O Bullying e as novas formas de violência entre os jovens – indisciplina e delitos em ambiente escolar – ebook

Janeiro 15, 2014 às 8:00 pm | Publicado em Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

bullying

descarregar o documento aqui

O curso “ O Bullying e as novas formas de violência entre os jovens – indisciplina e delitos em ambiente escolar” visa refletir e debater sobre o fenómeno da violência em meio escolar no contexto das intervenções de promoção e proteção de crianças e jovens em perigo e tutelar educativa.

InfoCEDI n.º 49 Sobre Mutilação Genital Feminina

Janeiro 15, 2014 às 2:00 pm | Publicado em CEDI | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

infocedi

Já está disponível para consulta e download o nosso InfoCEDI n.º 49. Esta é uma compilação abrangente e actualizada de dissertações, estudos, citações e endereços de sites sobre Mutilação Genital Feminina.

Todos os documentos apresentados estão disponíveis on-line e pode aceder a eles directamente do InfoCEDI, Aqui

Estudante de escola de Braga que morreu tinha outros problemas além do alegado bullying

Janeiro 15, 2014 às 12:29 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , ,

Notícia do Público de 14 de Janeiro de 2014.

NFactos Fernando Veludo

NFactos Fernando Veludo

Samuel Silva e Pedro Sales Dias

Jovem tinha problemas familiares e esteve sinalizado pela protecção de menores. GNR afasta ligação entre morte e violência escolar. Inspecção-Geral de Educação vai, no entanto, investigar o caso.

A Inspecção-Geral de Educação vai investigar a ligação entre a morte de um adolescente de Braga e as suspeitas de que terá sido vítima de bullying. Mas mesmo que tenha sido alvo de violência escolar, esse não era o único dos problemas por que este passava. O estudante de 15 anos tinha problemas familiares e chegou a estar sinalizado pela Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ). Essas dificuldades também são apontadas pela GNR, às quais se juntaram as turbulências de uma relação com uma amiga.

O adolescente foi sinalizado pela CPCJ de Braga em Março de 2012 e esteve a ser acompanhado pelos técnicos da instituição nos meses seguintes. O processo “nunca teve nada a ver com bullying”, afirma ao PÚBLICO a presidente daquele órgão, Amélia Pereira. Os problemas em causa estavam relacionados com as dificuldades financeiras vividas pela família e as condições difíceis em que o rapaz vivia. O caso acabou por ser arquivado em Setembro desse ano, numa altura em que se “verificaram várias melhorias e a situação de perigo já não se colocava”, refere a mesma responsável.

Desde então, “houve um esforço da parte da família, que acabou por se reorganizar”, prossegue a presidente da CPCJ de Braga. O caso deste jovem não voltou a ser sinalizado pela escola ou por qualquer outra entidade. No entanto, depois da sua morte no fim-de-semana, aquele organismo já iniciou o processo de avaliação da situação dos irmãos do adolescente.

Depois de arquivado o processo na CPCJ, o estudante de 15 anos continuou a ser acompanhado por uma psicóloga na EB 2,3 de Palmeira, onde frequentava o 9.º ano. Aos problemas familiares, juntava o mau comportamento na escola e as dificuldades de aprendizagem. Mesmo acompanhado, “nunca terá conseguido ultrapassar” o peso das dificuldades em que vivia. É nesse sentido que apontam as diligências feitas pela GNR nos últimos dias.

O jovem “vivia numa família muito pobre”, explica o comandante do destacamento da GNR de Braga, Adelino Silva. Apesar de viver próximo dos pais, vivia na casa de um tio, “num quarto muito pequeno e em condições precárias”. Na noite de sábado, a GNR foi chamada a Adaúfe, uma freguesia rural no extremo Norte do concelho de Braga onde o adolescente vivia, tendo encontrado o corpo já sem vida, num terreno próximo das casas da família. No local, “não havia indícios de crime”, pelo que o caso não está a ser investigado por nenhuma força policial. Os dados apurados foram remetidos ao Ministério Público de Braga, que não terá nenhum inquérito aberto para este caso, como confirmou fonte judicial.

Para além das dificuldades familiares, a GNR fala num “pico emocional” associado a uma relação amorosa com uma amiga. Foi a ela que o jovem escreveu a última carta, contando as dificuldades por que passava, entre desabafos sobre a turbulência da relação entre ambos. As cartas – uma outra era dirigida à família – “não referem qualquer situação de bullying”, afirma o comandante da GNR, Adelino Silva.

À porta da escola de Palmeira, reúne-se um grupo de colegas de turma do estudante. Estão quase todas vestidas de preto, com uma fita branca sobre o braço direito em sinal de luto. Descrevem um rapaz “alegre”, “sempre com um sorriso na cara” e que “entrava brincadeiras”. “Não era um dos meus melhores amigos, mas falava para ele”, diz uma das alunas do 9.º ano da EB 2,3. Receberam, por isso, a notícia da morte com “choque”.

As estudantes também não confirmam a existência de nenhum caso recente em que colega tenha sido vítima. No entanto, falam de uma relação difícil entre o adolescente e outros colegas da turma, que o tornavam um alvo fácil. “Ele nunca se protegia dos outros e acabavam por se meter com ele”, diz uma aluna. O director do agrupamento Sá de Miranda, ao qual pertence a escola EB 2,3 de Palmeira, não quis prestar declarações ao PÚBLICO, mas à TSF garantiu não ter tido conhecimento de qualquer situação de violência vivida pelo adolescente na escola. No entanto, está a ser investigado um incidente verificado a semana passada dentro da escola e que envolveu este rapaz.

Na sequência da mediatização da morte deste adolescente bracarense, o ministro Nuno Crato anunciou a abertura de um inquérito da Inspeção-Geral de Educação e Ciência ao caso, investigando as denúncias de “bullying” de que o estudante seria alvo. O governante classificou o fenómeno da violência escolar como “intolerável”. “Temos de o atacar desde o princípio. É uma falta de respeito pelos colegas, pela comunidade escolar e, como tal não o podemos tolerar”, afirmou.

 

 

´Marketing´ agressivo prejudica bebés

Janeiro 15, 2014 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Notícia do Diário de Notícias de 3 de janeiro de 2014.

Clicar na imagem

dn

O futuro da família

Janeiro 15, 2014 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Crónica de Daniel Sampaio no Público de 5 de Janeiro de 2014.

Clicar na imagem

daniel


Entries e comentários feeds.