Grandes filmes, grandes músicas_programa pedagógico Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro

Setembro 27, 2012 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

BM Orlando Ribeiro

2ª feira, 1  out | às 14H30

2, 4, 9, 11, 16, 18, 23, 25 e 30 out, às 11h e às 14h30

 

«Grandes filmes, grandes músicas_programa pedagógico»

pelo serviço fonoteca_BMOR

Em homenagem ao músico e amante de cinema Bernardo Sassetti, o Serviço de Fonoteca da BMOR realiza uma atividade dedicada à música cinematográfica. Que seria da saga Star Wars sem o bradar dos trompetes a abrir cada um dos seus episódios? Ou de Harry Potter sem o tema musical que tão bem anuncia a magia que se prepara? Por trás de um filme há sempre uma banda sonora, pensada ao pormenor pelo compositor para ampliar e enriquecer a paleta de emoções que cada imagem em movimento transporta. Através de exemplos musicais e fílmicos, jogos de associações e a participação musical ativa, são abordados conceitos musicais como tema, desenvolvimento, variação, repetição, orquestração, redução, forma, montagem, etc. Paralelamente às grandes bandas sonoras da atualidade, são apresentados alguns exemplos portugueses, recentes e antigos, celebrando desta forma a contribuição dos compositores nacionais nesta festa do cinema.

Lotação por sessão: 30 participantes

Público-alvo: 4º ano do 1º, 2º e 3º CEB

Informações / Inscrições: 21 754 90 30 | bib.oribeiro@cm-lisboa.pt

Children associated with armed groups in the Central African Republic win back their lives

Setembro 27, 2012 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

17-24 August 2012: UNICEF correspondent Suzanne Beukes reports on UNICEF Advocate for Children Affected by War Ishmael Beah’s recent visit to the Central African Republic, where 10 children were released from armed groups.

“I have seen terrible things,” says 16-year-old Abdelkarim. “I have seen my friend’s body on the ground.”

Until last week, Abdelkarim was a child soldier with the armed group Convention of Patriots for Justice and Peace in Central African Republic. He was one of 10 child soldiers to be released by the group into the care of a UNICEF-supported rehabilitation centre.

UNICEF Ambassador and former child soldier Ishmael Beah was there to witness their release and offer support and advice.

Watch this video on Ishmael’s recent mission for UNICEF to find out how we are helping Abdelkarim and children like him in the difficult road ahead.”

For more info, please visit: http://www.unicef.org

Estudante do Politécnico de Bragança criou jogo para prevenir o Bullying

Setembro 27, 2012 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social, Recursos educativos, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Notícia da SIC Notícias de 26 de Agosto de 2012.

Ver a reportagem Aqui

III Congresso Ibérico A Fenda Dixital TIC Escola e Desenvolvimento Local

Setembro 26, 2012 às 8:00 pm | Publicado em Divulgação, Uncategorized | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

Mais informações Aqui

História da Carochinha pelo Teatro Cativar nas Bibliotecas Municipais de Lisboa

Setembro 26, 2012 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , ,

Por entre várias peripécias muito divertidas, a história tradicional da Carochinha e do João Ratão é contada às crianças através do teatro. Vamos ajudar a Carochinha a encontrar um par, a descobrir as qualidades de cada pretendente. Timidez, gabarolice, valentia, curiosidade, teimosia são características que nos marcam e que fazem do mundo um universo cheio de diversidade. Com o susto da Carochinha aprendemos a valorizar as diferenças e a aceitar o outro. E no fim temos casamento!   Público-Alvo: Famílias com crianças dos 2 aos 6 anos

29 Setembro – sábado – 15h – BM Orlando Ribeiro

20 Outubro – sábado – 15h – BM Penha de França

10 Novembro – sábado – 15h – BM Maria Keil

24 Novembro – sábado – 15h – BM Camões

Preço: 3€ por pessoa | preço especial no âmbito de O Fio da História
Reserva de bilhetes e informações para: cativar@cativar.com

Os pais não sabem tudo o que os filhos fazem online

Setembro 26, 2012 às 12:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social, Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , , , , , , ,

Notícia do site pplware de 26 de Agosto de 2012.

