Afogamento de jovens e crianças continua a diminuir

Julho 23, 2013 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Notícia do i de 19 de Julho de 2013.

Maioria dos casos ocorre no Verão. Este ano, a habitual campanha de sensibilização não terá folhetos ou cartazes por falta de patrocinador

O número de crianças e jovens até aos 19 anos que morreram por afogamento diminuiu em 2011 para 11 casos, segundo a Associação para a Promoção da Segurança Infantil (APSI). Em 2010, de acordo com os dados registados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), tinham acontecido 19 afogamentos, enquanto que no ano anterior foram 17.

Mesmo assim, o número de acidentes do género que culminam em morte continuam a ser expressivos. Entre 2002 e 2008, o INE só contabilizava os afogamentos de jovens de até aos 18 anos, mas registou 144 mortes. Juntando estes dados estatísticos com os dos últimos cinco anos, conclui-se que quase duas centenas (198) de crianças e jovens morreram, na última década, por afogamento.

Mais rapazes que raparigas No que diz respeito ao internamento de vítimas de situações de afogamento, a APSI refere que o ano de 2012, com 43 casos, marca o fim de um ciclo de decréscimo evidenciado desde 2007 – com 38 jovens e crianças internadas – que se verificou até 2011, ano em que se registaram 21 casos.

O tratamento de dados da associação – que se dedica à área da segurança infantil – permite ainda concluir que 70,4% dos afogamentos ocorreram com rapazes e só 25,6% com raparigas, desconhecendo-se o sexo da criança ou do jovem em cerca de 5% das ocorrências.

Olhando os números pelo critério da idade, conclui-se que quanto mais pequenas são as crianças, mais riscos apresentam. As estatísticas mostram que, nas situações de afogamento, 34,4% das crianças tinham até quatro anos, 22,4%, entre os cinco e os nove anos, 21,5% entre os 10 e os 14 anos e 13,6% entre os 15 e os 18 anos.

Por outro lado, os meses de Verão – Julho, Agosto e Setembro – são os que registam mais situações. A associação também concluiu que 44,8% dos afogamentos ocorrem em tanques, poços e piscinas e 49,6% em praias, ribeiras, rios e lagoas.

sem patrocinadores Apesar de os números serem expressivos, a APSI garante que 80% dos afogamentos podem ser prevenidos. E, pelo 11.o ano consecutivo, lançou a campanha “Segurança na Água – A Morte por Afogamento é Rápida e Silenciosa”, desta vez “sem o apoio de nenhum patrocinador”. Por falta de dinheiro, não haverá materiais de informação: sem folhetos, postais, cartazes, outdoors e os habituais pacotes de açúcar com dicas de segurança.

Segundo a UNICEF, o afogamento ainda é responsável por meio milhão de mortos por ano em todo o mundo, continuando a ser a segunda causa de morte acidental nas crianças – apenas ultrapassada pelos acidentes rodoviários. E, na Europa, todos os anos morrem cinco mil crianças e jovens até aos 19 anos por afogamento. O Perfil e o Relatório de Avaliação sobre Segurança Infantil em Portugal, publicados pela European Child Safety Alliance, confirmavam, em 2009, que os afogamentos continuavam a ser uma área de intervenção prioritária em Portugal.

 

Conferência João dos Santos no Século XXI : Saúde, Educação, Cultura, Sociedade

Julho 23, 2013 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

santos

João dos Santos, Sócio n.º 1 do Instituto de Apoio à Criança, nasceu a 15 de Setembro de 1913 e faleceu a 16 de Abril de 1987.

Conferência integrada nas comemorações do Centenário do nascimento de João dos Santos, que se vai realizar em Lisboa nos dias 6 e 7 de Setembro de 2013, na Sala 1 do Cinema São Jorge, Avenida da Liberdade 175, 1250-141 Lisboa, Portugal, telefone +351 213 103 400 (transportes públicos Avenida).

Para consultar o programa completo da conferência clique aqui [Programa da Conferência].

O preço de inscrição inclui um exemplar do livro “Prevenir a Doença e Promover a Saúde” de João dos Santos, em formato eBook, que será distribuído no princípio de Setembro de 2013, assim como uma brochura biográfica do autor que será entregue aos participantes nos dias da Conferência.

Inscrição:  20€10€para estudantes e séniores.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas através dos seguintes contactos. Por favor descarregue e preencha o seguinte Formulário de inscrição e remeta por email para coisasdeler.editora@gmail.com ou fax para 211 919 349 ou telefone com os seus dados para  211 919 350.

Online:       www.coisasdeler.pt
Email:        coisasdeler.editora@gmail.com ou info@joaodossantos.net
Telefone:   211 919 350      Fax:   211 919 349

Beja adere ao movimento de reutilização de livros escolares

Julho 23, 2013 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , ,

Notícia da Visão Solidária de 2 de Julho de 2013.

1004459_367976703325536_85699343_n

A campanha apela aos doadores de livros e aos interessados para participarem até 30 de outubro

Vânia Maia

Poupar a carteira e o ambiente são os principais objetivos da campanha O Meu Livro Foi o Teu Livro, promovida pela Loja Social de Beja, a Biblioteca Municipal José Saramago e o Movimento Nacional de Reutilização de Livros Escolares.

Quaisquer livros escolares podem ser entregues nos pontos de recolha (a Loja Social do Mercado Municipal e a Biblioteca José Saramago). Aqueles que fizerem parte da lista de manuais adotados pelas escolas do concelhos serão encaminhados para as famílias que os solicitarem. Os restantes serão enviados para o Banco Alimentar ao abrigo da campanha Papel Por Alimentos.

As famílias interessadas em receber estes “manuais com memória” podem inscrever-se, presencialmente, na Loja Social do Mercado Municipal de Beja, enviar um email para o endereço entreeajude_lojasocial@hotmail.com ou a mensagem para a página de Facebook da Loja Social (https://www.facebook.com/lojasocial.beja ).

Os livros serão distribuídos entre 15 de agosto e 30 de outubro.


Entries e comentários feeds.