Música para bebés momentos para papás

Fevereiro 11, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: ,

descoberta

mais informações aqui

Apanhados na Rede – Palestra com Celestino Pais, Inspector-Chefe da Polícia Judiciária de Coimbra

Fevereiro 11, 2014 às 4:15 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

romulo

No próximo dia 11 de Fevereiro de 2014, pelas 18h, por ocasião da comemoração do Dia da Internet Segura 2014, o Rómulo – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra e o Centro de Competência TIC Softciências de Coimbra, vão promover a palestra “Apanhados na Rede”, com Celestino Pais, Inspector-Chefe da Polícia Judiciária de Coimbra.

A sessão terá lugar no RÓMULO – Centro Ciência Viva da Universidade de Coimbra, no piso térreo do Departamento de Física da FCTUC.
Licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, *Celestino Pais* é o chefe da brigada que investiga o crime informático na Directoria do Centro da Polícia Judiciária.

Em “Apanhados na Rede”, Celestino Pais falar-nos-á de Fishing, Homebanking, Compras on-line, Redes Sociais, Cyberbulling, Encontros com Desconhecidos entre outros temas, e contará alguns episódios reais de pessoas que tenham sofrido de algum modo pelo facto de não terem tomado precauções na utilização da Internet e que ilustram estes e outros aspectos desta nossa Era da Tecnologia. No final da sessão, haverá lugar a perguntas pelo público.

A sessão é aberta a quem se preocupa e pretende conversar com Celestino Pais sobre questões de segurança na Internet. O convidado será apresentado por Carlos Fiolhais, Director do Centro.

Encontros Regionais – Educação e Comissões de Protecção de Crianças e Jovens

Fevereiro 11, 2014 às 4:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

regional

mais informações aqui

Medidas de austeridade estão a prejudicar crianças portuguesas

Fevereiro 11, 2014 às 2:00 pm | Publicado em Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

Notícia do Jornal de Notícias de 5 de Fevereiro de 2014.

O documento citado na notícia é o seguinte:

Concluding observations on the third and fourth periodic reports of Portugal  – Committee on the Rights of the Child

Rui Manuel Ferreira Global Imagens

O Comité dos Direitos das Crianças da ONU alertou esta quarta-feira, na apresentação das conclusões da situação da infância em Portugal, para o impacto negativo nas crianças portuguesas das medidas de austeridade e da crise económica.

Na discussão com os representantes do Governo, “ficou claro que a crise financeira e as medidas de austeridade tiveram um impacto muito negativo sobre políticas e programas [sociais]” disse Maria Herczog, perita do Comité dos Direitos da Criança (CRC, na sigla em inglês) na apresentação do relatório de análise da situação da infância em Portugal.

A recessão económica afetou as famílias e os investimentos sociais mas, sublinhou, “isso não aumenta unicamente o risco de pobreza para as crianças, mas também a falta de acesso a serviços adequados e ao pleno gozo dos seus direitos”.

Os critérios de elegibilidade para benefícios sociais, adiantou, foram restringidos prejudicando algumas famílias.

No entanto, Maria Herczog indica que as medidas de austeridade obrigaram o Governo português a concertar os benefícios sociais para os mais vulneráveis, diminuindo os benefícios globais.

Além da crise, a perita das Nações Unidas alertou para outros problemas em Portugal.

Apesar de Portugal ter uma Estratégia Nacional Para a Integração das Comunidades Ciganas, o comité entende que a comunidade que contabiliza à volta de 60 mil indivíduos ainda enfrenta discriminações no mercado de trabalho, alojamento e educação, as quais tem um impacto devastador nas crianças ciganas.

O mesmo acontece com as pessoas de descendência africana, frisou.

No relatório apresentado esta quarta-feira, o comité apontou ainda o facto de Portugal colocar crianças em instituições em vez de famílias, e manifestou-se particularmente preocupado com “um grande número de crianças com menos de três anos que ainda estão em instituições”.

O comité criticou também alguns aspetos do sistema de adoção considerando que não tem suficientemente em conta o melhor interesse da criança, como por exemplo a falta de acompanhamento dos futuros pais adotivos.

O comité recomenda que Portugal deve rever a sua legislação e de alinhar-se com a convenção e as normas europeias.

No documento, o comité da ONU recomenda ainda uma melhoria no acompanhamento da violência doméstica e do trabalho infantil.

Relativamente aos Centros Educativos, outra matéria em análise, o comité chamou a atenção para a necessidade de abolir a medida punitiva que permite o isolamento do jovem até 30 dias.

A avaliação de Portugal no comité dos direitos das crianças das Nações Unidas é um processo regular de análise por especialistas do cumprimento dos direitos das crianças.

A próxima revisão de Portugal pelo Comité irá acontecer em outubro de 2017.