Criado por Marisa Pinto

…estudo indica ainda que 48% dos jovens utiliza a Internet para copiar nos testes

As tecnologias estão já enraizadas na vida das pessoas e, como tal fazem parte das nossas tarefas diárias, acompanhando-nos nos mais diversos momentos e ocasiões.

Desde os mais velhos aos mais novos, todos utilizam a navegam na Internet, no entanto a grande maioria dos pais desconhece o comportamento online dos seus filhos.

Estes resultados, de um estudo da McAfee, indica ainda que grande parte dos jovens utiliza o telemóvel durante os testes.. para copiar!

Segundo a McAfee’s 2012 Teen Internet Behavior Study, a grande maioria dos pais não tem conhecimento do comportamento online dos seus filhos e, apesar de julgarem ter mecanismos de descobrir o que fazem, os filhos garantem que os seus progenitores estão completamente no escuro e que também não precisam de saber tudo.

Ainda assim os jovens admitem que mudariam o seu comportamento, caso os seus pais tivessem acesso às suas actividades online.

Segundo o estudo, os jovens têm várias formas de esconder dos pais aquilo que fazem na Internet:

  • 53% limpam o histórico do browser
  • 46% fecha ou minimiza o browser      quando os pais estão por perto
  • 34% oculta ou apaga os IMs e      vídeos
  • 23% mentem ou omitem detalhes      acerca das suas actividades online
  • 23% usa um computador onde os pais      não acedam
  • 21% utiliza dispositivos móveis      com acesso à Internet
  • 20% configura as definições de      privacidade para que algum conteúdo esteja disponível apenas a amigos
  • 20% utiliza modos de navegação      privada
  • 15% criam contas de e-mail      desconhecidas dos pais
  • 9% duplica ou inventa perfis      falsos nas redes sociais

O telemóvel parece ser o acessório predilecto dos jovens uma vez que estes são facilmente observáveis em interacção com esse aparelho. Seja a enviar SMS (onde chegam a enviar uma média de 60 SMS/dia), a telefonar, a tirar fotografias, a navegar na Internet, jogar jogos, entre outros.

Mas parece que o telemóvel tem também outras funções, como o de recurso para poder copiar num teste escolar.

Segundo o estudo, 48% do jovens admite que já verificou as respostas para um teste, através da Internet. No entanto, apenas 23% dos pais diz estar preocupado se os seus filhos copiam na escola através da Internet.

Os dados indicam ainda que 22% dos jovens admitem ter copiado num teste por via online ou através de um telemóvel. Por sua vez, apenas 5% dos pais acredita que os filhos façam isso.

O estudo indicou ainda que:

  • 15.8% admitem copiar num teste,      através da visualização de respostas no telemóvel
  • Apenas 3.2% dos pais      pensa que os filhos o fazem.
  • 14.1% diz já ter pesquisado formam de      copiar online.
  • Ainda assim, 77.2% dos      progenitores diz não estar preocupado que os filhos copiem online
  • Outros resultados indicaram que os jovens não consideram como perigosos os amigos estranhos da Internet. 12% indica mesmo que já conheceram pessoas pessoalmente que apenas mantinham contacto online.
  • São também uma minoria (12%) os pais que acreditam que os filhos acedem a pornografia online. No entanto, os resultados mostram que 32% dos jovens acedeu a este conteúdo de forma intencional e 43% afirma que acede quase semanalmente, ou com mais frequência. Ainda 36% dos jovens acederam a determinados temas sexuais online como DST e gravidez, sendo a maioria jovens do sexo feminino.
  • Por fim, 62.1% dos jovens já testemunhou actos de Cyberbulliyng, enquanto 23.3% admite ter sido vítima. Apenas 10% dos pais acredita que os seus filhos possam correr esse risco.
  • E o Facebook parece ser uma escola de agressores (bullies), uma vez que 93% dos jovens indica ser este o local onde mais comportamentos agressivos acontecem.
  • Estes e outros dados podem ser verificados na totalidade deste estudo.
  • As tecnologias são uma ferramente muito importante para a construção e desenvolvimento das crianças e jovens, no entanto é necessário estar alerta de eventuais comportamentos que ocorram online. E se há já escolas onde o iPad pode servir de recurso à aprendizagem, é também importante ter noção da dependencia que essas feramentas podem provocar, caso não sejam utilizadas com moderação.

