comunidade de Loures e com a Coordenação Interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, é dirigida a todos os interessados no tema, mas tem como público-alvo professores, técnicos de saúde, pais e alunos.
Pretende, em consonância com o projeto Sono Escolas e o Plano Nacional de Leitura, sensibilizar os pais e os profissionais envolvidos para a problemática do sono, tendo presente que dormir bem é essencial para a capacidade de concentração, para se Ler+ e se compreender melhor aquilo que se lê.

A participação está sujeita a inscrição prévia, até 14 de março, condicionada à capacidade do espaço onde decorrerá o encontro.

Para mais informações, aceda aqui ao folheto da iniciativa, que inclui o programa detalhado e a ficha de inscrição.
Biblioteca Municipal José Saramago
Rua 4 de Outubro, nº 19 | 2670-466 LOURES
Telefone: 211 151 262 / 264
E-mail: bmjs@cmloures.pt

1º Encontro Internacional CASA -Centro de Apoio ao Sem-Abrigo – Novos Olhares Sociais

Março 12, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

casa2mais informações aqui

Workshop “Reinventar os tempos livres em família: rituais e brincar criativos”

Março 12, 2014 às 9:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

borba

Inscrições para:

servivoeducativo.bmtbv@gmail.com

296 912 510

Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira

Rua de Santo António, s/n
Convento dos Franciscanos
9560
Santa Cruz – Lagoa (Açores)

Telefone 296 912 510

Fax: 296 912 512

e-mail: bmtomazborbavieira@gmail.com

A Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira irá promover no dia 15 de março o workshop “Reinventar os tempos livres em família: rituais e brincar criativos”, ministrado pela psicóloga Filipa Maltez.

Com uma carga horária total de uma hora e meia (das 10h30 às 12h00) este workshop tem a finalidade de dar a conhecer algumas conclusões de estudos recentes relacionados com o brincar e com a promoção da criatividade, sensibilizar para os processos psicológicos do brincar e da criatividade, exemplificando algumas estratégias, e modelar a construção de instrumentos a serem adaptados de forma prática e lúdica ao quotidiano familiar.

O workshop será gratuito e destinado a pais, familiares, educadores, professores e público em geral. Inscreve-te já!

Nota Biográfica: Filipa Maltez, licenciada em Psicologia pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa, possui experiência na área da formação parental e no apoio à família, no acompanhamento de crianças e jovens em risco e na avaliação e psicoterapia de crianças, jovens e adultos. Foi formadora em diversos cursos e formações expondo sobre temas como gestão empresarial, atendimento ao público, promoção de competências pessoais e sociais e curso inicial de voluntariado. Participou em várias conferências, simpósios e workshops relacionados com a sua área de trabalho, tendo dinamizado, no ano transato, uma actividade para pais e filhos nesta Biblioteca, dedicada à área da educação emocional.

 

 

“Não há nenhuma escola no mundo sem bullying”

Março 12, 2014 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Entrevista do Público a Luís Fernandes no dia 11 de março de 2014.

Maria João Lopes

Há vários anos que vai a escolas falar com pais, professores e alunos. O psicólogo Luís Fernandes, co-autor, em conjunto com Sónia Seixas, do livro Plano Bullying – Como Apagar o Bullying das Escolas, diz que o cyberbullying acabou com as agressões num “horário das 9h às 17h” para permitir que aconteçam 24 horas por dia.

O que é o bullying?
Um conjunto de comportamentos agressivos e desajustados entre pares, em contexto educativo, que acontece quando uma pessoa é gozada, empurrada, agredida, ameaçada, posta de parte do grupo, insultada por outros colegas, perseguida e até humilhada, de forma repetida e intencional. Geralmente, inicia-se no final do pré-escolar ou no início do 1.º ciclo e diminui a partir do 3.º ciclo e ensino secundário. No entanto, com a cada vez maior oferta de alternativas para a concretização da escolaridade obrigatória, há alunos mais velhos com comportamentos de bullying.

Existe em todas as escolas?
Não há nenhuma escola no mundo onde não exista bullying. Segundo estudos, realizados por alguns programas de combate desenvolvidos em países como os Estados Unidos, Inglaterra ou Austrália, calcula-se que a cada sete segundos ocorra uma situação de bullying em alguma escola do planeta. Eu costumo dizer que o bullying é democrático, uma vez que atravessa todas as classes sociais. E é inclusivo, uma vez que todos podem ser potencialmente vítimas, agressores ou, pelo menos, observadores.

Que papel assume o cyberbullying entre crianças e jovens?
Veio dar uma nova dimensão às agressões, pois permite que um comentário, uma foto ou um vídeo seja visto, em poucos minutos, por um sem-número de colegas. As agressões verbais, físicas e psicológicas que antes eram exercidas num “horário das 9h às 17h” passaram a ser realizadas 24 horas por dia.

Que relação existe entre o bullying e o suicídio?
As vítimas de bullying apresentam quatro vezes maior probabilidade de vir a cometer suicídio do que outra criança ou jovem que não se encontre envolvida neste tipo de comportamentos. No caso do cyberbullying, segundo investigações recentes realizadas nos Estados Unidos, uma em cada cinco vítimas pensa, em algum momento, suicidar-se, e uma em cada dez vítimas tenta mesmo fazê-lo.

 


Entries e comentários feeds.