 

Dia Europeu da Internet Mais Segura 2014

Fevereiro 11, 2014 às 1:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

dia

Em Portugal terão lugar mais de 600 ações sobre a utilização segura da Internet, a decorrer entre 11 e 28 de fevereiro em todo o país. Dinamizadas pelo Centro Internet Segura, projeto coordenado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, estas atividades têm como propósito sensibilizar a população, em especial jovens e crianças, para beneficiar em segurança das oportunidades oferecidas pela Internet. Estendem-se também a outros grupos da população, nomeadamente seniores e pessoas com necessidades especiais, incluindo várias iniciativas destinadas a pais e educadores.

Mais de 250 escolas irão participar em atividades com alunos e/ou encarregados de educação, que promovem a utilização crítica, consciente e segura da Internet. Organizadas pela equipa da Seguranet – componente do Centro Internet Segura a funcionar para a comunidade escolar do ensino básico e secundário no Ministério da Educação e Ciência – estas iniciativas envolveram, em 2013, cerca de 58000 alunos, professores, pais e educadores.

O Centro Internet Segura promove também ações de sensibilização e formação com o apoio de técnicos locais pertencentes a Bibliotecas Públicas, Câmaras Municipais, Juntas de Freguesia, Instituições de Solidariedade Social, Espaços Internet, Centros de Ciência Viva, Centros de Inclusão Digital (CID Net), entre outros. Mais de 47000 pessoas estarão envolvidas, neste período, em ações por todo o país.

Já o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ), promove uma competição nacional para jovens até 30 anos. Para participar basta produzir um vídeo de até 60 segundos, com referência aos temas “Juntos vamos criar uma Internet melhor” e à “Campanha contra o Discurso de Ódio Online”, promovida pela Comissão Europeia e pelo IPDJ em Portugal. Os criadores dos vídeos selecionados receberão vouchers para Pousadas da Juventude.

Também a Microsoft, enquanto membro do consórcio que integra o Centro Internet Segura, promove ações de sensibilização e formação sobre o tema da Segurança na Internet nas Escolas como parte do seu Programa Volunteer Scheme. Mais de 100 voluntários farão parte da iniciativa que, no ano passado, contou com a participação de quase 12 000 pessoas em todo o país.

Segundo Nuno Moreira, coordenador do Centro Internet Segura, «A Internet mudou, e continuará a mudar, a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Nunca, como agora, foi tão fácil e rápido trocar informação quebrando as barreiras do espaço e do tempo. Para acompanhar esta revolução é fundamental, por um lado, ensinar aos utilizadores a forma segura de usufruir das enormes potencialidades da Internet e, por outro lado, sensibilizar para o facto de que uma utilização informada e responsável contribui para elevar a qualidade da Internet onde navegamos».

Para mais informações e serviços sobre a temática consulte:

www.internetsegura.pt – Portal nacional com informações sobre o projeto, dicas para uma navegação segura, recursos para os utilizadores e quizzes para avaliação de conhecimentos (secção A INES pergunta);

www.Seguranet.pt – Sítio dedicado à temática da Internet Segura para a comunidade escolar: escolas, professores, alunos, e encarregados de educação e familiares de alunos;

http://LinhaAlerta.internetsegura.pt – Serviço “Linha Alerta” do Centro Internet Segura para denúncia de conteúdos ilegais online.

http://www.internetsegura.pt/linha-ajuda – Serviço “Linha Ajuda” do Centro Internet Segura para atendimento telefónico e online de crianças, jovens, pais e professores, sobre questões relacionadas com o uso de tecnologias em linha.

https://www.facebook.com/internetsegura.pt – Serviço de Dicas diárias do Centro Internet Segura sobre como garantir a segurança na utilização das TIC e da Internet.

Sobre o Centro Internet Segura:

O Centro Internet Segura, a operar desde 2007, é da responsabilidade de um consórcio coordenado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, IP, que envolve a Direcção-Geral da Educação do Ministério da Educação e Ciência (DGE), o Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) e a Microsoft Portugal, e assegura a representação portuguesa na INSAFE – rede europeia de cooperação dos projetos que promovem a sensibilização e a consciencialização para uma utilização mais segura da Internet pelos cidadãos, financiada pela Comissão Europeia.

Descarregue a versão PDF desta Press Release aqui.

Aceda às atividades inscritas no Centro Internet Segura aqui (informação atualizada diariamente).

Quais são os riscos on-line que as crianças encontram com mais frequência?

Fevereiro 11, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação, Site ou blogue recomendado | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

online

Ver a infografia completa no site http://www.netchildrengomobile.eu/

 

Cyberbullying e outros perigos da internet para pais, filhos e professores

Fevereiro 11, 2014 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

beja

No dia 11 de fevereiro de 2014 comemorando o Dia da Internet mais Segura, a Biblioteca Municipal  de Beja, no âmbito do seu trabalho de sensibilização para a literacia  digital, vem convidá-lo para uma sessão/reflexão.
Esta acção  insere-se também numa iniciativa nacional coordenada pelo Centro  Internet Segura (FCT – Fundação Para a Ciência e Tecnologia) e que  envolve a Direção Geral da Educação (DGE), a Fundação para a Computação  Científica Nacional (FCCN), e o Instituto Português do Desporto e  Juventude (IPDJ) e a Microsoft Portugal.

mais informações aqui


Entries e comentários feeds.