ticEduca 2012 – II Congresso Internacional TIC e Educação

Setembro 26, 2012 às 6:00 am | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Mais informações Aqui

Novo estudo associa uso precoce de antibióticos à obesidade

Setembro 25, 2012 às 8:00 pm | Publicado em A criança na comunicação social, Estudos sobre a Criança | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , ,

Notícia do Jornal de Notícias de 23 de Agosto de 2012.

O estudo mencionado na notícia é o seguinte:

Antibiotics in early life alter the murine colonic microbiome and adiposity

O uso precoce de antibiótico pode alterar a flora intestinal e desencadear um aumento da obesidade em todo o mundo, segundo um estudo norte-americano publicado na revista “Nature”, que confirma as conclusões divulgadas esta semana no International Journal of Obesity”.

Estes trabalhos demonstraram que uma transformação no ecossistema do tubo digestivo pode levar a defeitos no metabolismo e causar problemas como a doença inflamatória do intestino.

Há mais de meio século que já se sabe que o uso de doses baixas de antibióticos promovem em 15% o peso dos animais de quinta, como os bovinos.

Foi este efeito que fez especialistas de várias universidades norte-americanas a estudar o que acontece quando são administradas doses baixas de antiobióticos precocemente.

Para isso, administraram doses de antibiótico a ratos de laboratório durante sete semanas e observaram o que ocorreu com o seu peso.

Os investigadoras concluíram que os roedores que tomaram os antibióticos tiveram um aumento de 10 a 15% da sua gordura, apresentaram um crescimento da sua densidade óssea e apresentaram uma alteração das hormonas relacionadas com o metabolismo.

“Observámos que ao usar os antibióticos se altera a forma como se metabolizam certos nutrientes”, explicou Ilseung Cho, professor de medicina da Universidade de Nova Iorque e um dos autores do estudo divulgado na revista “Nature”.

Para outro dos autores, Martin Blazer, este trabalho vem mostrar a importância do microbioma humano (o conjunto das bactérias e vírus) nos primeiros anos de vida para patologias como a obesidade.

“O aumento da obesidade em todo o mundo coincide com o uso generalizado de antibióticos. É possível que uma exposição precoce a antibióticos condicione as crianças a serem obesas mais tarde”, referiu, citado pelo jornal espanhol El Mundo.

Um outro estudo, já divulgado esta semana na revista internacional “International Journal of Obesity”, aponta para a mesma ligação.

Depois de analisados dados de 11500 bebés nascidos no Reino Unido desde o nascimento até aos 23 meses, foi concluído que o uso de antibióticos antes dos cinco meses parece implicar um aumento de peso posteriormente.

2.º Colóquio sobre Educação & Ética Ambiental

Setembro 25, 2012 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , ,

Mais informações Aqui

I Encontro Nacional de Respostas Pós-Hospitalares para Crianças e Jovens

Setembro 25, 2012 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

Tel. 21 355 24 50

Tel. 21 798 11 80

Fax – 21 798 11 89

casadogil@casadogil.pt

geral@fundacaodogil.pt

« Página anteriorPágina seguinte »


Entries e comentários feeds.