Jogo Educativo Digital «Vive na Boa!»

Abril 8, 2013 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação, Recursos educativos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

vive

Jogar on-line o jogo e mais informações Aqui

texto

Atelier de Expressão Plástica Arte Cinética para crianças dos 6 aos 10 anos

Abril 8, 2013 às 3:41 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

arte

Mais informações Aqui ou  Aqui

CASA 2012 – Relatório de Caracterização Anual da Situação de Acolhimento das Crianças e Jovens 2012

Abril 8, 2013 às 1:00 pm | Publicado em Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

casa

Descarregar o relatório Aqui

Mais de oito mil crianças e jovens estavam em instituições em 2012

Abril 8, 2013 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social, Relatório | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Notícia da SIC Notícias de 5 de Abril de 2013.

Um total de 8.557 crianças e jovens estavam  em 2012 em instituições de acolhimento ao cuidado do Estado, a maioria entre  os 12 e os 17 anos, segundo o relatório anual da Segurança Social hoje entregue  na Assembleia da República.

De acordo com o Relatório de Caracterização Anual da Situação de Acolhimento  das Crianças e Jovens a que a Lusa teve acesso, 6.268 iniciaram o acolhimento  em anos anteriores.

Um total de 2.289 crianças e jovens iniciou o acolhimento em 2012, mais  177 que em 2011 o que representa um aumento de entradas de 7,7 por cento  no sistema de acolhimento.

O relatório indica que o número global de crianças institucionalizadas  em Portugal reduziu 4,3 por cento em relação a 2011, ano em que estavam  8.938 a cargo do Estado.

O número de crianças e jovens que entraram no sistema de acolhimento  foi inferior ao número dos que saíram do sistema. Em 2012 deixaram de estar  institucionalizadas 2.590 crianças e jovens dos quais 872 cessaram o acolhimento  no mesmo ano em que o iniciaram.

Quarenta e nove por cento das crianças que estiveram em situação de  acolhimento menos de um ano têm até 11 anos de idade.

Ainda segundo o relatório, em 47,6 por cento dos casos as crianças e  jovens regressaram à família nuclear, 17 por cento foram integrados em família  candidata à adoção, 16 por cento teve reintegração junto de outros familiares,  7,1 por cento foi viver sozinho e 4 por cento teve integração em agregado  familiar considerado idóneo.

Numa análise comparada dos anos 2006 a 2012, o relatório revela uma  diminuição de 30,1 por cento do número de crianças e jovens em situação  de acolhimento.

Em 2006 estavam em instituições de acolhimento 12.245 crianças e jovens,  em 2007 o número desceu para os 11.362, em 2008 para 9.956, em 2009 para  9.563, em 2010 para 9.136, em 2011 para 8.938 e em 2012 para 8557.

What Most Schools Don’t Teach – Short Film

Abril 8, 2013 às 6:00 am | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , ,

 


Entries e comentários feeds.