Jardim de Infância de Porto de Mós participou no projecto Act-in-Art premiado no eTwinning 2012

Setembro 4, 2012 às 8:00 pm | Publicado em Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

O objetivo do concurso Europeu dos Prémios eTwinning consiste em colocar em evidência as melhores práticas de projetos colaborativos com recurso a Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

Temos o prazer de anunciar os vencedores das três categorias etárias e das três categorias especiais, de entre mais de 300 projetos submetidos a concurso. Estes projetos demonstraram ter obtido resultados excelentes e estamos ansiosos por premiar os seus autores em pessoa, por ocasião da Conferência e Campo eTwinning 2012, no dia 29 de Março, durante uma cerimónia especial de entrega de prémios.

Este ano iremos entregar um novo prémio, para distinguir o Melhor Projeto eTwinning 2012. O vencedor do prémio é selecionado de entre os vencedores de todas as categorias, através de votação aberta a todos os Serviços Nacionais de Apoio. O vencedor do prémio será também anunciado durante a cerimónia de entrega dos prémios, em Berlim.

Ver o vídeo do Jardim de Infância de Porto de Mós Aqui

International Dot Day

Setembro 4, 2012 às 2:00 pm | Publicado em Divulgação, Site ou blogue recomendado, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , , , ,

Every year on September 15, innovative educators around the world celebrate International Dot Day by making time to encourage their students’ creativity. After the last International Dot Day, we were overwhelmed by wonderful stories about the “outside-the-box” activities educators invented for their students. September 15th will be here before you know it — this year, we encourage even more kids and grown-up kids to “make their mark” in new and exciting ways!

Want to connect with like-minded educators participating in this one-of-a-kind, once-a-year event? Visit our International Dot Day Facebook page. Share your own stories and what you’ll be doing to celebrate!

Actividades desenvolvidas no Jardim de Infância de Vermoim – Ossela- Oliveira de Azeméis relacionadas com O Ponto / The Dot – Peter H. Reynolds

O Ponto de Peter H. Reynolds (II) : Olhares – Entre- Pontos

O Ponto

Conferência Internacional de Aleitamento Materno

Setembro 4, 2012 às 12:00 pm | Publicado em Divulgação | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Mais informações Aqui

Há mais crianças a pedir ajuda telefónica devido a maus tratos

Setembro 4, 2012 às 11:00 am | Publicado em A criança na comunicação social, O IAC na comunicação social, Vídeos | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , , , , , ,

Reportagem do Porto Canal de 26 de Agosto de 2012.

A Dra. Melanie Tavares, Coordenadora do IAC – Mediação Escolar, é entrevistada na reportagem.

PIVÔ
Aumentou o número de crianças que recorre à linha telefónica
para pedir ajuda devido a maus tratos. Os dados são divulgados pelo
Instituto de Apoio à Criança que atribui responsabilidades à crise
económica e às dificuldades socioeconómicas das famílias.

ORÁCULO
Desde o início do ano, mais de 400 crianças pediram ajuda telefónica através do número gratuito 116 111.

VIVOS:
– Melanie Tavares – psicóloga coordenadora do Instituto Apoio à Criança

Porto Canal – delegação Lisboa
Jornalista: Salomé Pinto
Imagem: Valter Lopes

 

Especialista defende ensino de técnicas de estudo na escola

Setembro 4, 2012 às 6:00 am | Publicado em A criança na comunicação social, Livros | Deixe um comentário
Etiquetas: , , , , ,

Notícia do Sol de 21 de Agosto de 2012.

As escolas deviam ensinar técnicas de estudo, a par da matéria das disciplinas, defende Jorge Rio Cardoso, professor e autor de um livro a lançar em Setembro para ajudar na organização e sucesso escolar.

Com método, o professor garante que é muito mais fácil obter bons resultados e ganhar tempo para as brincadeiras e diversões, sem complexos de culpa.

«O importante é que, quando estão a estudar, estejam com os dois pés no estudo», disse à agência Lusa o autor de ‘O Método Ser Bom Aluno – ‘Bora lá’?’.

O livro sucede-se a outro dedicado ao mesmo tema, mas desta vez com um público-alvo mais abrangente: alunos, pais, professores e funcionários das escolas.

«O nosso sistema de ensino não ensina a estudar», critica o docente, defendendo que deviam ser ensinadas técnicas de estudo: «Houve disciplinas como Área de Projecto que nunca foram aproveitadas a sério».

Com o livro pretende-se contribuir para o combate ao insucesso escolar. Segundo o autor, o método que defende foi já testado em contexto escolar, tendo melhorado em 30 por cento os resultados.

O trabalho de Jorge Rio Cardoso, doutorado em Ciências Sociais, ensina também a falar em público e a elaborar um trabalho.

Contém igualmente conteúdos para pais, nomeadamente sobre a forma de acompanharem os filhos e de os responsabilizarem. «Muitas vezes não tem a ver com as habilitações académicas. Há pais que têm cursos superiores e não sabem lidar com alguma rebeldia».

A obra tem prefácio do ex-ministro da Educação Eduardo Marçal Grilo e será apresentado pelo governador do Banco de Portugal, Carlos Costa.

«Um livro muito prático, em que é possível recolher um vasto conjunto de ensinamentos quanto ao modo como qualquer estudante pode encontrar o caminho para a obtenção de bons resultados escolares e portanto para o sucesso da sua vida na escola», escreve Marçal Grilo no prefácio.

De acordo com Jorge Rio Cardoso, por vezes os alunos não alcançam o sucesso, não por falta de trabalho, mas de metodologia.

Nestas páginas, diz, podem aprender como dedicar o mesmo tempo ao estudo, com melhores resultados.

Não há, porém, uma receita única. «O método deve ser talhado às características de cada um e aplicado de forma gradual», avisa.

O segredo, confessa, é dividir os passos que têm de ser seguidos no estudo em várias etapas (quatro), da recolha de apontamentos à breve leitura da matéria antes da aula.

«Ajuda a focar a atenção na matéria que vai ser ensinada», assegura. Defende também uma fase em que sejam relacionadas matérias diferentes e questionada a sua utilidade.

O especialista recomenda a utilização da memória lógica para uma melhor compreensão – ouvir, reflectir e escrever pelas próprias palavras ajuda a compreender melhor o que é ensinado para disso tirar proveito, e não apenas para fixar num dado momento.

Outras dicas e conselhos são apresentados ao longo de 220 páginas, como o estudo ser sempre gradual: «Não deixar tudo para o fim».

Jorge Rio Cardoso acredita que os alunos e o país teriam muito a ganhar se o sistema de ensino se dedicasse a promover técnicas de estudo.

«Um país, para se desenvolver, tem de apostar no capital humano. Os países mais desenvolvidos não são aqueles que têm mais recursos naturais, que têm mais ouro ou petróleo, são os que têm os melhores recursos humanos».

O lançamento oficial do livro está marcado para 4 de Setembro, em Lisboa.

Lusa/ SOL


Entries e comentários feeds.